conecte-se conosco


Polícia

Homem suspeito de espancar ex-esposa, pede desculpas em rede social

Publicado

O homem suspeito de espancar a ex-esposa, se manifestou em rede social na tarde desta terça-feira (04), em publicação do Bem Notícias, na internet.

 

Na edição de ontem, o Bem Notícias, detalhou o caso que gerou grande repercussão em Tangará da Serra. Os pais de Edmílson de Albuquerque, foram presos na tarde de segunda-feira (03), por suspeita de participação no crime, ao terem sido coniventes com as agressões e supostamente, negado socorro à vítima.

O crime aconteceu no último fim de semana. Segundo a Polícia Civil, o ex-marido encontrou com a mulher e conseguiu convencê-la de ir até a casa dos pais, e lá espancou a ex-companheira. Ela conseguiu fugir durante a madrugada desta segunda, pediu socorro a populares, que acionaram o Corpo de Bombeiros; os militares constaram que ela apresentava diversas lesões. A vítima foi encaminhada aos hospital com suspeita de fratura na costela.

Ao trazermos o caso à tona, exibimos a foto do suspeito, para ajudar nas buscas, já que ele, ainda não havia se apresentado para esclarecimentos. A postagem em rede social, gerou inúmeras participações e uma em especial, inusitada, o próprio suspeito comentou e se justificou sobre as agressões. “Bom, eu sou o Edmilson, eu vim aqui pedir desculpas pra todas as mulheres e vim também, explicar tudo o que na verdade aconteceu. Ela me roubou e ainda por cima, me traiu então, eu sei que fui errado mas, foi na hora da raiva, não quis fazer nada disso mas, não quero ser acusado por uma coisa que eu não fiz, e outra, ela não ficou em carcere privado, ela foi por vontade própria e eu tenho provas, videos, então não me juguem sem saber”, se justifica.

Em outro momento, defende a mãe e nega que ela tenha participado. ” Minha mãe é inocente, ela nem estava na hora, então, não juguem sem saber”, diz Edmílson. 

As medidas para proteger a vítima foram tomadas. Edmílson se apresentou à Polícia Civil, foi ouvido e liberado.

Comentários Facebook

Polícia

PM recupera carreta com 50 toneladas de defensivo agrícola roubado no estado do Pará

Publicado

por


Policiais militares do Núcleo de Nova Nazaré (a 269 km de Cuiabá) recuperaram na madrugada desta terça-feira 26.01), uma carreta Volvo com 50 toneladas de defensivo agrícola, na MT – 326.

A informação descrevia que o roubo do veículo teria ocorrido no domingo (24), na cidade de Santana do Araguaia, no Pará. Destacava ainda que a carreta seguia pela rodovia sentido a Balsa Shalon que opera na travessia do Rio das Mortes na MT-326.

No local, os policiais encontraram o veículo e o motorista. Questionado sobre a procedência da carreta e da carga, o homem não soube responder. Ele foi detido e encaminhado à delegacia.

Foi mantido contado com o proprietário da carreta e informado que o veículo e a carga tinham sido recuperados. Ele agradeceu e se comprometeu mandar um represente da empresa para buscar.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Fugitivo de unidade prisional do Pará é recapturado pela Polícia Civil

Publicado

por


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um foragido da Justiça do estado do Pará foi preso na manhã desta terça-feira (26.01) pela Polícia Civil de Guarantã do Norte (715 km ao norte de Cuiabá).

O fugitivo foi recapturado no bairro Aeroporto, após ser localizado pelos policiais civis na casa de um familiar.

O homem tem condenação de 18 anos por estupro de vulnerável e cumpria pena em unidade prisional no município de Itaituba, no sudeste no Pará, de onde fugiu na saída temporária do Natal concedida pela Justiça.

Ele foi encaminhado à delegacia de Guarantã do Norte e depois ficará á disposição da Justiça para posterior recambiamento à cidade de origem.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana