conecte-se conosco


Esportes

LeBron quebra recordes, faz história, mas não impede nova derrota dos Lakers

Publicado


Apesar dos recordes, astro não conseguiu evitar mais uma derrota dos Lakers na temporada regular
Reprodução/@lakers
Apesar dos recordes, astro não conseguiu evitar mais uma derrota dos Lakers na temporada regular

A rodada desta segunda-feira na NBA foi histórica e de recordes para o astro LeBron James. O camisa 23 do Los Angeles Lakers entrou novamente para a história da liga ao se tornar o único atleta a figurar no Top 10 do ranking de pontos e assistências. Ainda assim, viu seu time deixar a quadra com mais uma derrota para a conta.

Leia também: Lesão de astro do basquete faz Nike perder cerca de R$ 4 bilhões; entenda

Desta vez, o algoz foi o Memphis Grizzlies, que venceu a franquia californiana por 110 a 105.  Mike Conley foi o grande destaque, anotando 30 pontos, dois a menos do que o cestinha da partida Brandon Ingram. Com a derrota, os recordes
alcançados por Lebron James
acabaram ficando em segundo plano.

Ao todo, o astro somou 24 pontos, 12 rebotes e 11 assistências. Com isso, chegou ao 79° triplo-duplo da carreira, o que lhe vale a 5ª posição isolada no ranking histórico da NBA. Além disso, ele agora é o 10° na lista de maiores assistentes, com 8.525.

Leia também: Site divulga data de estreia de Space Jam 2, filme que terá LeBron no elenco


Com mais um revés, a comemoração pelos recordes
de Lebron
terá que ficar para depois, uma vez que a situação do time de Los Angeles na briga por uma vaga nos playoffs está complicada. Ocupando apenas a 11ª posição na Conferência Oeste, com 29 vitórias e 31 derrotas, L.A. tem três jogos de desvantagem para os Spurs, primeiro na zona de classificação.

Leia mais:  Para ‘salvar’ Brexit, Reino Unido cogita sediar a Copa do Mundo de 2030

Resultados da rodada – 25/02/2019

  • Golden State Warriors 121 x 110 Charlotte Hornets
  • Portland Trail Blazers
    123 x 110 Cleveland Cavaliers
  • Indiana Pacers 109 x 113 Detroit Pistons
  • San Antonio Spurs 85 x 101 Brooklyn Nets
  • Phoenix Suns
    124 x 121 Miami Heat
  • Milwaukee Bucks
    117 x 106 Chicago Bulls
  • Atlanta Hawks 111 x 119 Houston Rockets
  • Los Angeles Lakers 105 x 110 Memphis Grizzlies
  • Sacramento Kings 105 x 112 Minnesota Timberwolves
  • Philadelphia 76ers
    111 x 110 New Orleans Pelicans
  • Dallas Mavericks 112 x 121 Los Angeles Clippers


Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Flamengo não libera Reinier para seleção e caso vai para o jurídico

Publicado

por

O Flamengo não liberou o meia-atacante Reinier para se apresentar à seleção brasileira Sub-17 nesta segunda-feira, na Granja Comary, conforme havia combinado com a CBF. O jogador foi convocado para disputar o Mundial da categoria que será realizado no Brasil. A diretoria do Rubro-Negro voltará ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para garantir a liberação de Reinier.

Leia também: Flamengo alcança feito similar a de 2009, ano do último título brasileiro

Bruno Henrique e Reinier arrow-options
Reprodução/Twitter/Brasileirão
Bruno Henrique e Reinier


O atacante do Flamengo segue com a delegação em Curitiba, no Paraná, onde o time venceu o Athletico Paranaense por 2 a 0, no domingo, pelo Brasileirão. Ele vai seguir viagem para o Ceará, onde o clube encara o Fortaleza na quarta-feira, às 20h, no Castelão. A assessoria de imprensa do clube informou que o departamento de futebol determinou que o garoto ficasse com o restante da equipe.

“O atleta Reinier permanece com a delegação por decisão do departamento de futebol. O caso está entregue ao departamento jurídico”, disse a assessoria.

Leia também: Flamengo vence o Athletico, quebra tabu de 45 anos e segue líder no Brasileiro

Reinier se apresentaria nesta segunda-feira para o Mundial Sub-17, sete dias depois do restante do grupo. Da mesma forma, Talles Magno, do Vasco, também deve estar à disposição do técnico Guilherme Dalla Déa. O Cruz-Maltino confirmou que nenhuma mudança em relação à liberação do jogador foi feita até o momento.

Leia mais:  Jesus confirma negociação com Flamengo e diz: “Um dos melhores clubes do mundo”

Já o Flamengo, porém, acredita que a CBF deveria ter bom senso depois da lesão de Arrascaeta e deixar Reinier voltar novamente ao Rio para o jogo contra o Grêmio, dia 23. O jogador treinaria às vésperas da partida pela semifinal da Libertadores e no dia seguinte retornaria à seleção para a disputa do Mundial.

Na reta final da preparação, os clubes chegaram a acionar o STJD pelo direito de não cederem os jogadores para amistosos do Brasil.

CBF vai reivindicar ação da Fifa

Na próxima reunião do Conselho da Fifa, que será realizada em Xangai, na China, a CBF vai encaminhar duas reivindicações: um pedido para que os compromissos das seleções de base (Sub-17, Sub-20 e Sub-23) sejam incluídos no calendário da entidade máxima do futebol. Isso vai obrigar os clubes a liberarem seus jogadores nessa faixa etária quando forem convocados.

Atualmente, a regra vale para os compromissos em datas Fifa e competições oficiais das seleções principais. Na visão da CBF, a liberação obrigatória seria para os jogadores que tiverem contrato profissional, independentemente da idade.

Leia também: Carol Portaluppi chora e revela agressão de torcedores do Flamengo


– Brasil é mais prejudicado nas categorias de base pela liberação de jogadores porque exporta muito cedo. Se não liberar jogadores para uma competição Mundial como uma Copa do Mundo… – disse.

Leia mais:  Federação Internacional quer homens e mulheres competindo juntos na Fórmula 1

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

É CAMPEÃO! Brasil vence o Japão e fatura o tri da Copa do Mundo de vôlei

Publicado

por

Brasil venceu o Japão e conquistou o tricampeonato da Copa do Mundo de vôlei arrow-options
CBV/ Divulgação
Brasil venceu o Japão e conquistou o tricampeonato da Copa do Mundo de vôlei

O Brasil é campeão da Copa do Mundo de vôlei masculino de forma irretocável. Na manhã desta segunda-feira, a 10ª vitória em 10 jogos foi conquistada na cidade de Hiroshima, no Japão, diante dos donos da casa, por 3 sets a 1, parciais de 25-17, 24-26, 25-14 e 27-25.

Leia também: Magoado, Bernardinho descarta fazer as pazes com Zé Roberto: “Tudo tem limite”

O resultado garantiu o caneco com uma rodada de antecipação para o time de Renan Dal Zotto. Foram apenas cinco sets perdidos pelo Brasil na competição por pontos corridos, disputada de quatro em quatro anos.

Na próxima madrugada, às 3h (de Brasília), a seleção entrará em quadra para a despedida, diante da Itália.

É o terceiro título do Brasil na Copa do Mundo, campeão também em 2003 e 2007. O resultado encerra de forma muito animadora uma temporada longa e cansativa, com olhos já voltados para a Olimpíada do próximo ano.

Brasil venceu o Japão na Copa do Mundo de vôlei arrow-options
FIVB/Divulgação
Brasil venceu o Japão na Copa do Mundo de vôlei

Empurrado pela fanática torcida, o Japão não foi uma presa fácil. O time da casa entrou em quadra ainda com chances de conquistar uma medalha na Copa do Mundo, tentando se colocar no pódio de uma competição deste nível pela primeira vez em décadas. Mas precisava vencer de qualquer forma para manter as chances de ultrapassar os Estados Unidos.

Leia mais:  Federação Internacional quer homens e mulheres competindo juntos na Fórmula 1

Leia também: Jogadora da Superliga se aposenta por problema cardíaco: “Hoje um sonho se vai”

Além da tradicional e conhecida arma do volume do jogo, a seleção japonesa teve grande ajuda do saque para equilibrar as ações em parte do confronto. A linha de passe brasileira teve dificuldades em alguns momentos, a ponto de Renan ter trocado Leal, até então maior pontuador do jogo, por Maurício Borges, na metade do segundo set. 

passe do Brasil, inclusive, não teve uma atuação segura durante todo o confronto, com Thales oscilando mais do que o normal.

Brasil venceu o Japão na Copa do Mundo de vôlei arrow-options
FIVB/Divulgação
Brasil venceu o Japão na Copa do Mundo de vôlei

Depois de perder o segundo set, a seleção brasileira demonstrou reação imediata, começando o terceiro com 5 a 0, com uma incrível sequência de aces de Lucarelli. Um enorme alívio também para o psicológico do time.

Um fundamento importante para a construção do triunfo da seleção foi o bloqueio. Flávio começou como titular no lugar de Maurício Souza, por ser mais rápido, uma característica do ataque japonês. Foram 11 pontos brasileiros no block.

Leia também: Jaqueline desmaia ao vivo durante entrevista em jogo da Superliga; veja o vídeo


No ataque, mais uma vez brilhou a estrela de Leal. O ponta do Brasil foi o maior pontuador com 24 acertos, sendo 19 deles no fundamento. Ele teve ajuda importante ainda do oposto Alan, autor de 16, e caminha a passos largos para ser eleito o MVP da Copa do Mundo.

Leia mais:  Gildo, autor do gol mais rápido da história do Palmeiras, morre aos 79 anos

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana