conecte-se conosco


Carros e Motos

GM mostra detalhes e preços do novo Chevrolet Onix Plus

Publicado

source
Chevrolet Onix Plus azul arrow-options
Divulgação
Chevrolet Onix Plus tem linhas que lembram as do Cruze, que ficará um degrau acima do novo modelo

A GM começa a apresentação do novo Chevrolet Onix Plus para imprensa hoje (12).  O novo modelo chega com uma série de novidades, primeiro na versão sedã e, em novembro,  na configuração hatch. A importância da novidade é grande, uma vez que é o modelo que estreia a plataforma global de uma nova família da qual fará parte SUVs, hatches, sedã e até uma picape.

LEIA MAIS: Veja 5 fatos que já sabemos sobre o novo Chevrolet Onix Sedan

A imagem mostra que o Chevrolet Onix Plus que já está a caminho das lojas no Brasil será bem parecido com o vendido na China, salvo alguns pequenos detalhes. No caso do nacional, os faróis não contam com lentes fumês em nenhuma versão, mas mantém os cromados na ampla grade frontal.

Tanto o Onix Plus quanto o hatch serão vendidos em duas versões: LT e LTZ. No caso do sedã, os preços partem de R$ 61.990 (LT) e chegam a R$ 70.990 (LTZ). E o hatch, que estreia em novembro, começa em R$ 51.990 (LT) e fica em R$ 66.290 (LTZ automático).

Ambas as configurações terão entre as opções de motor disponíveis o novo 1.0 turbo, de três cilindros, que já começou a ser fabricado em Joinville (SC).  De acordo com informações da fabricante, o novo motor terá 116 cv e 16,8 kgfm de torque, portanto abaixo dos 128 cv do VW Virtus TSI. 

Leia mais:  Nissan apresenta crossover futurista de SUV e sedã no Salão de Detroit 2019

Mais detalhes do Chevrolet Onix Plus

No conjunto mecânico, o Onix Plus poderá ainda contar com câmbio manual ou automático, ambos de seis marchas, sempre com tração dianteira. Ainda entre os principais destaques do carro estão incluídos itens como acesso à internet via conexão 4G, nova central multimídia, carregador de celular por indução, botão de partida, entre outros

A segurança do novo Chevrolet Onix também teve um grande avanço, como controle eletrônico de estabilidade e seis airbags entre os itens de série em todas as versões. Além disso, o carro acaba de ser classificado com nota máxima nos testes de colisão do Latin NCAP.

 Também foram divulgados os dados de consumo pelo Inmetro do Onix Plus, que faz 10,9 km/litro na estrada e 8,6 km/litro na cidade, com etanol. Com gasolina, o rendimento passa para 15,7 km/litro e 12 km/litro, respectivamente.

LEIA MAIS: Chevrolet Onix Joy é atualizado e abre espaço para a nova geração

Como já foi dito anteriormente, pelo menos por enquanto, continuam sendo fabricados os outros dois sedãs compactos da GM, o Prisma e o Cobalt , que teve  descontinuada apenas a versão tipo de linha Elite na linha 2020.  A reportagem de iG Carros está em Porto Alegre (RS) para o lançamento do novo Chevrolet Onix Plus  e traz mais informações em breve, inclusive as primeiras impressões ao dirigir. Fique ligado. Confira abaixo como ficaram os preços.

Leia mais:  Jeep Renegade x VW T-Cross: novato chega ditando novos paradigmas

Novo Onix LT  – R$ 51.590
Novo Onix LTZ Automático – R$ 66.290


Novo Onix Plus LT – R$ 61.990
Novo Onix Plus LTZ Automático – R$ 70.990

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

Onix e HB20 são os carros mais roubados de São Paulo em 2019. Veja a lista!

Publicado

por

source
Chevrolet Onix arrow-options
Divulgação
Chevrolet Onix: carro mais vendido do Brasil também é o mais roubado de São Paulo

Um estudo publicado pela empresa Compara com base nas principais seguradoras revela que o Chevrolet Onix foi o carro mais roubado da capital paulista entre janeiro e agosto de 2019. Em segundo lugar, temos o Hyundai HB20, seguido por uma dobradinha da Volkswagen com Gol e Voyage – grandes conhecidos dos ladrões brasileiros.

LEIA MAIS: Carros com motor1.4 são os que mais perdem valor no Brasil. Veja a lista

De acordo com o levantamento, o Fiat Argo é o quinto carro mais roubado de São Paulo, seguido por Fiat Siena e Renault Logan. A grande surpresa do ranking é o Honda WR-V, crossover com base no Fit que nunca foi um grande exemplo de “best-seller”. O ranking dos 10 veículos mais roubados termina com duas picapes: Ford Ranger e Fiat Toro.

Volkswagen Gol arrow-options
Divulgação
Queridinho dos criminosos desde 1980, o VW Gol continua na lista dos carros mais roubados da capital paulista

O CEO da Compara, Paulo Marchetti, diz que veículos de grande volume são os mais visados pelos criminosos. Por conta da popularidade, a demanda por peças roubadas aumenta nas grandes cidades. Outro ponto que chama atenção no levantamento é a quantidade de veículos utilizados por motoristas de aplicativo na capital paulista. Modelos como Logan , Siena, Voyage, Onix e HB20 são alguns dos mais populares entre os profissionais de Uber, Cabify e 99.

Leia mais:  Nissan apresenta crossover futurista de SUV e sedã no Salão de Detroit 2019

LEIA MAIS: Veja os 5 carros mais difíceis e caros de consertar, segundo o Car Group

Dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo apontam que, entre janeiro e agosto de 2019, já foram roubados mais de 14 mil veículos na capital. Em todo o estado, foram 30 mil ocorrências registradas pela PM.

LEIA MAIS: Carros ficarão mais seguros em 2020. Veja a evolução ao longo dos anos

Variação no seguro

O estudo da Compara também revela a variação do seguro dos modelos mais roubados em São Paulo. A apólice do Onix encareceu 165% em 2019, enquanto HB20 e Voyage subiram 146% e 181%, respectivamente. O Gol teve uma elevação mais abrupta, de 250%, enquanto o Argo sobe 144%. Estes dados consideram um homem solteiro de 30 anos. Confira a lista da variação dos preços no seguro abaixo:


1 – Chevrolet Onix – 165%
2 – Hyundai HB20 – 146%
3 – VW Voyage – 181%
4 – VW Gol – 250%
5 – Fiat Argo – 144%
6 – Fiat Siena – 261%
7 – Renault Logan 176%
8 – Honda WR-V – 206%
9 – Ford Ranger – 174%
10 – Fiat Toro – 309%

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Carros com motor 1.4 são os que mais perdem valor no Brasil, diz KBB

Publicado

por

source
Chevrolet Prisma arrow-options
Roberto Assunção
O antigo Chevrolet Prisma contava com motor 1.4 em suas versões mais caras, LT e LTZ

O KBB Brasil, portal de análises do mercado automotivo, divulga um levantamento baseado no estudo da depreciação de mais de 300 veículos até ano e modelo 2019, comprovando que o tamanho do motor pode influenciar na perda de valor na hora da revenda. De acordo com a pesquisa, veículos equipados com motores 1.4 ( Chevrolet Onix /Cobalt, VW T-Cross) perdem -11,55% do valor.

LEIA MAIS: Veja os 5 carros mais difíceis de consertar, segundo o Car Group

Entre os carros mais populares, modelos com motor 1.2 (Peugeot 208 e Citroën C3, ambos da linha Puretech) são os que menos desvalorizam , com taxa de 6,45%. Em seguida, surgem os carros com motor 1.3 (Fiat Argo/Cronos, Toyota Yaris) com perda de -8,26% no valor.

LEIA MAIS: Carros ficarão mais seguros no Brasil em 2020. Veja a evolução ao longo dos anos

Fiat Argo Trekking arrow-options
Cauê Lira/iG Carros
O Fiat Argo Trekking é um dos poucos modelos equipados com motor 1.3 no mercado brasileiro

Na sequência, o estudo da KBB constatou que modelos 1.5 (Honda City/Fit, Toyota Yaris) perdem -8,65% do valor, enquanto os 1.0 que dominam o mercado desvalorizam -10,20%. Enfim, os tão desejados 2.0 (Honda Civic, Hyundai Creta e Toyota Corolla) perderam -10,48% do valor, ficando atrás dos modelos 1.6 (Renault Sandero, Hyundai HB20 e VW Polo) com -10,93% de desvalorização. Finalizando a lista, carros 1.8 (Jeep Renegade, Fiat Argo) perdem -10,99% do valor.

Leia mais:  Os prós e os contras do novo scooter Honda Elite 125

LEIA MAIS: Veja 5 motivos para levar o Chevrolet Cruze e não Toyota Corolla


Modelos premium desvalorizam menos

Honda Accord arrow-options
Renato Maia/Falando de Carro
Ao trocar antigo motor V6 por 2.0 turbo, o Honda Accord passa a desvalorizar menos

O estudo também constatou que os motores 3.8 (Hyundai Vera Cruz, Kia Sorento) são os que menos desvalorizam entre os carros premium, com -3,43%. Em seguida, surgem os 4.4 (BMW X4, X5) com -4,41%. Modelos premium com motor 2.0 (Audi A3, VW Jetta e Honda Accord) perdem -5,02%, seguidos pelos 2.5 (Audi RS3, VW Jetta Variant) com -6,63%.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana