conecte-se conosco


Economia

Funcionários dos Correios fazem greve nacional por tempo indeterminado

Publicado

Correios arrow-options
Divulgação / Sintect-MA

Greve nacional foi iniciada na madrugada desta quarta-feira

No início da madrugada desta quarta-feira (11), os trabalhadores dos Correios entraram em greve nacional por tempo indeterminado. Os funcionários dizem que o governo e a direção da estatal querem reduzir salários e benefícios para diminuir custos e privatizar os Correios.

Leia também: Frota diz que Carlos Bolsonaro age como se fosse o presidente e deveria se calar

A categoria é contra a proposta de reajuste salarial de 0,8% feita pelos Correios . Além disso, os funcionários criticam retirada de pais e mães do plano de saúde, a exclusão do vale cultura, a redução do adicional de férias de 70% para 33% e o aumento da mensalidade do convênio médico e da coparticipação em tratamentos de saúde.

“A empresa quer retirar benefícios que vão trazer um prejuízo anual ao trabalhador entre 7 e 8 mil reais. Não estamos nem pedindo aumento real do salário, apenas a reposição da inflação e a manutenção dos benefícios”, diz Pedro Alexandre, diretor de imprensa dos sindicato dos Correios no Rio.

A federação nacional do sindicato dos Correios diz que assembleias em São Paulo, Rio de Janeiro, Bauru, Tocantins e Maranhão aprovaram a greve .

Em nota, os Correios dizem que participaram de dez encontros na mesa de negociação com os representantes dos trabalhadores , quando foi apresentada a real situação econômica da estatal e propostas para o Acordo dentro das condições possíveis, considerando o prejuízo acumulado na ordem de R$ 3 bilhões. Mas as federações, no entanto, expuseram propostas que superam até mesmo o faturamento anual da empresa, “algo insustentável para o projeto de reequilíbrio financeiro em curso pela empresa”.

Leia também: Dodge defende cassação de mandato da senadora “Moro de saias”

“No momento, o principal compromisso da direção dos Correios é conferir à sociedade uma empresa sustentável. Por isso, a estatal conta com os empregados no trabalho de recuperação financeira da empresa e no atendimento à população”, finaliza a nota.

Comentários Facebook

Economia

Quina acumulada: veja os números sorteados nesta terça

Publicado

por


source
Quina está acumulada
Reprodução

Quina está acumulada

O concurso 5331 da Quina desta terça-feira (4), tem um prêmio estimado em R$ 3,5 milhões. As dezenas sorteadas foram:

34 – 49 – 59 – 70 – 74

A Caixa ainda não informou se houve ganhadores deste sorteio.

Como apostar

Para apostar na Quina , o participante deve escolher de 5 a 15 números dentre os 80 disponíveis nas lotéricas credenciadas pela Caixa , ou no site especial de loterias do banco.

Ganham prêmios quem acerta de 2, 3, 4 ou 5 números. Além disso, a pessoa pode concorrer com a mesma aposta por 3, 6, 12, 18 ou 24 concursos consecutivos com a Teimosinha .

Segundo a Caixa , ninguém acertou as cinco dezenas sorteadas na última segunda (3). Os números sorteados foram: 01 – 04 – 20 – 25 – 76

A aposta mínima na Quina custa R$ 2,00. Os sorteios da Quina são realizados, normalmente, de segunda-feira a sábado, às 20h.

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Polícia Federal fecha 12 rádios piratas em São Paulo

Publicado

por


source
pf
Agência Brasil

Polícia Federal realizou operação em São Paulo nesta quarta

Nesta terça-feira (4), a  Polícia Federal realizou o desmonte de 12 rádios piratas que operavam no interior do Parque Estadual da Cantareira, em trechos localizados na capital paulista e no município de Mairiporã.

A Operação Mayday desarticula uma organização criminosa de exploração clandestina de radiofrequência. Na manhã desta quarta, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão na capital, expedidos pelo juízo da 1 º Vara Federal Criminal da Subseção Judiciária.

Os transmissores estavam instalados na mata. Além da atuação do grupo tático da PF, a ação teve o trabalho de fiscais da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Depois de registradas interferências em comunicações aéreas, investigações da PF começaram em dezembro de 2019 para apuração. Os policiais suspeitam que agentes públicos tenham vazado informações sigilosas sobre operações anteriores desencadeadas para o fechamento das rádios clandestinas.

Os investigados responderão pelos crimes de violação de sigilo funcional, desenvolvimento clandestino de atividade de telecomunicações e furto de energia – porque as rádios funcionavam com ligações clandestinas à rede elétrica.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana