conecte-se conosco


Política Nacional

João Doria lamenta mortes após deslizamento em Campos do Jordão

Publicado

João Doria arrow-options
Divulgação/ Governo do Estado de São Paulo

Joao Doria, governador do estado de São Paulo, lamentou a morte de quatro pessoas após deslizamento de terra

Leia também: Em São Paulo, Doria discute o novo PSDB com Fernando Henrique Cardoso

O governador de São Paulo João Doria (PSDB) usou sua conta no Twitter para lamentar a morte de  quatro pessoas após deslizamento de terra que aconteceu na madrugada deste sábado (14) em Campos do Jordão, após forte temporal na região.

Doria escreveu: “Minha solidariedade aos familiares das 4 vítimas que perderam suas vidas nos deslizamentos decorrentes das fortes chuvas que atingiram Campos do Jordão. Entre as vítimas, 1 senhora e 3 crianças. Momento de profunda dor para familiares, amigos e para população de Campos do Jordão.”

Segundo o governador, a Defesa Civil, a Polícia Militar e os Bombeiros do estado de São Paulo, além dos Intitutos de Pesquisas Tecnológicas e Geológico, estão desde a madrugada nas regiões atingidas, realizando trabalho de busca, mapeamento e isolamento de novas áreas de risco. 

“O Fundo Social de SP também está enviado mantimentos para as famílias que estão desalojadas por conta dessa triste tragédia”, concluiu em uma sequência de postagens. 


Deslizamento em Campos do Jordão

Na madrugada deste sábado (14), um deslizamento de terra deixou quatro mortos, sendo três da mesma família, nos bairros Vila Britânica e Monte Carlos, em Campos do Jordão, que fica a 184 quilômetros da capital paulista.

Entre os mortos estão uma mulher de 51 anos, um adolescente de 13 anos e duas crianças, de cinco e um ano e 11 meses. De acordo com a Defesa Civil estadual, a terra atingiu as casas, que acabaram desabando, após fortes chuvas durante a tarde e noite de sexta-feira (13).

Leia também: Novo recorde: em 10 meses de governo Doria, polícia prende 200 mil criminosos

Pelo menos 11 pessoas foram levadas ao pronto socorro municipal, com ferimentos. No total, 15 pessoas estão desalojadas e foram abrigadas em casa de parentes. 

Comentários Facebook

Política Nacional

Secretário de Educação da cidade de São Paulo está com Covid-19

Publicado

por


source
Bruno Caetano%2C secretário de Educação da cidade de São Paulo
Reprodução/Instagram

Bruno Caetano, secretário de Educação da cidade de São Paulo

O secretário de Educação da cidade de São Paulo, Bruno Caetano, testou positivo para a Covid-19 nesta quara-feira (12), o mesmo dia que o  governador João Doria foi diagnosticado com a doença. Os dois se encontraram na última sexta (7) para tratar da retomada das aulas presenciais nas escolas. A informação é da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo , e foi confirmada pelo iG .

O chefe da pasta municipal inauguraria na próxima quinta (13) uma unidade do CEU (Centro Educacional Unificado) Vila Alpina, na zona leste da capital. A inauguração, no entanto, foi cancelada após Caetano ter a notícia está com a doença.

O diagnóstico de Doria foi divulgado por ele mesmo em um vídeo que ele publicou em sua conta no Twitter. “Seguindo o princípio de total transparência com que temos lidado com a pandemia, informo que fui diagnosticado com a Covid-19. Estou bem, sem sintomas. Seguirei trabalhando de casa, cumprindo as recomendações médicas de isolamento”, disse o tucano na publicação.

Além dele, a primeira-dama Bia Dória também está com a doença . Segundo nota do governo estadual, Bia foi isolada imediatamente após o exame, seguindo protocólos médicos. Pelos próximos dez dias, ela deve permanecer sob observação, assim como o marido dela.

Os dois estão sob os cuidados do infectologista David Uip, que é infectologista e coorndenador do Centro de Contigência da Covid-19 no estado de São Paulo.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

Em clima de união, Bolsonaro abraça Maia e Alcolumbre em discurso

Publicado

por


source
Presidente Jair Bolsonaro
Reprodução

Discurso de Bolsonaro nesta quarta-feira (12)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) discursou em frente ao Palácio da Alvorada, onde ele mora em Brasília, na noite desta quarta-feira (12). O discurso, voltada à pauta econômica, teve presença dos presidentes do Senado Federal, Davi Alcolumbre, e da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

Após o discurso, Bolsonaro abraçou os presidentes da Câmara e do Senado. Todos os presentes no evento estavam usando máscaras.

Nos últimos meses, Bolsonaro tem sinalizado a Maia e Alcolumbre o desejo de união com Congresso, principalmente com o objetivo de aprovar seus projetos no Legislativo.

Também estiveram presentes no discurso  de Bolsonaro o ministro da Economia, Paulo Guedes, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, o líder do Governo no Congresso Nacional, senador Eduardo Gomes, o líder do Governo na Câmara dos Deputados, deputado Vitor Hugo; o líder do Progressista na Câmara dos Deputados, deputado Arthur Lira; e o vice-líder do Governo no Congresso Nacional, deputado Ricardo Barros.

Veja o discurso de Bolsonaro :

Presidente Jair Bolsonaro faz declaração à imprensa

#AoVivo: O presidente Jair Bolsonaro faz declaração à imprensa. Bolsonaro está acompanhado dos presidentes do Senado Federal, Davi Alcolumbre, da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia; ministros de estado e parlamentares. Acompanhe:

Publicado por Planalto em Quarta-feira, 12 de agosto de 2020


Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana