conecte-se conosco


Nacional

Imprensa internacional repercute descontrole da Covid-19 no Brasil

Publicado


source
Bolsonaro
Reprodução/STF

“Enquanto médicos lutam com bravura para salvar vidas, o presidente Jair Bolsonaro está mais interessado em outro paciente: a economia do país”, afirma a CNN Internacional

O Brasil registrou 340.887 casos e 21.678 mortes causadas pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). Além de ser o segundo país mais afetado pela doença em todo o mundo – atrás dos Estados Unidos -, o Brasil também ostenta os piores resultados de testes. 

LEIA MAIS: Teich recusa convite para ser conselheiro de seu sucessor

Desde o começo da pandemia, o país realizou apenas 735.224 testes para identificar o novo coronavírus. O número é bem inferior aos testes realizados por Estados Unidos (14 milhões), Rússia (8 milhões), e Espanha (3 milhões). A completa cegueira do Brasil na crise causada pela Covid-19 repercutiu de forma negativa na imprensa internacional.

América do Norte

“Enquanto médicos lutam com bravura para salvar vidas, o presidente Jair Bolsonaro está mais interessado em outro paciente: a economia do país”, afirma a CNN Internacional . A rede americana enviou um correspondente para acompanhar o trabalho dos profissionais da saúde que lutam contra a Covid-19 na periferia de São Paulo.

Cemitério da Vila Formosa
Reprodução/Washington Post

Cemitério da Vila Formosa esteve na capa do jornal americano The Washington Post

De acordo com uma das funcionárias, por conta da baixa capacidade de testagem, a orientação é que eles sejam feitos em pessoas com pelo menos três sintomas da doença. No Hospital Emílio Ribas, médicos contaram à CNN Internacional que os comentários do presidente Jair Bolsonaro são revoltantes.

Também nos Estados Unidos, a  Sky News destaca que o Brasil discute afrouxar o isolamento no pior momento da pandemia do novo coronavírus. “No Rio de Janeiro, o prefeito afirma que deseja reabrir o comércio não-essencial nos próximos dias. Em São Paulo, a cidade mais afetada, o cemitério da Vila Formosa não está dando conta da grande quantidade de corpos”, destaca a rede americana.

Europa

A agência de notícias  Euronews destaca o jogo sujo de Bolsonaro contra a Covid-19. “O presidente deixou claro que a economia é sua prioridade, lutando contra o isolamento social. Ele já perdeu dois ministros da Saúde durante a crise: um foi mandando embora e o outro pediu demissão”, afirma a rede pan-europeia.

A Euronews também ressalta a cegueira do Brasil sobre o verdadeiro número de contaminados. “É um país com mais de 200 milhões de pessoas”, afirma.

Já a revista científica britânica Nature afirma que remédios devem ser receitados pelo médico, e não pelo presidente, fazendo referência à autorização do uso da hidroxicloroquina. Não há evidências de que o medicamento aprovado por Bolsonaro seja eficaz contra o novo coronavírus. Estudos recentes comprovam que pacientes que recebem a cloroquina têm mais chance de morrer. 

Comentários Facebook

Nacional

Feriado antecipado não contém índice de isolamento ideal em São Paulo

Publicado

por


source
São Bernardo
Agência Brasil

Taxa de isolamento sobe para 51% no Estado de São Paulo e 53% na capital

O índice de isolamento social no Estado de São Paulo chegou a 51% no sábado, 23, de acordo com dados do Sistema de Monitoramento Inteligente divulgados pelo governo estadual neste domingo. Na sexta-feira, a taxa havia ficado em 48%.

LEIA MAIS: Os perigos de um bate e volta durante a pandemia

Na cidade de São Paulo , o índice subiu para 53% ontem, de 49% na sexta-feira. A cidade do Estado com maior taxa de isolamento é São Sebastião, no litoral, com 65%.

O índice ideal de isolamento para conter o avanço do coronavírus é de 70%, de acordo com o governo paulista. O índice aceitável é acima de 55%. Para tentar aumentar o isolamento, nesta segunda-feira (25), o governador João Doria antecipou o feriado de 9 de Julho (Revolução Constitucionalista.

O isolamento social é calculado pelo Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) do Governo de São Paulo e foi viabilizado por meio de acordo com as operadoras de telefonia Vivo, Claro, Oi e TIM para que se possa consultar informações agregadas sobre deslocamento no Estado. A central de inteligência analisa os dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e apontar a eficácia das medidas de isolamento social.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Brasil registra maior número de mortes por Covid-19 no mundo em 24 horas

Publicado

por


source
Cemitério da Vila Formosa
Reprodução/Washington Post

Cemitério da Vila Formosa, em São Paulo

Com 653 mortes nas últimas 24 horas, o Brasil chega a 22.666 mortes causadas por Covid-19 . Trata-se do maior número de mortes registradas hoje (24) em qualquer lugar do mundo. O número de infectados pela doença vai a 363.211, com 15.813 novos casos.

LEIA MAIS: EUA anunciam proibição de entrada de viajantes vindos do Brasil

O Ministério da Saúde afirma que 149.911 pacientes já se recuperaram da Covid-19, enquanto outros 190.634 estão sendo acompanhados.

São Paulo é o estado mais afetado, com 6,1 mil mortes por Covid-19 e 82 mil casos confirmados da doença. O Rio de Janeiro é o segundo estado com mais casos, com 3,9 mil mortes e 37,9 mil confirmados. Por fim, o Ceará é o terceiro estado mais afetado, com 2,3 mil mortes e 35,5 mil casos de Covid-19.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana