conecte-se conosco


Cidades

Mercado reduz projeção de crescimento da economia para 2,5% em 2019

Publicado

Instituições financeiras, consultadas pelo Banco Central (BC), reduziram a projeção para o crescimento da economia, neste ano e em 2020. A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi ajustada de 2,53% para 2,50%, em 2019.

Para o próximo ano, a expectativa caiu de 2,60% para 2,50%. Em 2021 e 2022, a projeção segue em 2,50%. Essas são as previsões de instituições financeiras consultadas pelo BC todas as semanas sobre os principais indicadores econômicos.

A inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), deve ficar em 4% este ano.

Na semana passada, a projeção para o IPCA estava em 4,01%. A estimativa segue abaixo da meta de inflação (4,25%), com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%, este ano.

Para 2020, a projeção para o IPCA segue em 4%, há 82 semanas seguidas. Para 2021 e 2022, a estimativa permanece em 3,75%.

A meta de inflação é 4%, em 2020, e 3,75%, em 2021, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para os dois anos (2,5% a 5,5% e 2,25% a 5,25%, respectivamente).

O BC usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 6,5% ao ano, para alcançar a meta da taxa inflacionária.

De acordo com o mercado financeiro, a Selic deve encerrar 2019 em 7% ao ano e continuar a subir em 2020, encerrando o período em 8% ao ano, permanecendo nesse patamar em 2021 e 2022.

O Comitê de Política Monetária (Copom) aumenta a Selic para conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Quando o Copom diminui a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação.

A manutenção da taxa básica de juros indica que o Copom considera as alterações anteriores suficientes para chegar à meta de inflação.

A previsão do mercado financeiro para a cotação do dólar permanece em R$ 3,75 no final deste ano, e em R$ 3,78, no fim de 2020.

Comentários Facebook

Cidades

Construtora prepara as primeiras vias a serem asfaltadas ao lado do futuro PA e ETA em Barra do Bugres

Publicado

por


.

Desde o último final de semana, a construtora responsável pela pavimentação de cerca de 20 km de ruas e avenidas de Barra do Bugres vem realizando o estaqueamento e serviço de terraplanagem. No momento são quatro vias que dão acesso ao futuro Pronto Atendimento (PA) e nova Estação de Tratamento de Água (ETA), localizadas no bairro Maracanã.

A previsão é que em 60 dias serão entregues as primeiras ruas e avenidas; rua do Pronto Atendimento e Rio Negro, além das avenidas Tucuruí e Jatobá.

De acordo com responsável pela execução de toda a pavimentação, Donizete Moreira, serão cerca de 7 km só no Grande Maracanã, sendo que algumas demandam de galerias de água pluvial e boca de lobo. 

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Cidades

Prefeitura de Cáceres decreta luto por 3 dias pelo falecimento do professor Adriano Silva

Publicado

por


.

É com tristeza que vimos manifestar as nossas condolências pela passagem do filho ilustre de Cáceres: Professor ADRIANO SILVA, aos 49 anos, cujo óbito ocorreu na noite de 03 de junho de 2020, em Cuiabá, suspeita de Covid-19, deixando não só o Município de Cáceres, mas o Estado de Mato Grosso pesaroso.

Atualmente, o Professor Adriano ocupava a Presidência da Fundação de Amparo à Pesquisa de Mato Grosso – Fapemat; formado em Direito, doutor em Ciências Políticas, era professor do curso de Direito da Unemat, em Cáceres. Efetivo desde 1998, foi Chefe do Departamento de Ciências Jurídicas, Diretor da Faculdade de Direito, Coordenador Regional do Campus Jane Vanini, Gestor do Campus Jane Vanini e Reitor da Unemat nos anos de 2010 a 2014.

Além da dedicação à Unemat, foi atuante na política cacerense e estadual; como suplente de Deputado Estadual, assumiu por curto período a cadeira na Assembleia Legislativa de Mato Grosso; em 2016 disputou conosco as eleições municipais; em 2018 alcançou a suplência para Deputado Federal; filiado ao Democratas, recentemente, lançou-se a pré-candidato a prefeito de Cáceres para o pleito vindouro.

Adriano, ao partir prematuramente, deixou família, parentes e amigos inconsoláveis; e, também, muitos sonhos e projetos a realizar.

Consternados, vimos externar à família a nossa solidariedade, pedindo a Deus, nosso Pai, que os conforte, dando-lhes a fé e a esperança necessária, neste momento de despedida.

A Prefeitura Municipal de Cáceres decreta luto oficial por 03 (três) dias.

Fraternalmente.

 

FRANCIS MARIS CRUZ

Prefeito Municipal de Cáceres

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana