conecte-se conosco


Mato Grosso

Jucemat instala chat para agilizar atendimento ao cidadão

Publicado

Quatrocentos e vinte pessoas são atendidas por dia no chat da página da Junta Comercial de Mato Grosso (Jucemat). A ferramenta está à disposição da população há 20 dias e desde então, os clientes estão atendidos de forma instantânea quando possuem alguma dúvida sobre os serviços da autarquia, bem como abertura, alteração de informações e baixa de empresas.


Conforme os dados de produtividade, 8.407 empreendedores e contadores tiveram suas dúvidas sanadas desde 15 de janeiro. O secretário-geral da Jucemat, Julio Müller, explica que todos os dias cinco servidores ficam em frente aos computadores em função do chat. Antes, eles atuavam no atendimento presencial, que foi praticamente extinto no começo do ano, quando o programa Junta Digital passou a funcionar e aboliu os processos físicos, migrando tudo para o site.

O grupo consegue atender mais de uma pessoa ao mesmo tempo, sendo que as principais dúvidas se dividem em três categoria: as informações gerais, que mostram a localização de informações já disponíveis no site; as exigências, que tratam de detalhes sobre a solução de pendências processuais; e a rede simples, responsável por atuar nos defeitos do sistema.

Müller explica que as pessoas perguntam de tudo. “Os questionamentos vão desde quanto custa uma certidão até como proceder em um processo de espólio”.

Com a implantação da ferramenta, o número de reclamações na ouvidoria reduziu exponencialmente, avalia o secretário. A maioria das queixas estava relacionada a demora ou ausência de esclarecimentos, o que não acontece mais porque o sistema permite acompanhar o chamad,o da abertura à conclusão. “O impasse do atendimento não era causado pelo servidor e sim pela estrutura arcaica do nosso sistema de telefonia. Agora, as pessoas quase não ligam mais, preferem o chat”.

Leia mais:  PM desarticula organização criminosa e encontra droga enterrada em quintal

Junta Digital

A ferramenta foi adotada para agregar ao processo de transição da Junta para a era digital, finalizada no ano passado. Entre os ganhos com a modernização estão a agilidade e barateamento dos processos.

Os empresários deixaram de peregrinar entre os órgãos públicos para conseguir a inserção no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), essencial para o empreendedor pleitear financiamentos, acesso a programas governamentais e até mesmo fazer as compras de insumos.

Vale lembrar que todos os órgãos envolvidos na abertura de uma empresa passaram a integrar o sistema e atualmente todos os procedimentos realizados via site duram em média 2h30. Quando os serviços dependiam de processos físicos, a média era 24 dias ou 576 horas.

Atendimento

Durante o horário comercial, os atendimentos são instantâneos, mas fora do período, bem como finais de semana, as dúvidas geram um e-mail, que é encaminhado aos atendentes e respondido no próximo expediente.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Preso suspeito de roubar mais de cinco estabelecimentos comerciais

Publicado

por

Na tarde deste domingo (21.04), policiais do 5º Batalhão de Polícia Militar prenderam J.M.S.S. (27), no bairro Dom Pedro II em Rondonópolis.


O homem foi preso após ter assaltado uma farmácia. Ao checar os dados do suspeito foi constatado que ele teria praticado mais cinco roubos em estabelecimentos comerciais da cidade.

Os Policiais foram acionados pelo proprietário da farmácia. O homem foi preso em posse de um simulacro de arma e com o dinheiro subtraído do caixa do estabelecimento, nas imediações do local do crime. Ele foi reconhecido pelos policiais, como autor de mais cinco roubos, gravados por câmeras de vigilância.

Em um dos vídeos, o suspeito aparece praticando o crime com usando o mesmo boné apreendido pela PM no dia hoje. 

O proprietário da farmácia roubada também reconheceu o suspeito que foi conduzido para a delegacia de flagrante.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Leia mais:  Galeria Lava Pés recebe exposição O Egito Sob o Olhar de Napoleão
Continue lendo

Mato Grosso

Trio suspeito de fazer idosos reféns em assalto é preso em Várzea Grande

Publicado

por

Policiais Militares de Várzea Grande prenderam na noite deste sábado (20.04) três homens suspeitos de roubarem um casal de idosos em uma fazenda em Rosário Oeste. As prisões foram realizadas no bairro Mapim.


O crime ocorreu em uma fazenda na BR-070. Os suspeitos invadiram armados o imóvel, depois de desligarem o circuito de câmeras. Uma das vítimas, de 63 anos, foi agredida com golpes na cabeça e o casal foi trancado em um dos cômodos da casa, que foi revirada pelos assaltantes que buscavam objetos de valor. De acordo com as vítimas, todas as portas da residência foram arrebentadas pelos suspeitos.

Os três suspeitos do crime, J.S.P. (30), D.A.J. (20) e R.N.F.M. (24), foram presos por policiais que faziam rondas na região do Mapim. Os militares desconfiaram dos ocupantes de um veículo Polo, que vinha do município de Jangada em alta velocidade.

O condutor do veículo, ao se deparar com a polícia, tentou fugir, mas acabou batendo o carro no meio-fio, capotando e caindo dentro um buraco. O suspeito R.N.F.M. saiu do carro atirando contras os policiais com um revólver calibre 38, dando início a um tiroteio em via pública. O suspeito foi baleado e encaminhado para receber atendimento no Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande. Os outros dois suspeitos foram encaminhados para a delegacia de flagrantes.
 
A polícia localizou a caminhonete Chevrolet S10 que havia sido roubada e todos objetos subtraídos do casal. O veículo teve o rastreador arrancado pelos suspeitos. Dentro do carro abandonado havia três televisores 32 polegadas, joias, motosserra e uma roçadeira, dentre outros objetos.

Leia mais:  Galeria Lava Pés recebe exposição O Egito Sob o Olhar de Napoleão

No Polo utilizado para a fuga, foram apreendidos dois rádios comunicadores HT e R$ 570. Uma das armas utilizadas no roubo também foi apreendida. Em diligências a PM descobriu que um dos suspeitos detidos tinha em sua casa uma motocicleta também roubada. O suspeito J.S.P. tem sete passagens pela polícia por vários crimes.

Neste domingo (21.04), o suspeito conduzido para o Pronto Socorro de Várzea, R.N.F.M veio à óbito no PSM de Várzea Grande.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana