conecte-se conosco


Nacional

Janaína Paschoal articula apoio de senadores para impeachment de Dias Toffoli

Publicado

source
Janaína Paschoal se reuniu nesta manhã com senadores arrow-options
Reprodução
Janaína Paschoal se reuniu com senadores

 A deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP) se reuniu nesta terça-feira (13) com senadores em Brasília para pedir que ajudassem politicamente no impeachment do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli. Na lista, consta outros ministros. 

A deputada argumenta que a decisão do ministro de suspender todas as investigações que começaram a partir de informações repassadas pelo Conselho de Controle de Atviidades Financeiras ( Coaf ) é preocupante e “contraria todas as jurisprudências das lei”.

Leia também: Janaina pede impeachment de Dias Toffoli por decisão sobre inquéritos com Coaf

No grupo de senadores, estava o presidente do Senado , Davi Alcolumbre (DEM-AP). Na semana passada, Alcolumbre se recusou a receber o grupo de 12 senadores que o pressionam para dar encaminhamento ao pedido.   

O senador Jorge Kajuru (Patriota-GO) diz que tem 32 assinaturas para um novo pedido de impedimento de Gilmar Mendes.

Também participaram da reunião os senadores  Alessandro Vieira (Cidadania-SE), Álvaro Dias (Podemos-PR), Eduardo Girão (Podemos-CE), Plínio Valério (PSDB-AL), Selma Arruda (PSL-MT) e Styvenson Valetim (Podemos-RN).

Leia também: “Sem crime, não há impeachment”, diz Janaina sobre afastamento de Bolsonaro

Janaina Paschoal protocolou o pedido contra o presidente do STF no último dia 30 de julho, em conjunto com o grupo Ministério Público Pró-Sociedade.

Dia 24 de julho um pedido de impedimento foi protocalado pelos advogados Modesto Carvalhosa e Luís Carlos Crema. Em abril.


“Infelizmente ele [Dias Toffoli] vem exorbitando dos seus poderes, instaurou um inquérito sigiloso, saiu das regras de distribuição [de relatoria de processos], mandou recolher revistas, agora infelizmente suspendeu todas as apurações em curso no país numa petição avulsa durante o recesso e nessas investigações que foram paralisadas havia referentes às movimentações financeiras dele e de sua esposa, então nós fizemos esse pedido de impeachment”, disse Janaína, autora do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). 

Leia mais:  Homem que espancou mulher no Rio já agrediu o próprio irmão com deficiência




Fonte: IG Nacional
Comentários Facebook

Nacional

Susto! Mulher é arrastada por enxurrada e vizinhos filmam; assista

Publicado

por

source
ENXURRADA arrow-options
Reprodução / YouTube
Momento em que vizinhos registraram Josiane sendo arrastada por correnteza, em Ceilândia.

A noite desta quinta-feira (12) gerou tensão entre os moradores do bairro P Sul , localizado em Ceilândia , por conta de uma forte enxurrada . As chuvas do início da noite fizeram com que uma mulher que caiu fosse arrastada pela força da água. Um vídeo registrou o momento em que um homem entra na enxurrada para segurar tirar a mulher pelo braço de dentro da correnteza. 

Identificada como Josiane Monteiro, de 34 anos, a mulher é cobradora e residente da área que estava alagada. “No início achei que era alguma criança brincando na água na volta da escola, mas vi que era uma mulher sendo arrastada. Se o menino não fosse atrás dela daquele jeito, ela poderia ter caído dentro de um bueiro”, acredita Josiane. 

Leia mais: São Paulo tem mais pessoas morando na rua que população de 457 cidades paulistas

Um motoqueiro também foi arrastado, mas conseguiu sair. “Foi de apavorar”, disse ao Estado de Minas.  De acordo com Josiane, durante todos os períodos de chuva , a situação se repete. Para ela, a situação ocorre por conta de falhas no escoamento da água da chuva. 

Os moradores da região se reuniram para limpar o bueiro localizado na altura em que Josiane foi carregada pela água. A tentativa era dar vazão a água. Os vizinhos se depararam com uma quantidade significativa de lixo, restos de concreto, galhos de árvore e uma tampa de bueiro de ferro.

Leia mais:  Eduardo diz que ‘inexiste’ a chance de nepotismo em sua indicação para embaixada

Leia também: Filho de coronel dirige carro da Polícia Militar sem CNH e é liberado de blitz

A Administração de Ceilândia afirmou ao Estado de Minas que os bueiros da cidade foram limpos entre março e janeiro deste ano. A justificativa dada para a quantidade elevada de lixo encontrada nos canais de escoamento é que no período chuvoso, a sujeira acaba sendo levada para o local. 


“O administrador está intensificando as ações junto com o SLU (Sistema de Limpeza Urbano), para solucionar o problema de limpeza da cidade, o que impactará diretamente na melhoria do escoamento da água “, disse a Administração em nota. 

Fonte: IG Nacional
Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

MP vai recorrer de decisão que inocentou seguranças por tortura contra jovem

Publicado

por

source

supermercado onde jovem foi torturado arrow-options
Reprodução/Google Street View
MP vai recorrer de decisão que inocentou seguranças por tortura

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) informou que vai recorrer da  decisão da Justiça que inocentou dois seguranças pelo crime de tortura contra um jovem que teria furtado o supermercado Ricoy, na zona sul de São Paulo.

O magistrado Carlos Alberto Corrêa de Almeida Oliveira, da 25ª Vara Criminal de São Paulo, considerou que não houve tortura no caso em que os dois seguranças do supermercado  amordaçaram, amarraram, desnudaram e chicotearam um jovem de 17 anos em uma sala nos fundos do recinto comercial em agosto passado. Os seguranças filmaram a ação e as imagens foram divulgadas nas redes sociais.

Para o juiz, não houve tortura porque as agressões ao jovem não foram feitas com a finalidade de obter informações e também não foram aplicadas por quem estava em condição de autoridade, guarda ou poder. O processo corre em segredo de justiça.

Pela lei, o que é tortura?

Segundo a Lei 9.455, de 7 de abril de 1997, constitui crime de tortura: constranger alguém com emprego de violência ou grave ameaça, causando-lhe sofrimento físico ou mental: a) com o fim de obter informação, declaração ou confissão da vítima ou de terceira pessoa; b) para provocar ação ou omissão de natureza criminosa; c) em razão de discriminação racial ou religiosa.

Leia mais:  Viatura da Tesla fica sem bateria durante perseguição policial nos EUA

De acordo com a lei, também é considerado tortura o ato de “submeter alguém, sob sua guarda, poder ou autoridade, com emprego de violência ou grave ameaça, a intenso sofrimento físico ou mental, como forma de aplicar castigo pessoal ou medida de cará ter preventivo”. O crime, considerado hediondo, tem previsão de pena de dois a oito anos de prisão.

Leia também: Cinco viram réus por torturar jovem em supermercado


Os dois réus foram condenados a três meses e 22 dias de detenção pelo crime de lesão corporal simples; dois anos e seis meses de reclusão pelo crime de cárcere privado qualificado; e um ano e quatro meses de reclusão e 12 dias de multa pelo crime de filmagem e divulgação do adolescente nu. O juiz decretou a prisão preventiva dos  seguranças que continuarão detidos.

Fonte: IG Nacional
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana