conecte-se conosco


Política

José Bernadino assume a Sinfra; Selton Vieira se dedicará à iniciativa privada

Publicado

Em uma cerimônia discreta e rápida na sede do Poder Executivo, o prefeito de Tangará da Serra Fábio Martins Junqueira,  empossou na tarde desta sexta-feira (11) José Bernadino a Secretário Municipal de Infraestrutura (Sinfra).

Selton Vieira, deixa a pasta e se dedicará à iniciativa privada.

José Bernardino da Silva Filho,  assume a pasta no lugar de Selton José Vieira, que deixou a função para se dedicar à iniciativa privada. Bernardino que é o titular da Secretaria Municipal de Turismo vai acumular temporariamente as duas funções. “O Selton apresentou o pedido de demissão após receber uma proposta da iniciativa privada, então para o seu lugar convidei o Bernardino que tem experiência em gestão pública, já foi Secretário Municipal de Esportes nesta gestão e em outra gestão no passado e atuava como Secretário de Turismo”, explicou o Prefeito.

Junqueira considerou ainda o fato de José Bernardino não ter qualquer pretensão política e que por isso a opção de empossar um Secretário que possa iniciar o trabalho no começo deste ano e levá-lo até o final de 2020. “O Prefeito deixou claro que queria um perfil independente de questões políticas para substituir o atual Secretário e, ciente que não tenho qualquer pretensão de me candidatar a qualquer cargo em eleições, confiou a mim a responsabilidade de conduzir a Sinfra até o final do mandato, em 2020, iniciando a programação de trabalho com as melhorias que a área urbana do Município está necessitando”, afirmou Bernadino.

Bernardino,que é o titular da Secretaria Municipal de Turismo vai acumular temporariamente as duas funções

Selton Vieira agradeceu a oportunidade dada pelo Prefeito e a confiança depositada em seu trabalho. “Me dediquei durante esses anos e me esforcei para atender as expectativas da Gestão e da população tangaraense. Agradeço a oportunidade que me foi dada pelo Prefeito e me coloco sempre a disposição desse grupo”, concluiu o agora ex-secretário de Infraestrutura.

 

Leia mais:  Produtor tangaraense sofre prejuízo estimado em R$50 mil por furto de gado

Fonte: Assessoria de Imprensa

Comentários Facebook
publicidade

Educação

Câmara aprova projeto que institui ato cívico em escolas públicas e particulares

Publicado

A Câmara Municipal de Tangará da Serra aprovou na sessão ordinária desta terça-feira (19) projeto de lei que institui ato cívico nas escolas das redes pública (municipal e estadual) e privada do município.

O projeto de lei 02/2019, de autoria do vereador Wilson Verta (PSDB), foi aprovado por unanimidade (13×0) e, agora, irá para sanção do Executivo.

Wilson Verta, autor do PL 02: “Resgate dos valores do civismo”

O ato cívico proposto na matéria consiste no hasteamento das bandeiras Nacional, de Mato Grosso e de Tangará da Serra e entoação do hinos nacional e do município pelo menos na primeira segunda-feira de cada mês. “O objetivo é resgatar o civismo, o amor pela pátria e pelos símbolos nacionais que foi perdido há muitos anos”, justificou o representante tucano no Legislativo.

Verta salienta que é preciso que a comunidade em geral saiba a diferença entre “civismo” e “fanatismo” e tenha em mente o valor do bom caráter formado pela cidadania e pelo patriotismo.

Outro aspecto citado por Verta é que as escolas, “através de cada professor e pela boa vontade de cada aluno”, saiba os significados da letra dos hinos nacional, estadual e municipal, assim como compreendam a história e assimilem a geografia. “Vamos tentar resgatar estes valores, que eram tão saudáveis e bonitos, mas que, infelizmente, os últimos governantes deixaram que fossem perdidos”, finalizou.

Leia mais:  Mutirão de Atendimento: profissionais do Hospital do Câncer de Mato Grosso, realizarão exames gratuitos neste domingo

Comentários Facebook
Continue lendo

Cidade

Anel Viário: Má conservação e falta de sinalização representam riscos de graves acidentes

Publicado

Os frequentes acidentes de trânsito registrados no anel viário de Tangará da Serra e a má conservação da pista deixam autoridades e população em alerta na cidade. Nos últimos dias, dois acidentes graves foram registrados na perimetral, que leva o nome de Avenida André Maggi.

Além dos buracos na pista (um deles causou acidente entre carreta e caminhonete recentemente), há reclamações relacionadas ao matagal que acompanha o anel viário, tanto no canteiro central como nas laterais.

Recente ocorrência de trânsito no anel viário: Acidente foi causado por buraco na pista.

Vereadores já formalizaram pedidos de limpeza e conservação através de indicações ao governo do Estado. Niltinho do Lanche (MDB) é um dos vereadores que mais insistem numa melhor atenção ao anel viário. Ele apresentou indicação em fevereiro cobrando providências do governo, com cópia da propositura ao deputado estadual Doutor João, da mesma legenda.

Por ser responsabilidade do estado, o município não pode intervir com obras de melhorias na perimetral. A situação, que deixa o poder público local de mãos amarradas enquanto os usuários do anel viário correm riscos, chegou a render, dentro da própria Câmara, uma sinalização para que a municipalidade estude a possibilidade de assumir a manutenção da via.

Cruzamentos

Outra situação que oferece alto risco está relacionada aos cruzamentos do anel viário com ruas e avenidas urbanas. Ainda em 2017, o vereador Vagner Constantino Guimarães (PSDB), alertou sobre os riscos e encaminhou indicação ao governo estadual, então comandado por Pedro Taques. O pedido do vereador, no entanto, não foi atendido pelo então governador.

Ponto em que a Rua 07, do San Diego, se encontra com o Anel Viário: Riscos de acidentes trágicos

“É preciso um melhor cuidado com o anel viário e nas avenidas que chegam a ele. Há um tráfego intenso de caminhões, veículos leves e motocicletas e a todo momento há acessos das avenidas ao anel viário e vice-versa”, justificou, à época, o vereador.

Leia mais:  Trio é preso suspeito de envolvimento em furtos no bairro Shangri-lá em Tangará da Serra

Além de limpeza e correções na pista, Vagner Constantino alertou para necessidade de implantação de sinalizações e redutores de velocidade nos cruzamentos com vias de grande movimento, como as avenida Brasil, Ismael José do Nascimento, Virgílio Favetti e também no acesso ao bairro Morada do Sol.

Matagal no anel viário representa riscos de acidentes e potencializam queimadas na estiagem

Vagner destacou, ainda, que o município também precisa instalar dispositivos e melhorar a sinalização destas vias nas proximidades com a perimetral. “Estes dispositivos, tanto no anel viário como nas ruas e avenidas reduzirão significativamente os riscos de acidentes nestes cruzamentos. Já tivemos casos de tragédias que aconteceram nestes pontos e não podemos ignorar isso”, concluiu, à época, o vereador do PSDB.

Mais riscos: Queimadas são frequentes às margens do anel viário durante as estiagens.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana