conecte-se conosco


Carros e Motos

Honda Civic lidera ranking dos carros mais buscados na internet

Publicado


source

Mesmo com o impacto da pandemia do novo coronavírus na economia e a retração nas vendas de automóveis no mercado brasileiro, as pessoas não deixaram de procurar carros na internet.

Quem aponta essa tendência é uma plataforma de comércio de veículos online, que indicou os modelos mais buscados no 1º semestre de 2020. A lista do site Webmotors traz na ponta o Honda Civic, mas inclui também outros dois modelos médios e dois hatches compactos. Confira a seguir quais são os carros mais procurados na rede.

1º – Honda Civic

Honda
Divulgação

Honda Civic é mais procurado do que qualquer Toyota, por exemplo. O sedã é marcado pelo visual esportivo e entrega de equipamentos

O Honda Civic emplacou menos da metade das unidades do concorrente Corolla no 1º semestre. Mas desperta mais interesse do que o modelo da Toyota na internet.

Além do sedã que é produzido em cinco versões na fábrica de Sumaré e com duas opções de motorização (2.0 flex e 1.5 turbo a gasolina), o modelo médio é oferecido também na versão esportiva Si, a única com carroceria cupê e que acaba de estrear novidades no mercado brasileiro.

2º – Toyota Corolla

Toyota
Divulgação

Toyota Corolla, líder do segmento dos sedãs médios, se classifica em segundo lugar

Apesar de ter sido superado pelo concorrente Honda Civic no ranking dos mais buscados da Webmotors, o Toyota Corolla é um fenômeno de vendas no mercado brasileiro.

Com 16.975 emplacamentos no semestre, fica atrás apenas do compacto Chevrolet Onix Plus, superando vários modelos menores e de apelo mais popular. Um dos destaques da atual geração do modelo, lançada no Brasil no ano passado, é o conjunto motriz híbrido flex.

3º – VW Golf

Golf
Divulgação

Mesmo fora de linha no Brasil, o Golf tem um apelo especial e seu público cativo não abre mão

O hatch médio da VW teve uma trajetória cheia de altos e baixos desde a sua estreia no mercado brasileiro, em 1994, com sua produção no Brasil tendo sido iniciada e interrompida em duas ocasiões.

Por outro lado, a pesquisa mostra que mesmo com a febre dos SUVs o modelo segue como objeto de desejo de muita gente. Mesmo que não seja para fechar negócio…

4º – VW Gol

VW Gol
Divulgação

Líder de vendas por diversas vezes na história, o longevo hatch compacto ocupa a 4ª colocação

O veterano VW Gol está longe há anos da primeira posição no ranking dos carros novos mais vendidos. Mas ainda é um nome muito forte no mercado, o que com certeza ajudou a colocar o hatch entre os modelos mais buscados da plataforma de comércio de veículos.

Concorrendo na mesma faixa de preços de Fox e das versões de entrada do Polo, o Gol está disponível atualmente em uma linha enxuta, com apenas duas versões (1.0 e 1.6).

5º – Chevrolet Onix

Chevrolet Onix
Divulgação

Chevrolet Onix é o exemplo de como um modelo pode evoluir tanto. Traz praticidade e tecnologias de última geração

Hatch compacto lançado para substituir o Corsa, o Chevrolet Onix acabou ocupando a posição de líder isolado em vendas que durante anos foi do VW Gol .

A gama extensa, que inclui desde uma versão de entrada com o visual antigo e apelo mais racional (Onix Joy), e o bom desempenho do modelo no mercado com certeza contribuíram para esse resultado na lista dos carros mais procurados .

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook

Carros e Motos

PSA inicia produção em série do novo Peugeot 208 na Argentina

Publicado

por


source
Novo Peugeot 208
Divulgação

Peugeot 208 da nova geração já está pronto para começar a chegar às lojas. No Brasil, estreia em setembro próximo

A Peugeot inicia oficialmente a produção em série da nova geração do novo 208 na fábrica de El Palomar (Argentina). Primeiro carro da marca a contar com a plataforma modular CMP na América Latina, o modelo será fabricado para o mercado local e também para atender ao Brasil, onde será lançado em setembro.

O que já se sabe é que o novo Peugeot 208 argentino irá trocar o motor 1.2 de três cilindros do 208 da Europa pelo propulsor 1.6 EC5, o mesmo utilizado no hatch compacto 208 de primeira geração, feito na fábrica de Porto Real (RJ). Por sua vez, a Peugeot já confirmou a oferta de uma versão elétrica (importada da França) e a presença nesse novo 208 “Mercosul” de tecnologias presentes no europeu, como o painel digital configurável “i-cockpit 3D” e pacote tecnológico de assistentes de direção.

De acordo com o fabricante, 600 funcionários da empresa na América Latina e da Europa trabalharam conjuntamente nos últimos anos, com mais de 8 mil horas de formação para as equipes de produção e cerca de 620 mil horas de trabalho para o desenvolvimento do projeto. Além disso, o Peugeot 208 rodou 1,5 milhão de quilômetros em vários países do mundo, como Argentina, Brasil, Alemanha, Áustria, Espanha, França e Suécia.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

A nova Honda CBR 650R na pista

Publicado

por


source
Honda
Divulgação

A esportiva Honda CBR 650R em ação no circuito Haras Tuiuti. O novo farol duplo tem inspiração na superesportiva Honda CBR 1000RR Fireblade

Apresentada no Salão Duas Rodas no ano passado, finalmente a nova Honda CBR 650R pôde ser avaliada na pista, depois que seu lançamento oficial, que seria em abril deste ano, foi adiado.

Durante a apresentação oficial da Honda CBR 650R , que  ocorreu em uma live pela internet , as alterações no modelo que permitiram a troca da letra “F” no seu nome anterior pelo “R” – letra essa que indica uma boa disposição as pistas (Racing) -, foram descritas, mas só mesmo pilotando em uma pista essas novidades poderiam ser verificadas.

Antes de sair com a Honda CBR 650R para avaliação de pista, o papo entre os jornalistas e os técnicos da Honda foi meio nostálgico, lembrando a chegada da icônica Honda CB 600F Hornet , ainda com carburador e farol convencional circular. Apesar de suas características que atualmente seria consideradas deficiências, a Hornet era uma motocicleta muito agradável e popularizou o motor de quatro cilindros modernos entre os brasileiros.

Sua evolução, com visual renovado, farol streetfighter e injeção de combustível, realmente era muito melhor, mas ficava a saudade da carburada anterior. A motocicleta foi tão bem aceita que o Brasil foi o mercado onde mais se vendeu Hornet no mundo.

Foi em 2014 que chegou a sua substituta, a Honda CB 650F, juntamente com sua versão esportiva CBR 650F. Lembro que cheguei a achar que a nova motocicleta, mesmo com seu motor de maior cilindrada e mais tecnologia, era mansa demais para substituir a fogosa Hornet, que tinha o motor derivado da superesportiva Honda CBR 600RR. Mas essa imagem foi corrigida com a chegada da nova geração das 650, em 2017, quando pude experimentá-las no ótimo circuito dos Cristais , em Curvelo, Minas Gerais.

Desta vez, no entanto, a família Honda 650 está ainda melhor, com muitas alterações tecnológicas importantes. A naked Honda CB 650F, que cedeu seu lugar para a nova CB 650R NSC, passa a integrar também a família Neo Sports Café, inaugurada pela Honda CB 1000R , e que estará aqui na próxima semana, em uma avaliação de estrada. Hoje teremos a esportiva Honda CBR 650R, em uma avaliação no circuito Haras Tuiuti.

Bem diferentes em sua concepção, o circuito de Tuiuti é estreito, com curvas fechadas e cheio de aclives e declives, enquanto que o circuito dos Cristais é largo, longo e plano, com muitas curvas muito longas e abertas. Mesmo assim foi possível perceber a melhor dirigibilidade esportiva da nova Honda CBR 650R, que fez por merecer o “R” ao final do seu nome.

O circuito me pareceu bastante favorável à nova Honda CBR 650R, pois ela se mostrou extremamente estável mesmo em uma sequência de curvas fechadas. Um dos motivos pela melhor adaptação às pistas foi a alteração da parte posterior do quadro tubular de aço, onde é acoplada a balança da suspensão traseira. Essa modificação foi também responsável pela redução de 1,9 kg no peso total da motocicleta.

Mais importante, no entanto, foi a adoção da suspensão dianteira com garfo invertido, uma Showa SSF (Separated Function Fork, uma bengala age como amortecedor e a outra age como mola). Nos freios, a Honda CBR 650R passa a ter cáliperes de quatro pistões fixados radialmente na roda dianteira. Com essas alterações, a posição de pilotagem ficou levemente mais esportiva, e também mais confortável na pista, com o avanço de 30 mm na posição dos dois novos semi-guidões.

Honda
Divulgação

Melhor posição de pilotagem em um novo banco de duas partes

A Honda CBR 650R passa a ter também o sistema de controle eletrônico de tração HSTC – Honda Selectable Toque Control, que limita a perda de aderência na roda traseira em acelerações mais fortes em pisos de baixa aderência (desligável por um botão no punho equerdo do guidão), e a embreagem deslizante de acionamento assistido. Tem ainda o sistema de emergência Emergency Stop Control, que aciona o pisca-alerta por alguns segundos em frenagens fortes acima de 56 km/h.

Visualmente, a Honda CBR 650R está fácil de ser diferenciada da anterior CBR 650F, principalmente pelos novos faróis inspirados na superesportiva maior da marca, a Honda CBR 1000RR Fireblade. O painel de instrumentos, do tipo blackout LCD, tem agora shift light, que indica a melhor rotação para a troca de marcha, configurada pelo piloto, e indicador digital de marchas. A Honda CBR 650R está disponível nas cores vermelho e cinza e tem preço de R$ 41.080.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana