conecte-se conosco


Carros e Motos

Mercedes lança sedã esportivo que custa mais de meio milhão de reais

Publicado


source
AMG GT 43
Divulgação

AMG GT 43: Sedã que surpreendeu a Europa por sua similaridade com os cupês esportivos da AMG

A Mercedes confira a chegada de 20 unidades do sedã esportivo AMG GT43 de quatro portas ao Brasil,  por R$ 575.900. Com isso, vai aumentando a lista dos modelos exclusivos e de alto valor que são confirmado no Brasil no meio da pandemia e durante uma das maiores crises da história. Já chegaram Audi R8 V10 , Ferrari F8 Tributo , Mini JCW GP , entre outros.

O sedã esportivo vem equipado com motor com 3.0 litros de cilindrada, de 6 cilindros em linha, capaz de render com 367 cv e nada desprezíveis 50,1 kgfm de torque. Com câmbio automático de 9 marchas, o carro é capaz de acelerar de  0 a 100 km/h em 5 segundos, de acordo com a marca alemã.

LEIA MAIS: Mercedes revela quatro lançamentos para o primeiro semestre

Em relação à versão mais cara do modelo, o AMG GT 63 S 4Matic+, o AMG GT 43 é quase R$ 1 milhão mais em conta, ante os R$ 1.455.900 do “irmão” mais sofisticado. Por outro lado, não deixa para trás as tecnologias mais recentes da divisão de supercarros da Mercedes-Benz . É equipado com o sistema EQ Boost, que combina o motor de partida e o alternador a um motor elétrico entre o motor e a transmissão. Além de mais suavidade e economia de combustível, adiciona 22 cv e 25,5 kgfm quando acionado.

LEIA MAIS: Mercedes A35 AMG: foguete de bolso

Mais tecnologia

AMG
Divulgação

Na traseira, o caimento do teto propicia uma melhoria aerodinâmica, o que aprimora a sua eficiência

Entre os itens de série, vem com quadro de instrumentos digital, sistema de estacionamento semi autônomo, faróis de LED adaptativos (que ajustam o feixe de luz de acordo com a iluminação do ambiente e o tráfego) e frenagem automática de emergência com aviso traseiro.

LEIA MAIS: Mercedes GLA 45 AMG: um aventureiro endiabrado

Há também chave presencial para acesso do veículo e partida do motor, seletor de modos de condução (que ajustam motor, suspensão, transmissão e direção), ar-condicionado digital de 4 zonas, sistema de som Burmester de 14 alto-falantes e amplificador de 10 canais com 640 watts e aquecimento nos bancos dianteiros.

Para quem for utilizar o sedã esportivo da Mercedes-Benz nas pistas, o AMG Track Pace, integrado ao sistema multimídia, registra os tempos de volta e aceleração, além de dados de telemetria ao vivo. Veja abaixo o vídeo oficial do novo sedã esportivo.




Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook

Carros e Motos

Lamborghini revela o Sián Roadster, um conversível híbrido de 819 cv

Publicado

por


source
Lamborghini
Divulgação

Lamborghini Sian Roadster: detalhes exclusivos do supercarro híbrido que é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 2,9 segundos

A Lamborghini revelou o Sián Roadster, supercarro de produção limitada que é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 2,9 segundos e atingir os 350 km/h de velocidade máxima.

LEIA MAIS: Lamborghini é deixado em garagem nos EUA por mais de 15 anos

Variação sem capota do primeiro modelo híbrido da marca italiana, o Lamborghini Sián Roadster traz um motor V12 6.5 a gasolina e um propulsor elétrico, para desenvolver a potência combinada de 819 cv.

Diferente dos híbridos convencionais, o Lamborghini usa um supercapacitor, que armazena três vezes mais energia e é três vezes mais leve que um conjunto de baterias de íon de lítio com a mesma capacidade.

Outra vantagem do sistema é a possibilidade de cargas e descargas mais rápidas de energia, o que permite usar o motor elétrico como uma reserva permanente de força adicional para o motor em velocidades de até 130 km/h, quando o Sián passa a empregar apenas o propulsor a combustão.

Com visual que segundo o fabricante foi inspirado no Countach dos anos 1970, o Sián Roadster traz tecnologias como o sistema de refrigeração ativo controlado por materiais termossensíveis que reagem à temperatura do escape e uma asa móvel que é acionada somente com o carro em movimento.

LEIA MAIS: Lamborghini anuncia o Huracán EVO RWD

Enquanto o Sián fechado teve apenas 63 unidades fabricadas, o Roadster é ainda mais exclusivo: serão apenas 19 unidades, que segundo a Lamborghini já estão vendidas.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Pandemia não vai matar o carro compartilhado, avalia Ford

Publicado

por


source
compatilhado
Divulgação

Aplicativo de carros compartilhados devem continuar sendo usados, mesmo com a pandemia, mas outras soluções de mobilidade também virão

A importância da capacidade de inovação e adaptação na pandemia do novo coronavírus foi um dos temas tratados nesta sexta-feira (10), em uma das palestras da Campus Party, evento de tecnologia que este ano acontece de forma virtual e gratuita. Quem falou sobre o tema foi Luciano Driemeier, gerente de Mobilidade e Novos Negócios da Ford. “A pandemia gerou novas tendências que não estavam no mapa das montadoras”, destacou.

LEIA MAIS: Ainda vale a pena ter carro no Brasil?

Driemeier citou uma solução técnica criada pela Ford nos Estados Unidos, que permitiu a esterilização do interior das viaturas policiais da marca apenas com uma atualização de software , como um exemplo da importância do pensamento ágil e da capacidade de adaptação das montadoras para se preparar para o mundo pós coronavírus.

O gerente de mobilidade da montadora não acredita que o novo coronavírus vá enterrar o desenvolvimento de carros compartilhados . Mas avalia também que os fabricantes vão precisar estar abertos para outras soluções de mobilidade , que podem não necessariamente envolver automóveis.

LEIA MAIS: Preços dos carros usados ficarão mais distantes dos novos

“Neste conceito de mobilidade mutável e de produtos adaptáveis, a Ford e outras montadoras passam a ser empresas de mobilidade. Desenvolvendo soluções voltadas para o consumidor e que não necessariamente envolvam carros”, finalizou.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana