conecte-se conosco


Esportes

Messi conta que teve “medo” de Neymar ir para o Real Madrid

Publicado

Em entrevista à rádio catalã RAC1, Lionel Messi voltou a falar sobre a última janela de transferência e uma possível volta de Neymar ao Barcelona. Na conversa, o argentino revelou que achava que o brasileiro iria para o Real Madrid, caso não confirmasse seu retorno.

Leia também: Lionel Messi pode ultrapassar marca de Pelé ainda nesta temporada

Messi arrow-options
Divulgação/Fifa
Messi


“Sinceramente, pensei que Neymar iria para Madri, se não viesse para cá ( Barcelona ). Ele realmente queria sair de Paris e disse isso. E pensei que Florentino e o Real Madrid fariam algo para tirar proveito disso”, disse Messi .

Depois de estrear nesta temporada pelo PSG, quando fez o gol da vitória diante do Strasbourg, o camisa 10 das eleção brasileira assumiu que queria ter deixado o clube frances na última janela, mas que se manteria focado durante a temporada.

“Deixo claro que não tenho nada contra os torcedores, nem nada contra a entidade Paris Saint-Germain, mas todos sabem que era um desejo, sim, sair (do PSG). Eu queria isso, deixo bem claro. Não vou entrar em detalhes do que aconteceu nas negociações. O presidente aqui sabe o que fez, os outros, também. Então, isso é uma página virada. Hoje, eu sou jogador do PSG e prometo dar de tudo em campo. Esse é o meu papel, e é isso o que vou fazer nessa temporada”, afirmou.

Leia mais:  Conor McGregor erra ainda mais ao não aprender com os erros

Leia também: Messi desmente relação ruim com Griezmann: “Nenhum problema”


“Serei feliz dentro de campo, porque eu não preciso quer gritem o meu nome e estejam ali por mim. O que eu quero é que eles estejam ali pelo Paris Saint-Germain. Se eles falam que o Paris Saint-Germain é muito grande, maior que qualquer jogador, eles têm que esquecer esse jogador e começar a incentivar a equipe durante os 90 minutos, porque acho que será muito mais importante do que ficar vaiando. Já joguei em vários estádios sendo vaiado. É triste, mas sei que a partir de agora será como jogar todo jogo fora de casa”, completou o ex-companheiro de Messi .

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Comentarista diz que “mulher deve tomar conta da casa” e é demitido de rádio

Publicado

por

Comentarista Daniel Campelo foi demitido após declaração machista ao vivo arrow-options
Reprodução
Comentarista Daniel Campelo foi demitido após declaração machista ao vivo

Mais um triste episódio de machismo ocorreu no futebol. Durante o programa da Rádio Jovem Pan de Fortaleza, que debatia a vitória do Ceará sobre o Avaí no Castelão, o comentarista Daniel Campelo foi questionado sobre a participação de mulheres na arbitragem do futebol brasileiro.

Leia também: “Última vez que vi meu pai foi há oito anos”, diz filho de Edmundo

Sua resposta, entretanto, não foi nada amigável. “Não acho uma boa, não. Acho que mulher deve tomar conta é da casa, do marido e dos filhos”, afirmou o comentarista Daniel Campelo. 

A declaração se deu por conta da participação da assistente Andrea Izaura Maffra Marcelino de Sá, que fez parte da comissão de arbitragem da partida realizada no Castelão. 

Obviamente, a resposta gerou imediatamente um tom de desconforto entre os companheiros de bancada, que não aprovaram o tom usado pelo comentarista. Nas redes sociais, o assunto rapidamente se propagou e Daniel sofreu uma onda de críticas.

Nesta segunda-feira, Daniel Campelo teve a chance de se retratar sobre a sua declaração machista e ofensiva durante outro programa da emissora de rádio. Entretanto, preferiu reafirmar sua opinião.

” Mulher tem de tomar conta da casa, do marido e dos filhos. Não disse brincando, não. Repito aqui. Quem não gostar tire a calcinha e pise em cima. Não tenho nada com isso. Não dou satisfação porque é mulher – reafirmou.

Leia mais:  Tá amarrado! Pai de santo diz que má fase de Neymar pode ser praga de ex

Veja no vídeo abaixo:

Ao ser retrucado por comentaristas que participavam da atração pelo tom de seus comentários preconceituosos, o jornalista não voltou atrás, novamente.

“Que você discorde. Eu tenho meu ponto de vista. Negócio de mulher metida com macho dentro do estádio. Eu adoro mulher. Melhor do que uma mulher, só duas. Dá não. Negócio de futebol não dá certo. Até para a mulher entrar em campo… O árbitro antes do jogo começar vai no túnel dos jogadores, e os jogadores estão tomando banho. A mulher vai entrar lá como, com os jogadores todos pelados? É por isso que tem as marias chuteiras”, finalizou.

Leia também: Najila Trindade diz que ex-advogado beneficiou Neymar em processo

A postura do jornalista não pegou bem nem mesmo nos bastidores da emissora, que resolveu rescindir o contrato do profissional após o ocorrido. Em nota oficial, o Grupo Cidade de Comunicação, que administra a emissora no estado, condenou e lamentou os comentários.


“O Grupo Cidade de Comunicação lamenta e condena, veementemente, as declarações do comentarista Daniel Campelo durante uma transmissão esportiva da Rádio Jovem Pan News Fortaleza. Respeitamos as mulheres e acreditamos no potencial feminino, inclusive pelo fato de termos uma mulher como âncora de importantes programas da emissora. Nosso compromisso é com a ética, o bom jornalismo e, sobretudo, o respeito a todos – e a todas! – afirmou.

Leia mais:  São Paulo sente desfalques e cai para reservas do Internacional no Beira-Rio

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

“Última vez que vi meu pai foi há oito anos”, diz filho de Edmundo

Publicado

por

Edmundo arrow-options
Reprodução
Edmundo

Alexandre Mortágua, filho do ex-jogador Edmundo, falou sobre as dificuldades de relacionamento que tem com o pai. Em entrevista ao programa “Luciana By Night”, o rapaz, de 24 anos, revelou que não encontra o pai desde os 16.

Leia também: Técnico português pode assumir o Corinthians em 2020, afirma jornal

“Última vez que encontrei meu pai eu tinha 16 anos e foi pela decisão de um juiz. (…) Só que é isso, quando você lembra de uma pessoa que você gosta, você pensa na sua mãe, por exemplo, vem um cheiro, uma frase engraçada, uma comida gostosa. Dele não me vem nada”, disse Alexandre Mortágua .

Filho de Edmundo foi entrevistado pela apresentadora Luciana Giménez arrow-options
Divulgação
Filho de Edmundo foi entrevistado pela apresentadora Luciana Giménez


O filho de Edmundo  também relembrou alguns momentos difíceis que passou na infância por conta da relação distante com o pai.

“Acho que eu estava na quarta série e houve essa apresentação. Coisa de escola é sempre muito brega (risos). Era uma versão da música Por Você, do Frejat, e ao invés de cantarmos ‘desejaria todo dia a mesma mulher’, a gente cantava ‘desejaria todo dia o mesmo papai’ e era para apontar para o nosso pai na plateia. Só lembro de ver o rosto da minha mãe no meio de um mar de homens. A situação era ruim para nós dois, mas tivemos muita cumplicidade, de proteção mesmo”, completou.


A entrevista completa irá ao ar nesta terça-feira, às 22h45, na RedeTV!.

Leia mais:  Palmeiras supera rivais e lidera ranking de arrecadação em 2018

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana