conecte-se conosco


Nacional

Juiz manda excluir do Twitter conta de escritor que protestou contra a Universal

Publicado


source
João Paulo Cuenca
Reprodução / Wikipedia

O escritor João Paulo Cuenca virou réu após fazer postagem contra a Igreja Universal

A conta do escritor João Paulo Cuenca foi suspensa do Twitter a pedido da Justiça do Rio de Janeiro. A requisição foi feita após Cuenca ter publicado em junho que o “brasileiro só será livre quando o último Bolsonaro for enforcado nas tripas do último pastor da Igreja Universal “.

O texto é uma paráfrase de Jean Meslier , autor do século 18. No original, Meslier escreve que “o homem só será livre quando o último rei for enforcado nas tripas do último padre”.

O pastor Nailton Luz dos Santos pede indenização em R$ 10 mil por danos morais devido a postagem, além da remoção das redes sociais. O juiz da comarca de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, Ralph Machado Manhães Junior assina a decisão.

A justificativa que embasa a decisão alega que há “extrapolação” no direito de liberdade de expressão, “pois a postagem do réu é ofensiva e  incitatória à prática de crime ao incitar claramente a violência contra grande parte da população”.

Até o momento, 134 processos partindo de 21 estados foram iniciados por religiosos contra João Paulo Cuenca.

A medida determinada pela Justiça do Rio de Janeiro será recorrida pela defesa de Cuenca, que ainda não teria sido intimada oficialmente.

Comentários Facebook

Nacional

Comissão da Câmara cobra Inep para reaplicar Enem a estudantes impedidos

Publicado

por


source
.
Reprodução: iG Minas Gerais

Candidatos do Enem

A Comissão Externa de Acompanhamento do Ministério da Educação na Câmara (Comex-MEC) enviou, nesta segunda-feira (18), um ofício ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) cobrando que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) reaplicado para estudantes impedidos de fazer a prova devido à lotação de salas .

“A distribuição dos candidatos por sala é de responsabilidade do INEP, que havia se comprometido a assegurar espaço suficiente para que todos os 5,7 milhões de inscritos fazerem a prova com segurança “, diz o documento enviado pela Câmara que pede resposta imediata do órgão.

Além da cobrança , o ofício pede informações ao órgão sobre o número de estudantes impedidos de fazer a prova por esse motivo e as cidades onde moram; quantos solicitaram reaplicação; como o Inep garante que o problema não voltará a ocorrer no próximo domingo, entre outros pontos.

Você viu?

No último domingo, estudantes em todo país relataram ter sido impedidos de fazer a prova sob o argumento de que sua sala já estaria lotada. O limite de lotação teria sido imposto para garantir o distanciamento social para diminuir os riscos de contágio pela Covid-19 durante a prova.

“Alguns candidatos foram orientados a ligar para o Inep e solicitar a remarcação do exame, porém não receberam nenhum documento que assegurasse a reaplicação e explicasse o procedimento, o que gerou bastante insegurança nos estudantes”, cita o documento.

O Enem registrou uma abstenção recorde de 51,5% no último domingo. Em coletiva de imprensa, o presidente do Inep, Alexandre Lopes, afirmou que os relatos de estudantes impedidos de fazer a prova estão sendo apurados.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Recém-nascida é resgatada próxima a contêiner de lixo em Salvador

Publicado

por


source
bebê de bruços
Reprodução/redes sociais

A criança tinha quatro horas de vida quando foi encontrada

Na manhã desta segunda-feira (18), uma recém-nascida foi encontrada abandonada ao lado de um contêiner de lixo , no bairro de Mussurunga 1, em Salvador (BA). A  criança estava apenas de fralda e dentro de uma caixa de tênis. As informações são do G1 .

A bebê foi encontrada por pessoas que passavam pelo local e a levaram para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Cristóvão. Segundo o G1, ela passa bem.

Cristiane de Jesus Silva foi uma das pessoas que passavam pelo local e levou a criança para ser atendida na UPA. “Ela estava quieta, na caixa, de bruços, já com a fralda descartável e suando muito. Não chorava, não. A gente até pensou que estava morta, mas não estava. A gente pegou e trouxe para a UPA. Isso me chocou muito. Eu estou aqui até agora, desde 8h40 da manhã. Eu queria até levar pra casa mas não pude”, disse.

De acordo com os médicos que atenderam a criança, ela tinha cerca de quatro horas de vida quando foi encontrada. O Conselho Tutelar XVI – Ipitanga, responsável por acompanhar o caso, disse que a criança continua na UPA e aguarda ser transferida para uma maternidade.

Ainda de acordo com o Conselho Tutelar, caso a criança tenha alta e nenhum responsável se apresente, ela será encaminhada para um abrigo e ficará sob a tutela do estado. Nenhum familiar da criança foi identificado até o momento.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana