conecte-se conosco


Nacional

Joice diz que Nordeste grita por fim da Lava Jato “para painho” Bolsonaro

Publicado


source
Deputada Joice Hasselmann
Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Deputada Joice Hasselmann

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) escreveu em seu Twitter nesta quinta-feira (30) que “no Nordeste, o povo grita para o painho: ‘fim da Lava Jato, fim da Lava Jato!'”, em referência à visita do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao município de São Raimundo Nonato, no Piauí, nesta manhã.

A publicação de Joice acompanha um vídeo da chegada do presidente ao município. No vídeo, apoiadores de Bolsonaro gritam pelo fim da Lava Jato ao recebê-lo no aeroporto. Ao escrever “para o painho” ela se refere a Bolsonaro.

“Bolsonaro quer terminar o q Lula não conseguiu. Bolsonaro é hoje a personificação do movimento ANTI LAVA-JATO , pela impunidade de corruptos. Tragédia”, afirmou a deputada.

A chegada de Bolsonaro ao município, que fica no nordeste , causou aglomeração de apoiadores do presidente. Desde o começo da pandemia, ele tem gerado aglomerações em suas aparições públicas.

Joice era aliada de Bolsonaro até o final do ano passado, chegando até ser líder do governo no Congresso. Em dezembro, o presidente rompeu com PSL e acabou entrando em conflito com a deputada também.

Veja a publicação feita por Joice :

Comentários Facebook

Nacional

Irmãs de 100 e 96 anos vencem Covid-19 no Mato Grosso do Sul

Publicado

por


source
Irmãs, idosas de 100 e 96 anos se recuperam da Covid-19
Redes sociais/Reprodução

Irmãs, idosas de 100 e 96 anos se recuperam da Covid-19

Dirce Bastos Hass, 100, e Myrthes Bastos, 96, são irmãs e contraíram o novo coronavírus (Sars-Cov-2) ao mesmo tempo.  Exemplos de superação, são vizinhas, residentes de Corumbá (MS), se visitam diariamente e costumam se juntar na varanda para conversar e observar o movimento.

Segundo a prefeitura da cidade, Myrthes, a mais nova, apresentou os primeiros sintomas da doença, como febre, tosse e cansaço, e as duas fizeram o teste para detectar a doença.

Dois dias após, em 29 de junho, o resultado de ambas deu positivo. De acordo com Franz Martins Eger, enfermeiro que coordena a equipe de Home Care e que assiste as irmãs, “Elas foram tratadas com muita hidratação, repouso, e vitamina C.” “Não fizeram uso de outros medicamentos, apenas tratou-se os sintomas. Claro que, devido à idade, elas demoraram mais dias para se recuperar”, conta.

Myrthes afirmou que ficou mais de 15 dias com sintomas. Os principais: fraqueza e perda de olfato e paladar. No entanto, nunca achou que perderia a vida para a doença.

“Nunca fui pessimista. Enquanto há vida há esperança, nem lembro a minha idade, não se pode ficar desanimada”, afirmou.

Até o último boletim divulgado ontem às 15h pela prefeitura de Corumbá , a cidade registrava 1.166 casos oficiais de Covid-19 e 35 vítimas fatais.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Helicóptero dos bombeiros com 5 passageiros cai no DF; assista

Publicado

por


source
helicóptero
Divulgação

Queda de helicóptero atingiu muro de uma faculdade e um carro que não tinha seguro

Um helicóptero de resgate do Corpo de Bombeiros com cinco passageiros caiu na manhã desta quinta-feira (30) no estacionamento de uma faculdade em Vicente Pires, no Distrito Federal (DF). Apenas um dos ocupantes ficou ferido. 

O helicóptero estava a caminho para atender uma ocorrência em Vicente Pires, ele seria usado para transportar uma vítima de parada cardiorrespiratória. O paciente acabou sendo resgatado por uma ambulância.

O acidente ocorreu por volta das 10h durante o momento de pouso do helicóptero. Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que a documentação estava em dia e que ela tinha capacidade para até seis pessoas.

No helicóptero havia um médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), uma enfermeira e três militares do Corpo de Bombeiros. 

O médico foi ferido no acidente e sofreu um corte na testa. No momento, do atendimento ele estava “consciente, orientado e estável” e foi levado a um hospital particular. Os outros foram atendidos pelo Samu.

A queda da nave atingiu o muro da faculdade e um carro, que não tinha seguro e estava estacionado no local. O helicóptero também ficou destruído.

O dono do carro , Wellington Silva, de 40 anos, trabalha na região. “Eu ouvi e saí correndo. Quando vi a nuvem de poeira, corri para lá e vi que meu carro estava em baixo do helicóptero”, disse ao portal Metrópoles .

“Eu acabei de tirar o carro da oficina. Fiz uma suspensão e pintura. Gastei R$ 3 mil só com a suspensão. O carro estava novinho. Não posso ter dívida agora. Só Deus para ajudar”, relata.

O Corpo de Bombeiros do DF afirmou que “mantém o local isolado e já fez o acionamento do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos para que possa ser realizada a perícia para identificação das possíveis causas do acidente”. 

A Força Aérea Brasileira (FAB) afirmou que investigadores foram acionados. “A ação inicial é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de coletar dados: fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos”, afirmou em nota.

Veja o momento da queda do helicóptero :

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana