conecte-se conosco


Mato Grosso

Grupo de cirurgiões plásticos lança empresa ‘popular’ em Cuiabá

Publicado

Com o intuito de ajudar a realizar o sonho de muitas mulheres que desejam fazer a cirurgia plástica com segurança e com profissionais que atuam no estado de Mato Grosso, quatro cirurgiões plásticos de Cuiabá criaram empresa “Plasticando Brasil – Serviços de Cirurgia Plástica”.

A ideia desse grupo surgiu após acompanhar no mercado da cirurgia plástica, as dificuldades de pacientes que passavam pela consulta, mas não conseguiam realizar o sonho, tendo muitas vezes de se deslocar para fora ou até mesmo outros países, não tendo uma devida assistência que este tipo de cirurgia necessita.

“Decidimos então abrir a Plasticando para atender essa demanda que vem crescendo e se arriscando em nome de um corpo bonito e não conseguiam ver o sonho realizado por várias dificuldades. Essa empresa oferecerá um serviço de cirurgia plástica, voltadas paras as classes C e D”.“As pacientes do Plasticando Brasil terão consultas de acompanhamento, tanto antes quanto depois da operação, para fornecer respostas a todas as questões remanescentes, além de verificar o progresso da cirurgia, tendo um olhar atendo para minimizar intercorrências, complicações e insatisfações”.

A empresa Plasticando terá seu consultório médico na sede do Hospital Geral de Cuiabá, assim como a realização de várias cirurgias nesta instituição, principalmente as mais procuradas, que vão desde cirurgias de face, seios, abdômen e membros, assim como inclusão de próteses.“O atendimento da Plasticando será integrada entre seus profissionais, para que todos os pacientes tenham acesso. Desta forma o tempo se reverte em maior produtividade e, consequentemente otimização de custo, porém sem perder nos quesitos qualidade e segurança.”

Leia mais:  CEAF lança curso de Atendimento ao Público na Plataforma de Aprendizagem

“Nossa intenção é que as pacientes com menos recursos possam também realizar o sonho da cirurgia plástica, mas com a segurança de poder contar com a equipe médica por perto para dar suporte. Dessa forma não será mais necessário fechar pacote em outros países ou ser operado por desconhecidos. Por não ter o cirurgião ou sua equipe por perto, muitas vezes se acaba perdendo um olhar atento. Todos os cirurgiões residem em Cuiabá.”

O grupo é formado pelos cirurgiões plásticos Dr. Benedito Figueiredo Junior, Dr. Gabriel Felsky dos Anjos, Dr. Boris Felsky dos Anjos e Dr. Magno Stefani Cezar. Todosmédicos especialistas e devidamente registrados no CRM-MT.

A previsão é que a empresa comece atender o público a partir do mês de junho.

 

 

Fonte:Folha Max

 

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Idoso é preso por invadir casa e assediar mulher e filha no Bairro Dona Julia

Publicado

Um idoso de 70 anos, foi preso na tarde desta quarta-feira (22), depois invadir uma casa e assediar mãe e filha, no Bairro Dona Julia em Tangará da Serra.

Isaias Fernandes da Silva, possui mandado de prisão em aberto por homicídio.

Segundo a vítima, ela a filha e mais duas pessoas estavam sentadas na área de casa quando o suspeito invadiu o local. Intransigente, começou a provocar supondo que a mulher amamentasse o filho “dando o peito” a ele. Além das insinuações cometidas, ele aborreceu a menina, tocando nela e impedindo a criança de sair da rede.

A vítima conseguiu expulsar o idoso do local e acionou a Polícia Militar, que realizou buscas pela região e encontrou Isaias Fernandes da Silva, próximo à casa. Preso em flagrante foi encaminhado à Delegacia Judiciária Civil. Em checagem aos registros, constataram haver mandado de prisão em aberto contra o suspeito, expedido em 2014, pela Comarca de Cuiabá, por homicídio. Diante da nova acusação, o idoso poderá ser indiciado por atentado violento ao pudor e ameaça.

Comentários Facebook
Leia mais:  Regional da Polícia Militar de Barra do Garças tem novo comandante
Continue lendo

Governo

Cerca de 18 mil pessoas de Mato Grosso podem perder benefícios do governo federal

Publicado

Cerca de 18 mil mato-grossenses inseridos no Benefício de Prestação Continuada (BPC) ainda não fizeram a inscrição no Cadastro Único (CAD Único). O número consta no levantamento do Governo Federal divulgado pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT).

Foto:Setas-MT

Os beneficiários devem ficar atentos para a data limite para cadastramento, conforme Portaria n° 631. de 09 de abril de 2019. O registro é obrigatório, por isso a falta dele pode causar a suspensão do benefício.O novo cronograma divide os beneficiários não cadastrados por mês de aniversário, estabelecendo os períodos para envio de notificações e repercussões sobre os benefícios. (Confira no final do texto o novo cronograma).

A inserção no cadastro é fundamental para manutenção do BPC e identificará a realidade socioeconômica dos beneficiários. Com isso, será possível apontar as demandas desse público, para a inclusão nos serviços socioassistenciais e em outras políticas públicas.A coordenadora de Gestão de Benefícios Socioassistencias, Luciene Alves Côrrea, explica que em Mato Grosso a suspensão do benefício das pessoas que ainda precisam ser incluídas no CadÚnico gera um impacto não só para os beneficiários, mas para a economia local.

“A Superintendência de Benefícios, Programas e Projetos Socioassistencias, tem se empenhado a ofertar apoio técnico com orientações para que todos os municípios sejam incluídos no programa e não tenham seus benefícios suspensos”, ressaltou.

Leia mais:  PM prende homem por estupro de menina de 12 anos em Juscimeira

Para se inscrever basta procurar o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) mais próximo de sua residência. Todos os municípios de Mato Grosso possuem o centro. Confira o relatório completo.

 

 

Fonte:Setasc-MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana