conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Política Nacional

Mais querido e menos rejeitado, Lula supera potencial de votos de Bolsonaro

Publicado


source
Ex-presidente Lula supera potencial de votos de Bolsonaro em 2022, diz pesquisa
Lula Marques/Agência PT

Ex-presidente Lula supera potencial de votos de Bolsonaro em 2022, diz pesquisa

Em pesquisa que mede o potencial de voto de dez possíveis candidatos nas eleições presidenciais de 2022, o ex-presidente  Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o único que demonstra ter mais potencial político que o atual presidente,  Jair Bolsonaro (sem partido).

Menos rejeitado e mais querido, o petista está atualmente impedido de concorrer pela Lei da Ficha Limpa , embora busque mudar essa condição judicialmente. De acordo com o levantamento realizado pelo Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec), novo instituto de pesquisa de Márcia Cavallari, ex-Ibope, 50% dos entrevistados disseram que votariam ou poderiam votar em Lula , bem acima do teto de Bolsonaro, 38%. 44% afirmaram que não votariam no petista de jeito nenhum, enquanto 56% jamais votariam pela reeleição do atual presidente.

Os advogados de Lula buscam anular as sentenças que envolvem imóveis em Guarujá e Atibaia , que hoje o impedem de concorrer a cargos eletivos, mas, publicamente, o ex-presidente nega a intenção de se candidatar em 2022.

Vale destacar que a pesquisa do Ipec não calcula um possível cenário em que Lula e Bolsonaro se enfrentem, mas sim o teto e o piso de votos dos dois possíveis candidatos em 2022. As pesquisas de intenção de votos tradicionais simulam possíveis segundos turnos com dois nomes, mas a pesquisa de potencial tem outro objetivo, que é justamente medir a aceitação e a rejeição a determinado nome.

Você viu?

Em vez de apresentar uma lista de candidatos e pedir que o entrevistado aponte seu preferido, o Ipec cita o nome de cada possível postulante à presidência e pergunta se o eleitor com certeza votaria nele, se poderia votar, se não votaria de jeito nenhum ou se não o conhece o suficiente para responder. A soma das duas primeiras respostas, “votaria com certeza” e “poderia votar” é usada como o potencial de votos.

Lula e Bolsonaro lideram o ranking de potencial de voto para 2022, seguidos pelo ex-juíz e ex-ministro de Bolsonaro, Sérgio Moro  (31%); Luciano Huck  (28%); Fernando Haddad  (27%); Ciro Gomes  (25%); Marina Silva  (21%); Luiz Henrique Mandetta  (15%); João Doria  (15%); e  Guilherme Boulos  (10%).

Marina, Huck, Doria, Ciro e Haddad estão empatados tecnicamente em rejeição com Bolsonaro. Enquanto o presidente não seria votado “de jeito nenhum” por 56%, os possíveis candidatos são rejeitados por, respectivamente, 59%, 57%, 56%, 53% e 52%. Já Moro repete a rejeição de Lula, 50%.

A pesquisa também apura onde os possíveis candidatos têm mais apoio. Bolsonaro encontra mais simpatizantes entre evangélicos (53% de potencial de votos), na região Sul (46%) e na faixa de renda entre dois e cinco salários mínimos (45%).

Para realização do levantamento, o Ipec ouviu 2.002 pessoas em 143 municípios do País entre os dias 19 e 23 de fevereiro. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos.

Comentários Facebook

Política Nacional

Mandetta diz que Senado faz seu papel ao instaurar CPI da Covid

Publicado

por


source
Luiz Henrique Mandetta, ex-ministro da Saúde. Ele criticou as decisões do governo Bolsonaro no combate à pandemia e diz que apoia a instauração da CPI
Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Luiz Henrique Mandetta, ex-ministro da Saúde. Ele criticou as decisões do governo Bolsonaro no combate à pandemia e diz que apoia a instauração da CPI

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse nesta sexta-feira (9) que aprova a abertura da CPI da Covid,  após determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso.

“Seria natural que o presidente do Senado instaurasse em algum momento. A crise da pandemia teria que ser analisada em algum momento. Acredito que eles (senadores) vão fazer o papel que cabe a eles,” disse à CNN Brasil .

O ex-ministro disse que o governo federal tomou muitas “decisões equivocadas” na gestão da crise sanitária. Ele afirmou, também, que o Brasil demorará para controlar a doença.

“Precisa entender por que não tomamos algumas decisões de forma coletiva. A CPI vai acabar desnudando o nosso comportamento como sociedade, como a indução de fake news. Não tinha por que termos tomado decisões tão equivocadas como foram tomadas nessa pandemia (…) Nós ainda temos um caminho muito longo para termos um controle eficaz dessa doença.” 

Continue lendo

Política Nacional

Lula pede desculpas aos italianos por não ter extraditado Cesare Battisti

Publicado

por


source
Lula disse que pensava que o ativista fosse inocente
Agência Brasil

Lula disse que pensava que o ativista fosse inocente

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pediu desculpas à população italiana nesta sexta-feira (9) por não ter extraditado o ativista italiano Cesare Battisti , que foi condenado na Itália por assassinato, se refugiou no Brasil, e acabou confessando o crime após voltar preso ao seu país.

“Peço desculpas ao povo italiano, pensei que ele não era culpado, mas depois de sua confissão, só posso me desculpar”, disse Lula, em entrevista ao vivo ao programa de TV italiano TG2 Post . “Tomei a decisão baseado em uma orientação do Ministério da Justiça”, afirmou, em referência ao então ministro Tarso Genro.

Segundo Lula, na ápoca ele achou que a decisão de não extraditar era correta porque achava que Battisti era inocente.

No último dia de seu mandato, em 2010, o petista concedeu asilo ao italiano. Ex-membro do grupo Proletários Armados pelo Comunismo, Battisti chegou ao Brasil em 2004 para evitar de ser extraditado na França. Em 2007, foi preso no Rio de Janeiro e cumpriu prisão preventiva para fins de extradição na penitenciária da Papuda, em Brasília, até 2010.

Em 2018, o então presidente Michel Temer revogou a decisão de Lula e, com aval reiterado do STF, determinou a extradição de Battisti.

O italiano, então, fugiu do Brasil, mas foi capturado em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, em janeiro de 2019. Como a entrada no país foi ilegal, a expulsão dele foi requerida pela Itália e acatada pelo governo boliviano.

Você viu?

Dois meses após retornar preso à Itália, Cesare Battisti admitiu envolvimento em quatro assassinatos durante interrogatório feito na prisão pelo procurador Alberto Nobili, responsável pelo grupo antiterrorista da cidade italiana de Milão.

Lula já havia pedido desculpas sobre o caso. Em agosto de 2020, o ex-presidente disse que se arrependeu de ter defendido Battisti, em um programa de debates da TV Democracia.

“Hoje, acho que, assim como eu, todo mundo da esquerda brasileira que defendeu Cesare Battisti aqui ficou frustrado, ficou decepcionado. Eu não teria nenhum problema de pedir desculpas à esquerda italiana e às famílias do Battisti”, disse Lula na ocasião.

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana