conecte-se conosco


Mato Grosso

Mato Grosso é primeiro Estado a digitalizar pedidos do FCO

Publicado


.

Mato Grosso já iniciou o processo de digitalização das cartas-consulta para contratação de recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro Oeste (FCO). O Estado é o primeiro a digitalizar os pedidos em todo o Brasil. O sistema estadual será integrado com o do Banco do Brasil e fará com que as cartas-consulta sejam totalmente preenchidas pela internet clicando aqui.

De acordo com dados da Coordenadoria de FCO Empresarial e Rural da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), 40% das cartas-consulta retornavam por erros no preenchimento ou falta de informações relevantes, pois era documento facilmente editável e não exigia preenchimento obrigatório.

“Mato Grosso está mais uma vez na vanguarda com este projeto totalmente desenvolvido pelos servidores da Sedec, equipe muito técnica e eficiente. Sob o comando do governador Mauro Mendes, seguimos com o compromisso de trazer celeridade aos processos e mais possibilidade de acesso aos recursos do FCO”, disse César Miranda, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico.

O FCO é um financiamento de investimento fixo, com ou sem capital de giro associado, para implantação, ampliação, modernização ou relocalização de empreendimentos dos setores mineral, industrial, agroindustrial, turístico, infra-estrutura econômica, comercial e de serviços na Região Centro-Oeste.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Sede da Sema em Cuiabá não terá expediente nesta sexta-feira (31)

Publicado

por


.

A sede da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) não terá expediente na próxima sexta-feira, 31 de julho. Durante todo o dia, todos os prédios que compõem o complexo da Secretaria passarão por processo de desinfecção.

Dessa forma, todos os contatos ao longo da sexta-feira, deverão ser realizados por e-mail ou outra modalidade de atendimento virtual.

Protocolos marcados para sexta-feira serão reagendados a partir de segunda, 03 de agosto.

As orientações sobre o atendimento da Secretaria durante a pandemia do novo coronavírus podem ser acessadas AQUI.

 

Contatos da Sede da Secretaria de Meio Ambiente

Protocolo Geral (Sema Cuiabá)

[email protected]

 

Cópias de decisões e despachos

E-mail: [email protected]

[email protected]

 

Atendimento Sema

[email protected]

 

Gabinete Sema

[email protected]

 

Cadastro Ambiental Rural

[email protected]

 

Pecuária Extensiva

[email protected]

 

Infraestrutura, Mineração, Indústria e Serviços

[email protected]

 

Gestão Florestal

[email protected]

 

Recursos Hídricos

[email protected]

 

Central de Serviços Tecnologia da Informação

[email protected]

 

Comunicação

[email protected]

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governo do Estado e prefeitura de Nova Maringá executam obra do anel viário no município

Publicado

por


.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), e a Prefeitura de Nova Maringá executam a obra de pavimentação de 3,6 quilômetros do anel viário do município (373 km de Cuiabá).

A obra vai desafogar o trânsito de veículos de cargas e máquinas pesadas do centro da cidade, que terão uma nova rota para circulação.

A construção do anel viário é uma demanda antiga dos moradores de Nova Maringá, que ficam expostos a riscos de graves acidentes com a circulação de carretas carregadas de produção agrícola, especialmente pela avenida Amos Bernardino Zanchet, principal via da cidade.

A obra é realizada por meio de um convênio entre o Governo do Estado e a prefeitura, no valor de R$ 2,6 milhões.  Desse montante, a Sinfra destinou R$ 1,4 milhão e o município deu uma contrapartida de R$ 1,2 milhão. A obra do anel viário é realizada diretamente pela prefeitura.

A obra de pavimentação de 3,6 quilômetros do anel viário do município segue em andamento

A pavimentação de 3,6 quilômetros é feita no trecho que compreende a frente do bairro Jardim Maira, contornando a região urbana do município e se encerrando na MT-160, pela antiga Colônia da Selva.

Para o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, a construção do anel viário é mais um exemplo positivo da atual administração do Governo do Estado que, através da mútua cooperação com as prefeituras, executa mais obras em todo o Mato Grosso.

“Seguindo a determinação do governador Mauro Mendes, estamos conversando com as prefeituras e formalizando parcerias, o que mostra a credibilidade do Governo e que o Fethab está sendo bem aplicado para trazer dignidade aos Municípios e proporcionar maior desenvolvimento”, afirmou.

 

Para o prefeito de Nova Maringá, João Braga Neto, o anel viário é muito importante para a cidade, não apenas para atender as necessidades dos moradores, mas para possibilitar infraestrutura logística para o escoamento da produção da região, que hoje tem cerca de 250 mil hectares de produção agrícola e estima plantar mais 100 mil hectares nos próximos anos.

“A MT-160 atravessa nossa cidade, bem na avenida central onde está a escola estadual. E por ali passa o peso de uma safra de 250 mil hectares de plantio, expondo nossas crianças a perigo constante de acidente. Um problema com o qual já convivemos há algumas décadas e é por isso que lutamos muito para que fosse feita a obra”, disse.

Ainda segundo o prefeito, a execução do anel viário só está sendo possível graças à sensibilidade da atual gestão do Governo do Estado, que entendeu a necessidade da realização da obra.  “Graças a Deus, o governador Mauro Mendes compreendeu o peso da nossa safra e da nossa responsabilidade. Agora esse anel viário abraça nossa cidade, a área de preservação permanente e abraça nossas crianças, em um abraço protetor, livrando-a dos perigos de acidente constante. Agradeço ao Governo do Estado pelo olhar sensível para nosso pedido”.

Anel viário vai auxiliar escoamento da produção agrícola

Outras obras

Além do anel viário, será realizada outra importante obra em Nova Maringá, que é a pavimentação de 81 quilômetros das rodovias MT-492 e MT-249.  A obra vai permitir a ligação das cidades de Nova Maringá e São José do Rio Claro por vias asfaltadas, além da interligação de Nova Maringá diretamente à rodovia federal BR-163.

A pavimentação será executada em razão de uma cooperação firmada pelo Governo do Estado com as prefeituras de Nova Maringá e São José do Rio Claro. Por meio da cooperação, a Sinfra vai realizar a licitação da obra, excluindo alguns serviços que serão executados diretamente pelos municípios, dentro do limite territorial de cada um.  O valor de referência da Sinfra para a licitação da obra é de R$ 65 milhões. Já o investimento dos Municípios será de R$ 7,5 milhões.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana