conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Mato Grosso

GCF realiza reunião de transição com governadores da Amazônia Legal

Publicado

A Força Tarefa dos Governadores pelo Clima e Florestas (GCF) da Amazônia Legal brasileira realiza nos dias 29 e 30 de novembro, em Brasília, reunião para transição de Governadores e do Comitê Diretivo. Durante reunião realizada na Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), nesta terça-feira (13), o gestor da pasta, André Baby, oficializou à equipe de transição do governador eleito Mauro Mendes o convite para que o futuro gestor de Mato Grosso participe da agenda na capital federal.

No encontro em Brasília, os governadores em encerramento de mandato poderão apresentar os avanços, desafios e perspectivas da cooperação regional, enquanto os futuros chefes de Estado da Amazônia Legal poderão apresentar a visão para os próximos anos com foco nas oportunidades e desafios para o desenvolvimento e para o aumento da competitividade na região.

Investimento

Mato Grosso receberá cerca de 400 mil dólares, aproximadamente R$ 1,4 milhão no câmbio atual, do fundo criado pela Força-Tarefa dos Governadores para o Clima e Florestas (GCF Task Force) para impulsionar os compromissos firmados no acordo de Rio Branco. O anúncio oficial foi feito em setembro, na Califórnia (Estados Unidos da América), durante a reunião anual do grupo. O projeto “Valorizando as Florestas de Mato Grosso” foi apresentado por André Baby durante o encontro.

A proposta é promover a capacitação dos profissionais que participam dos debates sobre as mudanças climáticas, transparência, disponibilização das informações ambientais para a sociedade civil e apoio aos povos da floresta, principalmente comunidades indígenas. Além disso, o projeto prevê a elaboração de planos para que Mato Grosso possa enfrentar os adventos das mudanças climáticas

Sobre o GCF

O GCF é uma força tarefa subnacional que fornece a base para a cooperação em inúmeros assuntos relacionados a política climática, financiamento, troca de tecnologia e pesquisa. Um total de 38 estados e províncias do Brasil, Colômbia, Costa do Marfim, Equador, Espanha, Estados Unidos, Indonésia, México, Nigéria e Peru trabalham para construir programas jurisdicionais robustos que integrem políticas de REDD+ a outras ações que reduzam as emissões de gases causadores do efeito estufa. O grupo baseia-se na noção de que governos subnacionais fornecem oportunidades únicas para a inovação e a liderança políticas, e que os esforços bem-sucedidos para proteger as florestas, reduzir as emissões e melhorar a vida das pessoas devem ser baseados em programas jurisdicionais, em vez de projetos e atividades individuais.

Comentários Facebook

Cidades

Com ferro em brasa: Jovem marca nas costas nº 22 do partido de Bolsonaro

Publicado

Um jovem morador de Mirassol D’Oeste (204 km de Tangará da Serra) marcou com ferro em brasa o número 22 nas costas para “homenagear” o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

A atitude do jovem dividiu opiniões nas redes sociais e gerou várias críticas e piadas. Internautas de posicionamento político contra a gestão do atual presidente não economizaram em usar a palavra “gado” e outros sinônimos para reagir na foto do jovem.

Uma delas soltou “o gado já tá marcado”; outro usou “esse não some no meio da boiada”. Na lista de compartilhamentos da imagem há pessoas que moram no mesmo assentamento do jovem, o Roseli Nunes. A maioria delas vão contra a atitude do morador.

Segundo a imprensa local, o adolescente se marcou após um desafio entre amigos. Ele estaria em um leilão, ajudando na marcação dos gados, quando foi desafiado.

Mídia News

Continue lendo

Cidades

Mato Grosso tem a 4ª gasolina mais barata do país

Publicado

Mato Grosso tem o 4° preço mais barato do litro da gasolina no país, com R$ 6,99. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgados nesta terça-feira, 21.

O estado ficou em 16° lugar no ranking comparativo de maiores valores registrados do preço do combustível.

O valor em Mato Grosso está abaixo do preço médio do litro da gasolina no país, que ficou em R$ 7,232 na última semana. Os dados são referentes aos dias 12 a 18 de junho.

O preço médio mais alto foi verificado na Bahia (R$ 8,037). O maior valor cobrado foi encontrado foi no Rio de Janeiro (R$ 8,990). Já o menor foi registrado em um posto de São Paulo (R$ 6,170).

Em Mato Grosso, o preço mínimo registrado foi R$ 6,30 o litro. Como foi feita entre os dias 12 e 18 de junho, a pesquisa da ANP ainda não reflete totalmente o último reajuste anunciado pela Petrobras nas suas refinarias.

G1/MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana