conecte-se conosco


Mato Grosso

Mauro Mendes apresenta ações do Estado em reunião com embaixadores da Europa e governadores

Publicado

O governador Mauro Mendes cumpre agenda em Brasília, nesta sexta-feira (13.09), com os embaixadores de quatro países da Europa.

A agenda é conjunta com os governadores da Amazônia Legal, que foram convidados pelos embaixadores da Alemanha, Noruega, Reino Unido e França para apresentar as ações já realizadas nos estados contra o desmatamento ilegal e as queimadas.

A primeira reunião do dia foi com os embaixadores da Noruega (Nils Martin Gunneng), Reino Unido (Vijay Rangarajan) e Alemanha (Georg Witschel). Os embaixadores deixaram claro que o objetivo é saber de que forma eles podem colaborar com as ações.

“Nós não queremos apenas preservar, mas também precisamos desenvolver a região. Temos muitos investimentos aqui. Queremos saber como podemos ajudar nesse desafio de preservar o meio ambiente, pois o Brasil é um parceiro chave”, disse o embaixador Nils Gumeng, da Noruega.

Mauro Mendes afirmou aos embaixadores que o Estado tem interesse em firmar parcerias diretamente com os países que eles representam.

Ele também destacou as ações realizadas no estado para combate as queimadas e a meta de desmatamento ilegal zero para os próximos anos. O governador relatou sobre o trabalho realizado para acelerar as análises do Cadastro Ambiental Rural e na aquisição de sistema de monitoramento em tempo integral, o Imagens Planet, em parceria com o banco alemão KFW.

O governador ainda questionou os embaixadores se eles pretendem aumentar os valores investidos nesse setor e também compensar os proprietários rurais para que eles também não desmatem as áreas permitidas.

“Estamos trabalhando muito e com metas audaciosas para manter a floresta em pé. Mas, o mundo precisa nos ajudar a compensar isso”, destacou Mauro Mendes.

Participaram da reunião representantes dos governos do Amazonas, Amapá, Roraima, Pará, Rondônia, Acre, Maranhão e Tocantins.

Ainda nesta tarde, Mauro Mendes e os demais governadores se reunirão com o embaixador da França, Michel Miraillet.

As ações

O Governo de Mato Grosso tem feito um trabalho intenso para prevenir, fiscalizar e combater o desmatamento ilegal e os incêndios criminosos no Estado.

Desde maio, as equipes de diversos órgãos (como a Sema e Sesp, por meio do Corpo de Bombeiros) tem atuado com ações preventivas, palestras orientativas e planejamento das ações em todas as regiões de Mato Grosso.

Para combater os incêndios, estão sendo usados 87 veículos, dois aviões, um helicóptero e 1.327 combatentes, se revezando entre 350 e 400 homens por dia. Também estão sendo deflagradas operações integradas de combate ao fogo e ao desmatamento ilegal. Também realizamos uma ação antecipada para evitar que as queimadas atinjam o nosso Pantanal.

Além disso, o monitoramento das queimadas e do desmatamento passou a ser feito quase que em tempo real com a aquisição da ferramenta Imagens Planet, que emite alertas ao Estado, indicando os locais exatos em que os eventos ocorrem a partir de 1 hectare de desmate.

O Governo ainda prorrogou o prazo de proibição de queimadas na zona rural e suspendeu novas autorizações para desmate, decretando também situação de emergência, de modo a dar mais agilidade no combate a estes crimes.

Até o momento, durante o período proibitvo, já foram feitas 39 apreensões, oito conduções de infratores, 103 autos de infração e fiscalização de 104 pontos, com a autuação total de mais de 30,6 mil hectares. Além disso, foram aplicados mais de R$ 146 milhões em multas aos infratores.

Comentários Facebook

Mato Grosso

Após mal-estar, governador Mauro Mendes é internado

Publicado

por


.

O governador Mauro Mendes teve uma indisposição em São Paulo, após uma reunião de trabalho. Ele buscou atendimento junto ao seu médico que o acompanha desde o transplante de rim.

Após uma bateria de exames, foi constatado que o governador está com pneumonia. Ele foi internado, por recomendação médica, para receber a medicação e passa bem. 

O governador continua executando suas atividades em teletrabalho.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Sábado (01): Mato Grosso registra 53.151 casos e 1.876 óbitos por Covid-19

Publicado

por


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (01.08), 53.151 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 1.876 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado e 34 mortes nas últimas 24 horas. 

Foram registradas 1.073 novas confirmações de coronavírus no Estado. Dos 53.151 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 18.339 estão em monitoramento e 32.936 estão recuperados. 

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 329 internações em UTIs públicas e 300 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 88,52% para UTIs adulto e em 33,94% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (11.686), Várzea Grande (4.204), Rondonópolis (3.290), Lucas do Rio Verde (2.860), Tangará da Serra (2.322), Sorriso (2.114), Sinop (2.077), Primavera do Leste (1.798), Nova Mutum (1.461) e Pontes e Lacerda (936). 

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria. 

O documento ainda aponta que um total de 48.051 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 4.351 amostras em análise laboratorial. 

Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Neste sábado (01), o Governo Federal confirmou 2.707.877 casos da Covid-19 no Brasil e 93.563 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 92.475 óbitos e 2.662.485 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. 

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana