conecte-se conosco


Mato Grosso

Mato Grosso realiza visita técnica à Rondônia para promover a cultura do café

Publicado

Gestores e técnicos ligados à cadeia produtiva do café participam nesta quarta-feira (15.05) em Porto Velho (RO) do intercâmbio promovido entre os estados para a revitalização da cultura cafeeira. A equipe pretende buscar informações e oficializar parcerias para o fomento da cadeia em Mato Grosso. Rondônia é o quinto maior produtor de café do país e está entre os três maiores estados produtores da espécie Coffea Canephora.

A iniciativa do encontro é da Secretaria de Agricultura Familiar de Mato Grosso (Seaf) e Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), em parceria com a Secretaria de Agricultura de Rondônia (Seagri), Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO) e Embrapa Rondônia – referência em pesquisa e geração de tecnologia para a cafeicultura. 

A cultura do café vem passando por transformações positivas nos últimos anos no Estado em função da adoção de novas tecnologias de cultivo, principalmente pela utilização de mudas clonais e práticas adequadas de manejo.

De acordo com o Secretário de Estado de Agricultura Familiar, Silvano Amaral, que participa da visita à Rondônia, além das informações técnicas para o incremento das lavouras, Mato Grosso também irá priorizar a capacitação de técnicos em novas tecnologias e o repasse de orientações aos produtores. 

“O Governo de Mato Grosso, por meio da Seaf e Empaer, não medirá esforços para expandir a cultura do café pelas demais regiões do estado, assegurando competitividade à nossa produção, não apenas com o aumento na oferta do grão, mas em qualidade e tecnologia. A garantia de aumento na renda do pequeno produtor é outro dos nossos objetivos, senão o principal”, concluiu Silvano.     

Leia mais:  Agentes de Segurança Pública são capacitados para utilização de drones

Câmara setorial 

Entre as decisões para alavancar a cafeicultura em Mato Grosso, será proposta ao Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (CEDRS) a criação da Câmara Setorial do Café. Na visita, o secretário Silvano Amaral deve oficializar o convite para que a Embrapa Rondônia integre a Câmara.  

As Câmaras Setoriais são importantes ferramentas para a discussão dos diversos elos da cadeia produtiva, reunindo entidades representativas de produtores, instituições governamentais, terceiro setor, iniciativa privada e outros parceiros do segmento.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Idoso é preso por invadir casa e assediar mulher e filha no Bairro Dona Julia

Publicado

Um idoso de 70 anos, foi preso na tarde desta quarta-feira (22), depois invadir uma casa e assediar mãe e filha, no Bairro Dona Julia em Tangará da Serra.

Isaias Fernandes da Silva, possui mandado de prisão em aberto por homicídio.

Segundo a vítima, ela a filha e mais duas pessoas estavam sentadas na área de casa quando o suspeito invadiu o local. Intransigente, começou a provocar supondo que a mulher amamentasse o filho “dando o peito” a ele. Além das insinuações cometidas, ele aborreceu a menina, tocando nela e impedindo a criança de sair da rede.

A vítima conseguiu expulsar o idoso do local e acionou a Polícia Militar, que realizou buscas pela região e encontrou Isaias Fernandes da Silva, próximo à casa. Preso em flagrante foi encaminhado à Delegacia Judiciária Civil. Em checagem aos registros, constataram haver mandado de prisão em aberto contra o suspeito, expedido em 2014, pela Comarca de Cuiabá, por homicídio. Diante da nova acusação, o idoso poderá ser indiciado por atentado violento ao pudor e ameaça.

Comentários Facebook
Leia mais:  Preso suspeito de roubar mais de cinco estabelecimentos comerciais
Continue lendo

Governo

Cerca de 18 mil pessoas de Mato Grosso podem perder benefícios do governo federal

Publicado

Cerca de 18 mil mato-grossenses inseridos no Benefício de Prestação Continuada (BPC) ainda não fizeram a inscrição no Cadastro Único (CAD Único). O número consta no levantamento do Governo Federal divulgado pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT).

Foto:Setas-MT

Os beneficiários devem ficar atentos para a data limite para cadastramento, conforme Portaria n° 631. de 09 de abril de 2019. O registro é obrigatório, por isso a falta dele pode causar a suspensão do benefício.O novo cronograma divide os beneficiários não cadastrados por mês de aniversário, estabelecendo os períodos para envio de notificações e repercussões sobre os benefícios. (Confira no final do texto o novo cronograma).

A inserção no cadastro é fundamental para manutenção do BPC e identificará a realidade socioeconômica dos beneficiários. Com isso, será possível apontar as demandas desse público, para a inclusão nos serviços socioassistenciais e em outras políticas públicas.A coordenadora de Gestão de Benefícios Socioassistencias, Luciene Alves Côrrea, explica que em Mato Grosso a suspensão do benefício das pessoas que ainda precisam ser incluídas no CadÚnico gera um impacto não só para os beneficiários, mas para a economia local.

“A Superintendência de Benefícios, Programas e Projetos Socioassistencias, tem se empenhado a ofertar apoio técnico com orientações para que todos os municípios sejam incluídos no programa e não tenham seus benefícios suspensos”, ressaltou.

Leia mais:  Preso suspeito de roubar mais de cinco estabelecimentos comerciais

Para se inscrever basta procurar o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) mais próximo de sua residência. Todos os municípios de Mato Grosso possuem o centro. Confira o relatório completo.

 

 

Fonte:Setasc-MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana