conecte-se conosco



Nacional

Macri confirma presença na cerimônia de posse de Bolsonaro em janeiro

Publicado


Macri é mais uma autoridade que confirmou presença na cerimônia de posse de Bolsonaro, no dia 1º de janeiro, em Brasília
Reprodução/Diário Popular

Macri é mais uma autoridade que confirmou presença na cerimônia de posse de Bolsonaro, no dia 1º de janeiro, em Brasília

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, já é presença confirmada na cerimônia de posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro, no dia 1º de janeiro de 2019, em Brasília. Tal informação foi confirmada na noite desta terça-feira (4), pelo ministro das Relações Exteriores argentino, Jorge Faurie. 

Leia também: Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu é presença confirmada na posse de Jair Bolsonaro

Com isso, Macri se torna agora o segundo chefe de Estado a confirmar a sua presença do evento. Antes dele, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, já havia tido a sua presença confirmada pela própria equipe de Bolsonaro. 

O ministro das Relações Exteriores da Argentina estará em Brasília já nesta semana para a reunião de chanceleres do Mercosul – Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela. O evento, no entanto, está momentaneamente suspenso. 

Leia também: “Minha morte interessa a muita gente”, diz Jair Bolsonaro ao comentar post do próprio filho

Faurie disse que o esforço do encontro com os demais chancelers do Mercosul é justamente para buscar um acordo comercial entre o bloco e a União Europeia (UE). Na próxima segunda-feira (10), Faurie se reunirá com integrantes da União Europeia. O acordo entre o Mercosul e a União Europeia é negociado há quase duas décadas e esbarra em setores específicos.

Leia mais:  Lula presta depoimento nesta quarta-feira sobre caso do sítio em Atibaia

O chanceler afirmou à imprensa brasileira que o presidente da Argentina “já conversou” com Bolsonaro “duas ou três vezes” e, na última ocasião, mostrou a “importância de poder fechar esse acordo” com a União Europeia. 

Leia também: “Há possibilidade”, afirma Jair Bolsonaro sobre Donald Trump vir à posse em janeiro

Além de Macri e Netanyahu, outra presença possível para a cerimônia de posse do presidente eleito no Brasil é o presidente norte-americano, Donald Trump. O magnata republicano ainda não confirmou que virá, mas o seu assessor, John Bolton, que foi recebido por Bolsonaro há poucos dias, no Rio de Janeiro, garantiu que existe tal possibilidade, justamente pela relação amigável que vem sendo construída entre Trump e o futuro presidente brasileiro. 

* Com informações da Agência Brasil.

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Catedral de Campinas fará missa pelas vítimas de ataque; cidade decreta luto

Publicado

por


Campinas decreta luto de três dias e prepara velório das vítimas
Reprodução/Twitter

Campinas decreta luto de três dias e prepara velório das vítimas

O município de Campinas amanheceu sob um clima de consternação e perplexidade, nesta quarta-feira (12), um dia após um ataque a tiros que deixou cinco pessoas mortas, dentro da Catedral Metropolitana da cidade. Apesar da busca por respostas a respeito da tragédia, a catedral será reaberta na tarde de hoje para uma missa em homenagem às vítimas do atentado. 

Ainda ontem, o prefeito de Campinas , Jonas Donizette (PSB), decretou luto oficial de três dias na cidade. Pelo Twitter, ele se disse “estarrecido com o brutal crime”, causado por um atirador que matou quatro pessoas, deixou outras quatro feridas e cometeu suicídio. Entre os que estão em estado grave após o ataque estaria um homem com mais de 80 anos de idade.

A expectativa é de que os velórios das vítimas ocorram a partir desta quarta-feira (12). Os nomes das vítimas mortas foram identificados pelas autoridades. São elas: Sidnei Vitor Monteiro, José Eudes Gonzaga, Cristofer Gonçalves dos Santos e Elpídio Alves Coutinho. O atirador, Euler Fernando Grandolpho, de 49 anos, tirou a própria vida depois balear os fiéis.

Registros das câmeras de segurança da Central de Monitoramento de Campinas (CinCamp) mostram o momento em que o agressor se levanta de um dos bancos, nas últimas fileiras da igreja, vira-se em direção às pessoas e começa a atirar. Em seguida, dois agentes da Guarda Municipal entram na igreja e perseguem o atirador. As imagens não mostram depois deste momento.

Leia mais:  ‘Tem nossa confiança’, diz Bolsonaro sobre ministra que beneficiou JBS

A Catedral Metropolitana de Campinas está cercada por um cordão de isolamento. Os funcionários da prefeitura trabalharam para limpar o local e permitir que hoje (12) a igreja seja aberta para missas.

O local é um dos mais movimentados de Campinas, fica ao lado do calçadão e da principal rua de comércio.

O departamento de Serviços Técnicos Gerais (Setec) é o órgão responsável pela organização dos velórios e sepultamentos em Campinas. Como a cidade é referência para vários municípios menores do interior de São Paulo, há cemitérios privados e públicos.

* Com informações da Agência Brasil.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Mega-Sena acumulada pode pagar R$ 36 milhões nesta quarta-feira

Publicado

por


Ninguém acertou todos os números da Mega-Sena e prêmio acabou sendo acumulado mais uma vez
Divulgação/ Wilson Dias/ Agência Brasil

Ninguém acertou todos os números da Mega-Sena e prêmio acabou sendo acumulado mais uma vez

Um sortudo pode ganhar até R$ 36 milhões no próximo concurso da Mega-Sena , que será realizado nesta quarta-feira(12). O prêmio acumulou, depois que ninguém acertou as seis dezenas do sorteio do último sábado (8).

No entanto, a  Mega-Sena  deixou muita gente sorrindo a toa. A quina teve 106 apostas ganhadoras, sendo que cada apostador ficou com R$ 22.882,49. A quadra teve 6.029 apostas ganhadoras, ficando cada uma com R$ 574,73.

Para participar, é necessário realizar uma aposta mínima de R$ 3,50 em qualquer uma das 13 mil  lotéricas  espalhadas pelo País.  Apostadores também podem entrar no sorteio pela internet, o valor mínimo para fazer uma compra pelo sistema online é de R$ 30 em apostas. O serviço do site funciona 24 horas por dia.

Esse é um concurso realizado pela  Caixa  Econômica Federal que pode pagar milhões ao apostador que acertar seis números, que são sorteados ao menos duas vezes por semana – normalmente, de quarta-feira e sábado. Ainda é possível ganhar prêmios menores ao acertar quatro (Quadra) ou cinco dezenas (Quina).

Leia também: Vencedor da Mega não aparece para receber prêmio e perde R$ 22 milhões

O próprio jogador pode escolher os números da aposta ou tentar a sorte com a “Surpresinha”, em que o sistema escolhe os números. É possível também concorrer com as mesmas dezenas por dois, quatro ou oito concursos consecutivos na chamada “Teimosinha”.

Leia mais:  ‘Tem nossa confiança’, diz Bolsonaro sobre ministra que beneficiou JBS

Como jogar na Mega-Sena


Aposta mínima da Mega-Sena (seis números) custa R$ 3,50 e pode ser feita em qualquer casa lotérica do País
Paulo Pinto/Fotos Públicas

Aposta mínima da Mega-Sena (seis números) custa R$ 3,50 e pode ser feita em qualquer casa lotérica do País

Os prêmios iniciais costumam ser em torno de R$ 2,5 milhões para quem acerta seis dezenas. O valor vai acumulando a cada concurso sem vencedor. Também é possível ganhar prêmios ao acertar 4 ou 5 números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Para isso, é preciso marcar de 6 a 15 números do volante.

Leia também: Ganhador da Mega é assassinado em bar em Campos Sales, no Ceará

O prêmio bruto da Mega-Sena corresponde a 46% da arrecadação. Dessa porcentagem, 35% são distribuídos entre os acertadores dos 6 números sorteados, 19% entre os acertadores de 5 números (Quina), 19% entre os acertadores de 4 números ( Quadra ), 22% ficam acumulados e distribuídos aos acertadores dos 6 números nos concursos de final 0 ou 5 e 5% ficam acumulado para a primeira faixa (Sena) do último concurso do ano de final zero ou 5.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana