conecte-se conosco


Carros e Motos

Harley-Davidson revela dois lançamentos inéditos: uma off-road e uma esportiva

Publicado

Harley-Davidson arrow-options
Divulgação

Novas Harley-Davidson são as precursoras de novas tecnologias, que estão em conformidade com os novos modelos

A Harley-Davidson acaba de apresentar dois modelos inéditos no Salão de Milão (Itália). São elas a Pan America (big Trail) e a Bronx (naked esportiva), que não só marcam, pela primeira vez, a chegada da fabricante em ambos os segmentos, como também do novo motor bicilíndrico Revolution Max, com dois tamanhos: 1250 cc e 975 cc, respectivamente. A filial brasileira da marca já declarou que estão previstas para chegar entre o fim do ano que vem e o início de 2021.

LEIA MAIS: Kawasaki Z650 tem a linha 2020 revelada com várias mudanças

A Harley-Davidson Pan America será a primeira da marca a vender no segmento todo o terreno, chamado pela marca de Adventure Touring. Terá 145 cv a partir da maior configuração do novo motor, mais que os 136 cv da rival BMW R 1250 GS Adventure (R$ 99.950). Tanto esta quanto a outra novidade são equipadas com freios Brembo.

LEIA MAIS: Novas Honda CBR 1000RR-R e 1000RR Fireblade são reveladas oficialmente

Já a naked esportiva Bronx , desenvolve 115 cv a partir dos 975 cc. Seus maiores destaques são o visual agressivo e a agilidade, que fazem a novidade rivalizar com a Kawasaki Z900 (125 cv e R$ 42.490) e a Yamaha MT-09 (115 cv e R$ 44.190). Infelizmente, maiores detalhes dela e da Pan America ainda permanecem com a fabricante, mas deverão ir soltando cada vez mais.

LEIA MAIS: Nova geração da Suzuki V-Strom é revelada, com novo visual e mais tecnologia

Segundo a Harley-Davidson, o novo motor foi projetado para equipar não só ambas as novidades, mas futuros lançamentos também, com a capacidade de oferecer menos vibração, mais torque em baixas rpm, potência em altas rpm, peso e centro de gravidade mais reduzidos, além de durabilidade. Veja os vídeos de divulgação das duas após o fim do texto.

As novas H-D que acabam de chegar ao Brasil

Harley arrow-options
Divulgação

Harley-Davidson Low Rider S: A mais em conta das três, com visual bruto e proposta mais esportiva

Com o início do plano “More Roads to Harley-Davidson” na América do Sul — marcado pela chegada dos novos modelos — a Low Rider S (R$ 73.600), a Heritage Classic 114 (R$ 78.700) e a Road Glide Limited (R$ 104.500) são as que já se encontram nas concessionárias. Todas trazem o motor Milwaukee-Eight 114, que gera 16,4 kgfm. A primeira, além de mais em conta, é a mais esportiva das três. Traz suspensão regulável, guidão alto, farol de led, assento individual e os acabamentos escurecidos.

LEIA MAIS: Testamos a nova Harley-Davidson Low Rider S em grande estilo

Em seguida, está a Heritage Classic 114, também da família Softail. Em sua nova geração, segue com detalhes cromados e procura destoar um pouco do estilo clássico adicionando acabamentos na cor preta, mesmo que ainda seja marcada por este estilo. Vem equipada com alforjes rígidos vedados e que podem ser trancados, para-brisa removível, assento duplo, controle de velocidade e freios ABS.

Harley arrow-options
Divulgação

Harley-Davidson Road Glide Limited 2020: O modelo mais refinado das três, com equipamentos de última geração

E, por fim, está a Harley-Davidson Road Glide Limited, da família Touring, que segue a proposta estradeira da Heritage Classic, mas explora mais tecnologias e sofisticação. Isso porque vem com novos grafismos, emblemas e rodas, novo acabamento na carenagem interna e manoplas aquecidas. Isso sem falar do novo pacote que traz controle eletrônico de tração, freios ABS, controle assistente de parada, leitura de pressão dos pneus e multimídia.



Comentários Facebook

Carros e Motos

Ferrari Enzo é o novo carro mais caro vendido em um leilão online

Publicado

por


source
Ferrari Enzo
Divulgação

Ferrari Enzo: O último hiper-carro “raiz” e que marcou época, com câmbio de Formula 1, motor V12 aspirado e visual consagrado nos anos 2000

As casas de leilões pelo mundo já estão acostumadas a ver relíquias da Ferrari superar recordes. E, então, eis que a Ferrari Enzo, modelo de produção limitada que leva o nome do criador da marca, quebra a banca mais uma vez. Foi vendida por 2,3 milhões de euros, ou R$ 12,9 milhões, via internet, tornando-se o carro mais caro da história a ser leiloado online. O evento online foi feito pela RM Sotheby’s, uma das casas de leilões mais famosas do planeta.

LEIA MAIS: Ferrari traz ao Brasil novo supercarro que custa R$ 3,5 milhões

Ferrari
Divulgação

A grade traseira estreita, logotipo pequeno,além das quatros saídas de escape e quatro lanternas traseiras, despertam muitas saudades

Sem que o milionário pudesse vê-la por perto, o novo recorde desbanca outra Ferrari vendida em 2015, uma 288 GTO de 1985, que sido tinha sido arrematada por 2 milhões de euros na época, R$ 8,4 milhões. A Ferrari Enzo , ano/modelo 2003, teve apenas 400 exemplares fabricados.

LEIA MAIS: Ferrari que foi da polícia italiana é colocada à venda

Tecnologia que surpreende até hoje

Ferrari
Divulgação

Seu interior equivale aos hiper-carros atuais, que mostram o forte vinculo com a equipe de Formula 1

E a famosa frase de Enzo Ferrari de que “quando você compra uma Ferrari, paga-se apenas pelo motor e o resto vem de graça”, é eternizada nesse hiperrcarro, através do que se encontra debaixo do capô. O modelo tem um motor 6.0 V12 que entrega 660 cv e 65,7 kgfm. A tração é traseira e o câmbio automatizado, de seis marchas. Os números garantem uma aceleração de zero a 100 km/h em apenas três segundos e atinge uma velocidade máxima de 250 km/h.

LEIA MAIS: Vídeo mostra fabricação da Ferrari SF90 Stradale; assista

O primeiro proprietário desta Enzo foi um colecionador de São Francisco (EUA), que ficou com o modelo até 2018, quando decidiu vender. Entretanto, nenhum dos dois donos rodou tanto assim com o hipercarro, o que se observa pelos seus pouco mais de 2.000 km no odômetro. A unidade também é uma das poucas, entre as 400, que conta com os revestimentos dos bancos com os emblemas feitos em impressoras 3D, item que era vendido como opcional e que poucos clientes da  Ferrari quiseram.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Mercedes lança sedã esportivo que custa mais de meio milhão de reais

Publicado

por


source
AMG GT 43
Divulgação

AMG GT 43: Sedã que surpreendeu a Europa por sua similaridade com os cupês esportivos da AMG

A Mercedes confira a chegada de 20 unidades do sedã esportivo AMG GT43 de quatro portas ao Brasil,  por R$ 575.900. Com isso, vai aumentando a lista dos modelos exclusivos e de alto valor que são confirmado no Brasil no meio da pandemia e durante uma das maiores crises da história. Já chegaram Audi R8 V10 , Ferrari F8 Tributo , Mini JCW GP , entre outros.

O sedã esportivo vem equipado com motor com 3.0 litros de cilindrada, de 6 cilindros em linha, capaz de render com 367 cv e nada desprezíveis 50,1 kgfm de torque. Com câmbio automático de 9 marchas, o carro é capaz de acelerar de  0 a 100 km/h em 5 segundos, de acordo com a marca alemã.

LEIA MAIS: Mercedes revela quatro lançamentos para o primeiro semestre

Em relação à versão mais cara do modelo, o AMG GT 63 S 4Matic+, o AMG GT 43 é quase R$ 1 milhão mais em conta, ante os R$ 1.455.900 do “irmão” mais sofisticado. Por outro lado, não deixa para trás as tecnologias mais recentes da divisão de supercarros da Mercedes-Benz . É equipado com o sistema EQ Boost, que combina o motor de partida e o alternador a um motor elétrico entre o motor e a transmissão. Além de mais suavidade e economia de combustível, adiciona 22 cv e 25,5 kgfm quando acionado.

LEIA MAIS: Mercedes A35 AMG: foguete de bolso

Mais tecnologia

AMG
Divulgação

Na traseira, o caimento do teto propicia uma melhoria aerodinâmica, o que aprimora a sua eficiência

Entre os itens de série, vem com quadro de instrumentos digital, sistema de estacionamento semi autônomo, faróis de LED adaptativos (que ajustam o feixe de luz de acordo com a iluminação do ambiente e o tráfego) e frenagem automática de emergência com aviso traseiro.

LEIA MAIS: Mercedes GLA 45 AMG: um aventureiro endiabrado

Há também chave presencial para acesso do veículo e partida do motor, seletor de modos de condução (que ajustam motor, suspensão, transmissão e direção), ar-condicionado digital de 4 zonas, sistema de som Burmester de 14 alto-falantes e amplificador de 10 canais com 640 watts e aquecimento nos bancos dianteiros.

Para quem for utilizar o sedã esportivo da Mercedes-Benz nas pistas, o AMG Track Pace, integrado ao sistema multimídia, registra os tempos de volta e aceleração, além de dados de telemetria ao vivo. Veja abaixo o vídeo oficial do novo sedã esportivo.




Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana