conecte-se conosco


Entretenimento

Kendrick Lamar e Cardi B lideram indicações ao Grammy 2019

Publicado

A lista de indicados
ao Grammy 2019, premiação
reconhecida como a maior da indústria musical, responsável por escolher os maiores destaques da música, foi anunciada nesta manhã de sexta-feira (07). 


Grammy 2019 anunciou nesta quinta-feira (6) a lista de indicados
Reprodução
Grammy 2019 anunciou nesta quinta-feira (6) a lista de indicados

Leia também: Grammy mais negro da história tenta superar racismo velado da premiação


O Grammy Awards já está em sua 61ª edição. Diferente da comemoração dos 60 anos da premiação, que foi em Nova York, o Grammy 2019 
será sediado no Staples Center, em Los Angeles.  O evento reúne grandes ícones da indústria da música e contempla 84 categorias.

Esse ano os principais destaques ficaram por conta do rap e hip hop, com Cardi B, Kendrick Lamar e Drake liderando as indicações. O ano foi forte para as trilhas sonoras originais, e tanto Kendrick Lamar quanto Lady Gaga receberam múltiplas indicações pelos trabalhos nos filmes “Pantera Negra” e “Nasce Uma Estrela”, respectivamente.  Confira os principais indicados:

  • Gravação do Ano
  1. “I Like It,” Cardi B, Bad Bunny & J Balvin
  2. “The Joke,” Brei Carlile
  3. “This is America,” Childish Gambino
  4. “God’s Plan,” Drake
  5. “Shallow,” Lady Gaga e Bradley Cooper
  6. “All The Stars,” Kendrick Lamar e SZA
  7. “Rockstar,” Post Malone feat. 21 Savage
  8. “The Middle,” Zedd, Maren Morris e Grey
  • Álbum do Ano
  1. “Invasion of Privacy,” Cardi B
  2. “By the Way, I Forgive You,” Brei Carlile
  3. “Scorpion,” Drake
  4. “H.E.R.,” H.E.R. 
  5. “Beerbongs & Bentleys,” Post Malone
  6. “Dirty Computer,” Janelle Monae
  7. “Golden Hour,” Kacey Musgraves
  8. “Black Panther: The Album,” Kendrick Lamar
  • Música do Ano
  1. All The Stars
     (Kendrick Duckworth, Mark Spears, Al Shuckburgh, Anthony Tiffith e Solana Rowe)
  2. Boo’d Up (
    Larrance Dopson, Joelle James, Ella Mai, e Dijon McFarlane)
  3. God’s Plan
    (Aubrey Graham, Daveon Jackson, Brock Korsan, Ron Latour, Matthew Samuels e Noah Shebib)
  4. In My Blood
     (Teddy Geiger, Scott Harris, Shawn Mendes e Geoffrey Warburton)
  5. The Joke
     (Brei Carlile, Dave Cobb, Phil Hanseroth e Tim Hanseroth)
  6. The Middle 
    (Sarah Aarons, Jordan K. Johnson, Stefan Johnson, Marcus Lomax, Kyle Trewartha, Michael Trewartha e Anton Zaslavski)
  7. Shallow
    (Lady Gaga, Mark Ronson, Anthony Rossomeo e Erew Wyatt)
  8. This Is America
    (Donald Glover e Ludwig Göransson)
  • Artista revelação
  1. Chloe x Halle
  2. Luke Combs
  3. Greta Van Fleet
  4. H.E.R.
  5. Dua Lipa
  6. Margo Price
  7. Bebe Rexha
  8. Jorja Smith
  • Melhor performance de Rock
  1. Arctic Monkeys – Four Out of Five
  2. Chris Cornell – When Bad Does Good
  3. THE FEVER 333 – Made An America
  4. Greta Van Fleet – Highway Tune
  5. Halestorm – Uncomfortable
  • Melhor Disco de Rock
  1. “Rainier Fog” – Alice in Chains 
  2. ” M A N I A” – Fall Out Boy
  3. “Prequelle” – Ghost 
  4. “From the Fires” – Greta Van Fleet
  5. “Pacific Daydream” – Weezer
  • Melhor Música de Rock

  1. Black Smoke Rising
    — Jacob Thomas Kiszka, Joshua Michael Kiszka, Samuel Francis Kiszka & Daniel, Robert Wagner, songwriters (Greta Van Fleet)
  2. Jumpsuit
    — Tyler Joseph, songwriter (Twenty One Pilots)
  3. MANTRA
    — Jordan Fish, Matthew Kean, Lee Malia, Matthew Nicholls & Oliver Sykes, songwriters (Bring Me The Horizon)
  4. Masseduction
    — Jack Antonoff & Annie Clark, songwriters (St. Vincent)
  5. Rats
    — Tom Dalgety & A Ghoul Writer, songwriters (Ghost)
  • Melhor música de rock alternativo
  1. Tranquility Base Hotel & Casino
    – Arctic Monkeys
  2. Colors
    – Beck
  3. Utopia
    – Björk
  4. American Utopia
    – David Byrne
  5. Masseduction
    – St. Vincent
  • Melhor Performance de Metal
  1. Between the Buried and Me – “Condemned to the Gallows”
  2. Deafheaven – “Honeycomb”
  3. High on Fire – “Electric Messiah”
  4. Trivium – “Betrayer”
  5. Underoath – “On My Teeth”
  • Melhor Performance de Rap
  1. “Be Careful”- Cardi B
  2. “Nice for What” – Drake
  3. “King’s Dead” – Kendrick Lamar, Jay Rock, Future, & James Blake
  4. “Bubblin” – Anderson .Paak
  5. “Sicko Mode” – Travis Scott, Drake, Big Hawk, & Swae Lee
Leia mais:  Alcoolizado, Fábio Assunção briga em bar e sai sem pagar

Leia também: As 10 maiores injustiças que o Grammy já cometeu

  • Melhor Música de Rap
  1. God’s Plan
    – Drake
  2. King’s Dead
    – Kendrick Lamar, Jay Rock, Future, & James Blake
  3. Lucky You
    – Eminem
  4. Sicko Mode
    – Travis Scott, Drake, Big Hawk, & Swae Lee
  5. Win
    – Jay Rock ft. Kendrick Lamar
  • Melhor álbum de Rap
  1. “Invasion Of Privacy” — Cardi B
  2. “Swimming” — Mac Miller
  3. “Victory Lap” — Nipsey Hussle
  4. “Daytona” — Pusha T
  5. “Astroworld” — Travis Scott 
  • Melhor colaboração de rap
  1. Christina Aguilera ft. Goldlink – “Like I Do”
  2. 6LACK ft. J. Cole – “Pretty Little Fears”
  3. Childish Gambino – “This Is America”
  4. Kendrick Lamar & SZA – “All the Stars”
  5. Post Malone ft. 21 Savage – “Rockstar”
  • Melhor álbum de música urbana contemporânea
  1. “Everything Is Love” — The Carters
  2. “The Kids Are Alright” — Chloe x Halle
  3. “Chris Dave E The Drumhedz” — Chris Dave E The Drumhedz
  4. “War & Leisure” — Miguel
  5. “Ventriloquism” — Meshell Ndegeocello
  • Performance Solo de Pop
  1. Colors
    — Beck
  2. Havana (Live)
    — Camila Cabello
  3. God Is A Woman
    — Ariana Gree
  4. Joanne (Where Do You Think You’re Goin’?)
    — Lady Gaga
  5. Better Now
    — Post Malone
  • Performance de dupla ou grupo de Pop
  1. Christina Aguilera ft. Demi Lovato – Fall In Line
  2. Backstreet Boys – Don’t Go Breaking My Heart
  3. Lady Gaga and Bradley Cooper – Shallow
  4. Maroon 5 ft. Cardi B – Girls Like You
  5. Justin Timberlake ft. Chris Stapleton – Say Something
  6. Zedd, Maren Morris, and Grey – The Middle
  • Álbum Pop Vocal Tradicional

  1. Tony Bennett & Diana Krall – “Love Is Here to Stay”
  2. Willie Nelson – “My Way”
  3. Gregory Porter – “Nat “King” Cole & Me”
  4. Seal – “Standards (Deluxe)”
  5. Barbra Streisand – “The Music… The Mem’ries… The Magic!”
  • Álbum de Pop Vocal
  1. “Camila” — Camila Cabello
  2. “Meaning Of Life” — Kelly Clarkson
  3. “Sweetener” — Ariana Gree
  4. “Shawn Mendes” — Shawn Mendes
  5. “Beautiful Trauma” — P!nk
  6. “Reputation” — Taylor Swift
  • Melhor música de R&B
  1. Boo’d Up
    – Ella Mai
  2. Come Through and Chill [ft. J. Cole and Salaam Remi]
    – Miguel
  3.  Feels Like Summer
    – Childish Gambino
  4. Focus
    – H.E.R.
  5. Long As I Live
    – Toni Braxton
  • Melhor Performance de R&B
  1. Toni Braxton – Long As I Live
  2. The Carters – Summer
  3. Lalah Hathaway – Y O Y
  4. H.E.R. – Best Part [ft. Daniel Caesar]
  5. PJ Morton – First Began
  • Melhor performance de R&B tradicional
  1. Leon Bridges – Bet Ain’t Worth the Hand
  2. Betty LaVette – Don’t Fall Apart on Me Tonight
  3. MAJOR. – Honest
  4. PJ Morton – How Deep Is Your Love [ft. Yebba]
  5. Charlie Wilson – Made for Love [ft. Lalah Hathaway]
  • Álbum de R&B
  1. “Sex & Cigarettes” (Toni Braxton)
  2. “Good Thing” (Leon Bridges)
  3. “Honestly” (Lalah Hathaway)
  4. “H.E.R.” (H.E.R.)
  5. “Gumbo Unplugged (Live)” (PJ Morton)
  • Álbum Country
  1. “Unapologetically” (Kelsea Ballerini)
  2. “Port Saint Joe” (Brothers Osborne)
  3. “Girl Going Nowhere “(Ashley McBryde)
  4. “Golden Hour” (Kacey Musgraves)
  5. “Volume 2” (Chris Stapleton)
  • Melhor gravação de dance
  1. Northern Soul
    — Above & Beyond Featuring Richard Bedford
  2. Ultimatum
    — Disclosure (Featuring Fatoumata Diawara)
  3. Losing It
    — Fisher
  4. Electricity
    — Silk City & Dua Lipa Featuring Diplo & Mark Ronson
  5. Ghost Voices
    — Virtual Self
Leia mais:  Gracyanne Barbosa vê “crueldade” de seguidora em comentário e deseja amor a ela

Leia também: Grammy é marcado por discursos políticos, mas causa controversa com premiações

A cerimônia de premiação do Grammy 2019
está marcada para acontecer no dia 10 de fevereiro, no Staples Center, em Los Angeles.

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Jussie Smollett é preso em Chicago por falsa denúncia e desordem

Publicado

por

Depois de afirmar ter sido agredido por dois homens, Jussie Smollett foi preso na manhã desta quinta-feira (21) em Chicado, nos Estados Unidos. De acordo com um comunicado do porta-voz da Polícia de Chicago, Anthony Guglielmi, o ator está preso e sob custódia de detetives.

Leia também: Caso Jussie Smollett: polícia investiga se ator armou a própria agressão



Jussie Smollett é preso em Chicago
Reprodução/Instagram
Jussie Smollett é preso em Chicago













Jussie Smollett
 está preso e sob custódia de detetives. Às 9 horas da manhã na sede da #ChicagoPolice, o superintendente Edtie Johnson, Eduardo Edodie Johnson, Edward Wodnicki, detetive da Área de Detectives Centrais, irá informar aos repórteres sobre a investigação antes do comparecimento dos réus ao tribunal”, informou o porta-voz.

Leia também: Caso Jussie Smollett: ator tem cenas cortadas na série “Empire”


Ainda segundo Anthony, Jussie teve ordem de prisão
decretada na noite da última quarta-feira (20). Em comunicado também publicado nas redes sociais, ele diz que ordem aconteceu após decisão da Procuradoria do condado de Cook, no Estado Ilinois.

Leia mais:  “Sem tempo para lamentações”, diz Fábio após desclassificação do “BBB 19”

“A acusação criminal contra Jussie Smolett por desordem e falsa denúncia foi aprovada pelo Juri. Detetives entrarão em contato com sua equipe de advogados para negociar uma entrega pacífica para sua prisão”, dizia a postagem.

Entenda o caso envolvendoJussie Smollett


Jussie Smollett
Reprodução/Instagram
Jussie Smollett




Jussie Smollett
 afirmou ter sido agredido por dois homens usando bonés escrito “MAGA”, ou “Make America Great Again”, lema da campanha do presidente americano Donald Trump, após sair para comer na madrugada de 29 de janeiro. Segundo ele, os homens seriam brancos e e teriam perguntado se ele era “o gay de Empire”, quebrando uma de suas costelas e jogando alvejante em cima do ator
, além de terem enrolado uma corda em seu pescoço.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

José Loreto assume erro e pede perdão para Débora Nascimento nas redes sociais

Publicado

por

No final da noite da última quarta-feira (20),  quatro dias após a separação
de José Loreto e Débora Nascimento, o ator resolveu finalmente se manifestar através de suas redes sociais.


José Loreto escreveu carta pedindo perdão para Débora Nascimento
Reprodução Instagram
José Loreto escreveu carta pedindo perdão para Débora Nascimento


José Loreto
postou um texto onde assume erro e diz que deu motivos para a atriz desconfiar dele. “Cocê tem todas as razões para estar magoada comigo. Te dei motivos, indícios, diria que até provas, que eu mesmo, se estivesse no seu lugar, diria que são inquestionáveis”, começou.


Leia também: O que é fato, boato e o que não está claro sobre José Loreto-Marina Ruy Barbosa

O ator também disse que não iria dar nomes, mas que está arrependido, mas que “nada aconteceu”. “Apesar das evidências, eu te juro que nada aconteceu. Sei que é difícil de acreditar, mas nem sempre a verdade é translúcida”, completou Loreto.

Leia o texto na íntegra:

“‘Errei sim, manchei o teu nome.’

Débora, você tem todas as razões para estar magoada comigo. Te dei motivos, indícios, diria que até provas, que eu mesmo, se estivesse no seu lugar, diria que são inquestionáveis. Mas a vida real às vezes surpreende até as “vidas de novela”. A realidade é cruel, tem conseqüências e verdades que não agradam à audiência. Na realidade do meu momento, preciso te dizer que não fui legal com você, cruzei fronteiras emocionais que hoje me arrependo profundamente. Não quero dar nomes, não posso fazê-lo. E também acredito que o reconhecimento de nossas falhas é um processo individual e intransferível. Sem contar que, apesar das evidências, eu te juro que nada aconteceu. Sei que é difícil de acreditar, mas nem sempre a verdade é translúcida. Peço perdão a você e à nossa filha, antes de quaisquer outras pessoas, pois vocês foram as verdadeiras vítimas da minha hesitação. Peço desculpas a todas as pessoas que, de alguma maneira, foram envolvidas neste espetáculo público que eu causei. Peço desculpas ao público que sempre me prestigiou por desapontá-lo. Peço desculpas a todas as mulheres que se sentiram ofendidas por essa situação. Peço a todos que, neste momento, me dêem a oportunidade de reencontrar o silêncio necessário para que a gente possa voltar a se ouvir. Peço ao universo que me ajude a te reconquistar, meu amor”.

Separação de José Loreto e Débora Nascimento


Marina Ruy Barbosa tem sido atacada como pivô de separação de Loreto e fãs ficam indignados
Reprodução/Instagram
Marina Ruy Barbosa tem sido atacada como pivô de separação de Loreto e fãs ficam indignados




Débora Nascimento
e José Loreto
não estão mais junto desde quinta-feira (14), quando segundo a atriz colocou o ator para fora de casa. De acordo com o colunista Leo Dias,   o motivo foi uma traição do ator. Mais tarde, o nome de Marina Ruy Barbosa foi  citado como pivô da separação

do casal, mas a estrela de “O Sétimo Guardião” negou tudo nas redes sociais.

Leia mais:  “Vingadores: Ultimato”: o que mais gostamos no trailer no novo filme da Marvel!

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana