conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Polícia

Gap e Força Tática prendem quadrilha e apreendem 160 quilos de maconha

Publicado


Na manhã desta  terça-feira (23.02) policiais do Gap (Grupo de Apoio)  do 24 º Batalhão e Força Tática prenderam cinco pessoas por tráfico de drogas, em Cuiabá. Na ação da Polícia Militar, os policiais apreenderam 160 quilos de maconha. Quatro homens (27,26, 22 e 20 anos)  e uma mulher (26) foram presos em flagrante. O entorpecente seria comercializado no bairro Pedra 90. 

Por volta das 07h, a equipe do Gap recebeu uma denúncia de que havia uma casa com droga, e que inclusive, o forte odor do entorpecente estaria exalando no bairro Praeirinho. O denunciante relatou ainda, que a droga estaria na casa de uma mulher, e que  ela mais alguns indivíduos iriam transportar o entorpecente em uma caminhonete S10, pois a droga seria comercializada no bairro Pedra 90.

Os policiais foram checar a denúncia, na Rua Maria da Conceição, e avistaram um dos suspeitos em frente a residência. Equipes da Força Tática tentaram abordar o homem, mas ele dispensou algo no chão, tentou fugir. 

Os policiais  ordenaram ao suspeito que ele parasse,mas  o homem desobedeceu a ordem, vindo a pular o muro de algumas casas do bairro. O suspeito foi capturado e tentou agredir um dos policiais da equipe, mas foi imobilizado com algemas.  Na ação, a PM apreendeu um tablete de maconha.

Ainda em diligências, policiais do  Gap adentraram na residência  e localizaram  mais dois suspeitos. Durante buscas no imóvel, a polícia apreendeu 16 tabletes inteiros e metade de três tabletes de maconha. 

Na casa denunciada, que pertencia a uma mulher, a PM apreendeu mais 90 tabletes de maconha, a substância estava potencializada, para ser comercializada como “ super maconha ou skank ” e outras porções de entorpecentes encontrados em um quarto da casa. 

A suspeita foi presa e confessou que estaria guardando a droga na casa de sua avó para o marido que acabou preso pela PM na mesma ação policial. Os policiais seguiram até a casa do suspeito apontado pela mulher, e prenderam mais um suspeito, que seria um dos indivíduos, denunciado pela comercialização no bairro Pedra 90. Na diligência, a PM apreendeu meio tablete de entorpecente debaixo da cama do homem e o veículo S10. 

A droga foi apreendida e os suspeitos conduzidos à delegacia. A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil. 

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque – denúncia 0800.65.39.39. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. 

Fonte: PM MT

Comentários Facebook

Polícia

Armas de fogo e réplica são apreendidas em Sinop e Rondonópolis

Publicado

por


Policiais militares apreenderam no domingo e manhã desta segunda-feira (07 e 08.03), três armas de fogo e uma réplica de espingarda em Sinop e Rondonópolis. Três homens foram detidos em flagrante.  

Duas ocorrências foram atendidas por policiais do 11º BPM de Sinop. Na primeira, o suspeito detido foi pego na Comunidade Água Claras  com uma espingarda e uma garrucha, além de várias munições. O seu enteado o denunciou alegando te sido agredido.

Na segunda, o homem foi detido com uma pistola calibre 380 com 11 munições intactas. Ele foi denunciado por vizinhos por ter feito vários disparos para intimidar os moradores.

Em Rondonópolis, no bairro Sumaré, os policiais da 14ª Companhia de Força Tática realizavam patrulhamento e viram o homem carregando uma espingarda. Imediatamente, foi abordado e descoberto que a arma seria uma réplica. O suspeito tinha em seu bolso porções de maconha, além de ser monitorado por tornozeleira eletrônica. O aparelho estava desligado.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Continue lendo

Polícia

Polícia Civil lamenta morte do investigador aposentado Enivaldo Pinto

Publicado

por


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso lamenta o falecimento do investigador aposentado Enivaldo Pinto de Oliveira, 55 anos.  O policial civil faleceu no último sábado, 6 de março, em Pontes e Lacerda, em decorrência de complicações de saúde causadas pela covid-19

Enivaldo atuou durante muitos anos na Delegacia de Pontes e Lacerda.

Ele era natural de Cuiabá e ingressou na instituição em agosto de 1986, aos 20 anos de idade.

O corpo de Enivaldo foi sepultado na cidade onde serviu durante sua vida à Polícia Civil.

Aos familiares, amigos e colegas de trabalho do investigador, a Polícia Civil mato-grossense presta condolências.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana