conecte-se conosco


Polícia

Investigação sobre roubo levam policiais à localização de foragido da Justiça pelo crime de estupro

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Investigação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá) para esclarecer um roubo ocorrido no início do mês levou os policiais à identificação de um dos possíveis envolvidos no crime, que tem passagem criminal por outro delito e estava com mandado de prisão decretado pela Justiça.

Na manhã do dia 06 de janeiro, duas mulheres foram vítimas de roubo, quando dois homens em uma motocicleta e usando arma de fogo ameaçaram as vítimas e levaram aparelhos celulares e objetos pessoais.

A equipe da Derf de Confresa iniciou a apuração sobre o crime e os investigadores descobriram a possível participação de um dos suspeitos no roubo, que foi conduzido à delegacia.

Após checagem sobre o histórico criminal do investigado, que tem 36 anos, os policiais constataram um mandado de prisão preventiva expedido em 2019, pela 3a Vara Criminal da Comarca de Porto Alegre do Norte, pelo crime de estupro.

Durante oitiva, o suspeito negou participação no roubo, embora os investigadores tenham colhido indícios do contrário.

Após a formalização do mandado judicial, ele foi encaminhado à unidade prisional de Porto Alegre do Norte, onde permanece à disposição do Poder Judiciário.

As investigações em relação ao roubo continuam na Derf de Confresa para identificação e indiciamento dos autores do fato.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Polícia

PM prende principal suspeito de homicídio e faz buscas ao segundo envolvido

Publicado

por


Policiais da 6ª Companhia de Polícia Militar de Poconé prenderam em flagrante delito o principal suspeito do assassinado de um homem de 64 anos, crime ocorrido na madrugada de domingo (24.01), na residência da vítima, no bairro São Benedito.

O suspeito, de 24 anos, filho da atual esposa da vítima, foi preso na rodovia Transpantaneira, a Estrada Parque do Pantanal, quando tentava fugir em uma motocicleta. Ele estava na companhia de um segundo suspeito, do homem que o teria levado até o local do crime.

De acordo com a narrativa dos policiais, o suspeito preso confessou a autoria do crime espontaneamente, porém não revelou a motivação. Ele disse que é o autor do golpe de faca desferido no tórax e que seria a causa da morte do marido de sua mãe.

De acordo com a mãe do preso e outra testemunha, durante a madrugada, por volta da 1h30, o suspeito bateu na porta chamando pelo nome da vítima e quando esta abriu a porta e saiu para atendê-lo sofreu o golpe de faca.  

A arma do crime não foi localizada pela PM durante as buscas. A moto que os suspeitos ocupavam, apreendida com eles na Transpantaneira, os policiais entregaram na Delegacia de Polícia de Poconé juntamente com o preso.

O segundo suspeito, que fugiu se saltando muros e invadindo quintais de residência ainda está foragido, mas a PM continua fazendo buscas. A apuração complementar e outras providências legais agora estão sob a responsabilidade da delegacia.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

PM descobre festa clandestina e encaminha seis à delegacia em Campo Verde

Publicado

por


Equipes da 8ª Companhia de Campo Verde (a 131 km de Cuiabá) prenderam neste domingo (24.01) dois homens e uma mulher e apreenderam três adolescentes entre 14 e 16 anos por perturbação e uso de droga, no bairro São Miguel.

A denúncia descrevia a realização de festa clandestina com presença de menores de idade consumindo bebida alcoólica e entorpecente. A denúncia descrevia ainda o som muito alto com aglomeração de pessoas.

No local, foram encontrado pinos de cocaína e porções de maconha. Uma das mulheres era monitorada por tornozeleira eletrônica. Devido à presença de menores de idade um conselheiro tutelar acompanhou os adolescentes.

Com a situação apaziguada, um grupo de pessoas começou jogar pedras nas viaturas. A atitude foi revidada com munição de borracha acertando um homem na perna direita. Ele não quis ser lavado a uma unidade de saúde e foi entregue junto com o bando na delegacia.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana