conecte-se conosco

  • powered by Advanced iFrame free. Get the Pro version on CodeCanyon.


Mato Grosso

Idosa de 92 anos morre após ser estuprada e espancada por homem que pintou a casa dela em MT

Publicado

Uma idosa, de 92 anos,  morreu na madrugada desta segunda-feira (18), depois de ser espancada e estuprada por um homem dentro de sua residência no domingo (17), em Nobres – MT.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a filha da idosa encontrou a mãe caída no chão e machucada logo depois do estupro.

O suspeito, identificado como Alexandro Antunes de Oliveira da Silva, de 29 anos, foi preso e negou o crime. Alexandro era monitorado por tornozeleira eletrônica. O setor de rastreamento do equipamento apontou que ele ficou duas horas dentro da casa da vítima.

De acordo com a PM, o estupro ocorreu no Bairro Jardim Paraná. A filha da vítima encontrou a idosa por volta de 6h. Mesmo debilitada, ela conseguiu dar detalhes à filha sobre quem havia cometido o ataque. Um dos chinelos do suspeito foi deixado no local do crime.

A idosa foi socorrida em estado grave ao Hospital e Maternidade Laura de Vicuna, em Nobres, mas não resistiu e morreu às 2h desta segunda-feira.

Alexandro foi encontrado pelos policiais em uma chácara às margens do Rio Cuiabá, em uma região conhecida como Pindura.

Ainda conforme a PM, o suspeito foi reconhecido pela filha da vítima. Ela afirmou que ele prestou serviços de pintura na casa da idosa dias antes do crime.

Ao ser questionado sobre o estupro o suspeito negou ter atacado a idosa. Ele já tinha antecedentes criminais e era monitorado por tornozeleira eletrônica. Alexandro foi levado à Polícia Civil.

Leia mais:  Junta Comercial institui registro automático de empresas

Fonte: G1 MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Corpo de jovem de Diamantino desaparecido há uma semana é encontrado em Campo Novo do Parecis

Publicado

O corpo de um adolescente de 16 anos, foi encontrado no início da noite deste domingo (22) em uma área de mata, há cerca de 28 quilômetros da cidade de Campo Novo do Parecis.

Foto: Arquivo pessoal

A suspeita é que a vítima, tenha sido assassinado a tiros. Segundo a mãe dele, a família mora em Diamantino, e procurava por Gabriel Siqueira Machado, desde a manhã do dia 16 de setembro, quando ele fez o último contato com a mãe e declarou que estaria sendo ameaçado. O jovem teria comunicado a família que iria para Campo Novo do Parecis, visitar um amigo.

Os peritos em criminalística estiveram no local para os procedimentos de análise técnica e liberação do corpo. As investigações sobre a autoria do crime ficarão sob responsabilidade da Polícia Civil de Campo Novo do Parecis. A previsão é que o corpo de Gabriel seja velado e enterrado, nesta terça-feira (24), em Diamantino.


 

 

 

 

 

 

 

 

Da Redação com informações Atual MT

 

Comentários Facebook
Leia mais:  Junta Comercial institui registro automático de empresas
Continue lendo

BemRural

Primavera começa com temperaturas acima da média e pouca chuva, aponta Inmet

Publicado

primavera começou nesta segunda-feira (23), às 4h50, e a previsão é que a estação chegue com temperaturas acima da média climatológica e poucas chuvas na maior parte do país, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Foto: DS

Os termômetros deverão registrar temperaturas de 1°C a 1,5°C acima da média – isso significa ter dias com temperaturas bem altas, e outros com temperaturas mais baixas ou dentro da média, o que na variação entre os três meses chega à elevação prevista, afirma o chefe da previsão do tempo do Inmet, Francisco de Assis Diniz.


Chuva na primavera

A primavera deverá ter menos chuvas do que o normal para a estação, de acordo com Diniz. Em Goiás, parte do Mato Grosso e em Minas Gerais, as chuvas deverão ser irregulares e um pouco abaixo da média climatológica. A estação se estende até o dia 22 de dezembro, quando começa o Verão, à 1h19.

Fim do inverno com recorde de calor

Na segunda-feira (16), Cuiabá chegou a registrar a maior temperatura em 108 anos – foram 42,3°C. Desde 1911 até agora, o último recorde foi de 42,2°C, em 1940.

Fonte: G1

Comentários Facebook
Leia mais:  Pacientes do Cridac recebem aparelhos auditivos e cadeiras de rodas
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana