conecte-se conosco


BemRural

Inscrições para seminário internacional sobre agricultura na América Latina vão até 30 de setembro

Publicado

As inscrições para o seminário “Desafios e Oportunidades para a Agricultura na América Latina” vão até o dia 30 de setembro. No evento, que ocorrerá no Rio de Janeiro entre os dias 10 e 11 de outubro, serão apresentadas e debatidas as principais conclusões do estudo divulgado recentemente pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) sobre papel da agricultura na América Latina e no Caribe. O evento terá tradução simultânea.

De acordo com o assessor do Departamento de Estudos e Prospecção da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SPA/Mapa) e presidente do Sistema de Informações de Mercado Agrícola do G20 (Amis), Marcelo Guimarães, o estudo enfatiza o papel determinante que a agricultura da América Latina desempenhou para a redução da pobreza rural ao longo dos últimos 30 anos na região. “Mesmo em momentos de crise econômica, o setor agrícola funcionou como um amortecedor contra os efeitos mais perversos dos períodos recessivos na América Latina”, afirmou o economista.

Programação 

Renomados palestrantes de diversos países (Canadá, Argentina e Estados Unidos) e representantes de organismos internacionais (FAO, IICA, BID, OMC e a própria OCDE) tratarão de temas que constarão dos painéis no primeiro dia do encontro, como as situações dos mercados agrícolas mundiais, os desafios e políticas públicas para a agricultura na América Latina e as perspectivas e os conflitos comerciais.

No segundo dia de reunião, os especialistas vão abordar o desenvolvimento sustentável dos biocombustíveis na América Latina, o papel da inovação tecnológica na agricultura da região, logística e infraestrutura e crédito rural em um contexto de mudanças no Brasil.

Irão participar do evento o secretário-executivo do Mapa, Marcos Montes, e o ex-ministro Roberto Rodrigues, coordenador do Centro de Estudos do Agronegócios da Fundação Getúlio Vargas (FGV), professor de Agronegócios da Esalq/USP e embaixador da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) para as cooperativas. Também estará presente o chefe da Divisão de Comércio e Mercados Agroalimentares da OCDE, Jonathan Brooks.

>> Confira aqui a programação completa 

O encontro, promovido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e a FGV, será realizado no auditório do Centro Cultural da fundação, na Praia de Botafogo. A OCDE e o  Amis, em parceria com a  FAO, também apoiam a realização do encontro.

Reunião do Sistema de Informações de Mercado Agrícola (Amis)

Nos dias 8 e 9 de outubro, os representantes dos países-membros e dos organismos internacionais participantes do Amis estarão reunidos para a 16ª reunião do Grupo de Informações daquela instituição. O encontro também será na FGV.


Informações à imprensaCoordenação-Geral de Comunicação Social
[email protected]

Fonte: MAPA GOV
Comentários Facebook
Leia mais:  Diário Oficial traz publicação de defensivos agrícolas, com genéricos e produtos mais modernos
publicidade

BemRural

SOJA/CEPEA: Atividades de semeio avançam; vendedor está retraído

Publicado

por

Cepea, 14/10/2019 – O semeio de soja registrou avanço significativo na semana passada, favorecido por chuvas nas principais regiões produtoras, especialmente no Paraná e no Centro-Oeste, segundo colaboradores do Cepea. No Sudeste do Brasil, as atividades estão em ritmo mais lento, devido à baixa umidade do solo. Mesmo diante das irregularidades climáticas, a Conab estima produção nacional de soja em 120,39 milhões de toneladas na temporada 2019/20, 4,7% a mais que na temporada passada e um recorde. Nos Estados Unidos, o clima desfavoreceu praticamente todo o ciclo da oleaginosa, reduzindo a produção do país. O USDA indica produção de 96,62 milhões de toneladas, 2,27% inferior ao estimado em setembro e expressivos 19,82% abaixo da safra 2018/19. Quanto à comercialização do grão, diante das incertezas em relação à produção global de soja, muitos produtores brasileiros estão retraídos dos negócios, esperando obter maior receita nas vendas nos próximos meses. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA
Comentários Facebook
Leia mais:  AÇÚCAR/CEPEA: Safra 2019/20 começa com preços do cristal em queda
Continue lendo

BemRural

MILHO/CEPEA: Produtor continua retraído e preço, em alta

Publicado

por

Cepea, 14/10/2019 – As cotações do milho seguem em elevação no mercado brasileiro neste início de outubro, segundo dados do Cepea. Pesquisadores afirmam que a justificativa para o cenário altista é a retração de vendedores, que, por sua vez, estão influenciados pelo clima, pelo forte ritmo de embarques e pela demanda aquecida. De 4 a 11 de outubro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP) avançou 1,1%, fechando a R$ 40,41/saca de 60 kg nessa sexta-feira, 11. Quanto aos embarques, já foram exportadas 1,3 milhão de toneladas de milho nos primeiros quatro dias úteis de outubro, segundo dados da Secex. A média diária de exportação está em 328,6 toneladas; assim, caso esse ritmo se mantenha até o final de outubro, o volume pode chegar a 7,55 milhões de toneladas, o que seria o dobro do verificado em outubro de 2018. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA
Comentários Facebook
Leia mais:  Pescadores e aquicultores não precisam apresentar registro para acessar crédito, decide CMN
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana