conecte-se conosco



Tecnologia

Garoto de 8 anos ganha R$ 84 milhões por ano com seu canal no YouTube

Publicado


Menino de 8 anos tem canal sobre resenha de brinquedos e é o mais bem pago do YouTube
Reprodução/ YouTube

Menino de 8 anos tem canal sobre resenha de brinquedos e é o mais bem pago do YouTube

Uma nova personalidade milionária está crescendo no YouTube e o mais curioso: ele tem apenas oito anos. De acordo com a Revista Forbes , Ryan, do canal Ryan ToysReview, ultrapassou a personalidade Jake Paul e tornou-se o mais bem pago da internet, ganhando US$ 22 milhões (R$ 84 milhões) por ano.

Leia também: Manipulação de usuários na internet é tema da redação do Enem 2018

Com quase 26 bilhões de visualizações e mais de 17,3 milhões de inscritos, o canal do YouTube posta, quase diariamente, vídeos sobre críticas de brinquedos e foi criado pelos pais de Ryan, em 2015. De acordo com a estrela, em uma entrevista ao canal de televisão NBC , as crianças gostam dele por ser “engraçado e divertido”.

O lucro de Ryan, que não inclui pagamento de impostos e de agentes e advogados, dobrou em comparação a 2017. Segundo a
Forbes
, US$ 1 milhão dentre os US$ 22 milhões são provenientes de posts patrocinados e não de anúncios exibidos no início dos vídeos, o que é pouco se comparado ao de outros youtubers. Isso seria resultado da relutância da família em aceitar acordos que são propostos.

Apesar disso, um acordo feito com a rede Walmart deve ajudar a aumentar o lucro do canal no próximo ano. A franquia começou a vender roupas e brinquedos com a marca Ryan’s World, sendo que um vídeo promocional postado no canal do menino teve 14 milhões de acessos em três meses.

Leia mais:  Tecnologia 4G já é utilizada por mais de 50% dos usuários brasileiros

Leia também: Acumulou! Ninguém acerta na Mega-Sena e prêmio pode chegar a R$ 10 milhões

Por mais que o menino tenha grande lucro mensal, como ele ainda é uma criança, 15% dos seus ganhos são destinados a uma conta bancária que só poderá ser acessada quando o garoto já for adulto.

As resenhas feitas por Ryan dos brinquedos trazem significativos resultados para as lojas infantis. Um brinquedo anunciado pelo garoto em seu canal pode acabar nas lojas em pouco tempo.  

Mas Ryan não é o único da família a fazer vídeos. Em outro canal chamado Ryan’s Family Review, suas irmãs gêmeas também aparecem. Apesar da grande visibilidade dos canais, pouco da vida privada da família é conhecido, sendo que o nome completo e o lugar em que o garoto vive são informações que nunca foram reveladas.

Leia também: Vencedor da Mega-Sena não aparece para receber prêmio e perde R$ 22 milhões

De acordo com o ranking da Forbes, além de Ryan ToysReview, em primeiro lugar e Jake Paul em segundo, o canal Dude Perfect , em terceiro, com o faturamento de US$ 20 milhões, e o jogador de Minecraft, Daniel Middleton, em quarto lugar, faturando US$ 16,5 milhões, também apareceram na lista de milionários do YouTube.

Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Instagram libera recurso de troca de mensagens por áudio; veja como mandar

Publicado

por


Áudio do Instagram poderá ser enviado por meio das mensagens diretas
Reprodução

Áudio do Instagram poderá ser enviado por meio das mensagens diretas

O Instagram passou a permitir, nesta segunda-feira (10), o envio de mensagens por áudio por meio das mensagens diretas, as ‘Directs’. O recurso já está disponível para usuários de Android e iOS no Brasil e chega aos poucos para usuários em todo mundo.

Leia também: Lembra dele? Google+ será encerrado após vazar dados de 52,5 milhões de usuários

Para enviar o áudio no Instagram , basta segurar o ícone do microfone que aparece no campo de texto dentro da conversa. Ao soltá-lo, a gravação que aparece em um balão azul com uma espécie de onda sonora será enviada. 

Ao contrário das fotos, que podem se autodestruir, os áudios ficam visíveis para sempre, mas só poderão ter até um minuto de duração, diferentemente do que acontece no WhatsApp , onde é possível enviar áudios de maior duração. 

O Instagram e o WhatsApp são empresas do Facebook , e nos últimos meses o grupo tem compartilhado mecanismos entre os programas, como adicionar o Stories tanto no Messenger quanto no WhatsApp. Logo, a adição dos sistemas de voz no Instagram pode ser uma contrapartida aos outros dois aplicativos, que já permitem envio de mensagens por áudio.

Leia mais:  Google divulga os melhores aplicativos do ano; confira os ganhadores

Leia também: Nokia, Iphone, Android: o WhatsApp vai parar de funcionar no seu celular?

Outra novidade estudada para os próximos meses, segundo o site WABetaInfo , é a transformação do feed em algo similar aos stories do próprio Instagram; as informações passariam a ser mostradas na horizontal e seriam baseadas em gestos, com cartões substituindo a tradicional lista de publicações, adotando fotos e vídeos sendo exibidos lado a lado, em uma fileira horizontal que revela mais conteúdo ao deslizar o dedo sobre a tela para os lados.

Recentemente, foi lançado também o “Close Friends ” ou “Amigos Próximos”, que permite enviar os Stories a um grupo selecionado de amigos, que veem o círculo que indica uma nova atualização na coloração verde, mostrando que seu amigo o incluiu em sua lista de melhores amigos, que podem ver aquele conteúdo específico.

Leia também: Em resposta ao YouTube Stories, Instagram lança novidade em sua plataforma

Para enviar áudio no Instagram e usar as novas ferramentas de modo geral, é preciso atualizar o aplicativo, seja na versão para Android ou iOS.

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Nokia, Iphone, Android: o WhatsApp vai parar de funcionar no seu celular?

Publicado

por


WhatsApp deixará de funcionar em alguns aparelhos telefônicos a partir de 1º de janeiro de 2019
shutterstock

WhatsApp deixará de funcionar em alguns aparelhos telefônicos a partir de 1º de janeiro de 2019

O aplicativo de mensagens WhatsApp divulgou, nesta segunda-feira (10), a lista de celulares em que seu serviço não estará mais disponível nos próximos anos. Aparelhos com sistema operacional S40, da Nokia, 2.3.7 do Android e Iphone 4, da Apple, estão inclusos. 

Leia também: Algum conhecido pediu dinheiro pelo WhatsApp? Cuidado: pode ser um clone

A partir de 2020, apenas telefones Android com sistema operacional 4.0 ou superior; iPhone com iOS a partir do 8; Windows Phone 8.1 ou superior e JioPhone ou JioPhone 2 poderão utilizar o WhatsApp

De acordo com a empresa, que reúne, atualmente, mais de 1,5 bilhão de usuários, a prioridade é ficar com as “plataformas de telefonia móvel usadas pela grande maioria das pessoas”.

O desligamento do serviço começa já no ano que vem. O aplicativo informou que os usuários que utilizam o sistema operacional Nokia S40 só vão conseguir acessar o WhatsApp até 31 de dezembro de 2018.  Entre os celulares que ainda utilizam essa tecnologia, estão o Nokia 206 e 208, Nokia 301, Nokia 515 e grande parte da série Nokia Asha C3, X2 e X3. 

A partir de 2020, WhatsApp sai de algumas versões dos sistemas Android e IOS


Iphone 4 e Android 2.3.7 não terão mais serviço de WhatsApp
Creative Commons

Iphone 4 e Android 2.3.7 não terão mais serviço de WhatsApp

O aplicativo também adiantou algumas mudanças para 2020. Segundo o WhatsApp, a partir de 1º de fevereiro de 2020, o serviço não vai mais funcionar para usuários do Iphone 4, da Apple.

Leia mais:  Versão censurada do Google deve ser lançada na China, revela site The Intercept

Leia também: Feed do Instagram na horizontal como os stories? É possível! Entenda

Até lá, ainda será possível usar, contanto que a conta já esteja criada. Atualmente, o aplicativo não permite mais a inicialização de novas contas neste modelo de aparelho ou para usuários que usem o iOS 7 ou qualquer outra versão anterior do sistema operacional da Apple.

“O WhatsApp para iPhone requer [um sistema operacional] iOS 8 ou posterior. No iOS 7.1.2, não é mais possível criar novas contas ou verificar contas existentes. Se o WhatsApp já estiver ativo no seu dispositivo, você poderá usá-lo até 1º de fevereiro de 2020. O iOS 6 ou anteriores não são mais compatíveis”, diz a publicação no site da empresa.

Leia também: Lembra dele? Google+ será encerrado após vazar dados de 52,5 milhões de usuários

A mesma coisa vai acontecer para usuários do software Android 2.3.7, conhecido como “Gingerbread”, ou suas versões anteriores – que, de acordo com o Google, ainda são utilizados por cerca de 6 bilhões de pessoas no mundo. Aqui, o WhatsApp também só funcionará  até 31 de janeiro de 2020.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana