conecte-se conosco


Esportes

Flamengo continuará pagando salários das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu

Publicado


Nesta segunda-feira (11), representantes do Flamengo deverão participar de uma reunião no Ministério Público para tentar esclarecer o que ocorreu
Tomaz Silva/Arquivo/Agência Brasil

Nesta segunda-feira (11), representantes do Flamengo deverão participar de uma reunião no Ministério Público para tentar esclarecer o que ocorreu

A diretoria do Flamengo comprometeu-se a manter o pagamento dos salários às vítimas do incêndio de sexta-feira (8) em um dos alojamentos do clube, no Ninho do Urubu, como é conhecimento popularmente o Centro de Treinamento Presidente George Helal. A informação está em nota divulgada pelo clube neste domingo (10).

Leia também: Presidente do Flamengo lamenta mortes: “Maior tragédia do clube em 123 anos”

“O Flamengo gostaria de reiterar que, independentemente de qualquer investigação, vem prestando todo o amparo às famílias dos atletas vitimados pela tragédia ocorrida no centro de treinamento, assim como aos feridos e sobreviventes. Neste momento, o clube, de pleno, assume o compromisso de manter a remuneração paga aos atletas vítimas do incêndio, sem qualquer prejuízo de outras ações adicionais de apoio que estão sendo implementadas”, diz a nota.

Em outro trecho da nota, a diretoria do Flamengo ressalta que, de acordo com a empresa NHJ, responsável pelo alojamento de contêiner , a espuma usada no isolamento térmico e acústico não era inflamável. “Vale ressaltar que representantes da empresa NHJ – em reunião realizada na manhã deste domingo, na sede da Gávea – esclareceram que o poliuretano utilizado entre as chapas metálicas não é propagador de incêndios, por ter característica auto-extinguível.”

Leia mais:  Adversário do Atlético-MG na Libertadores, Danúbio tem sede invadida no Uruguai

Leia também: Ao som de “Parabéns a você”, jovem vítima de incêndio no Flamengo é enterrado

Nesta segunda-feira (11), representantes do Flamengo deverão participar de uma reunião no Ministério Público (MP) para tentar esclarecer o que ocorreu no Ninho do Urubu . Também estarão presentes à reunião representantes de diversos outros órgãos da Justiça e da prefeitura do Rio.

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, já havia dado a entender que daria amparo às famílias das vítimas. “Obviamente estamos todos consternados. Essa é a maior tragédia que esse clube passou nos últimos 123 anos (anos de existência do clube, fundado em novembro de 1895)”, disse o mandatário do clube, eleito recentemente.

“O mais importante agora é a gente se dedicar a tentar minimizar o sofrimento de todas essas famílias. O Flamengo está cuidando disso e estamos fazendo com que isso seja minimizado ao máximo”, completou o cartola.

As chamas tomaram conta do alojamento dos jogadores do base do Flamengo , no centro de treinamento Ninho do Urubú, ocalizado em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, na madrugada desta sexta-feira (8). Dez atletas com idades entre 14 e 15 anos acabaram morrendo no incêndio. Três seguem internados, um deles em estado grave.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Etíope de 19 anos quebra recorde mundial que durava duas décadas no atletismo

Publicado

por


Samuel Tefera bateu o recorde mundial da prova de 1.500 m indoor em competição de atletismo
Getty Images

Samuel Tefera bateu o recorde mundial da prova de 1.500 m indoor em competição de atletismo

Neste sábado (16) mais um recorde do atletismo foi batido. O etíope Samuel Tefera, de 19 anos, bateu o recorde mundial dos 1.500 metros durante a prova de Indoor disputada no Müller Indoor Grand Prix, em Birmingham, na Inglaterra.

Leia também:  Maior torneio de tênis da América do Sul, Rio Open 2019 começa nesse sábado

O jovem terminou o percurso no tempo de 3’31’’04, superando a marca do atletismo registrada pelo marroquino Hicham El Guerrouj, em Stuttgart, na Alemanha no ano de 1997. Na ocasião Guerrouj terminou a prova em 3’31’’18.

Tefera já tinha vencido uma corrida na mesma pista de Birmingham no início do ano passado.

O segundo colocado na prova de hoje foi Yomif Kejelcha, seu compatriota. O pódio ainda contocou com Josh Kerr, o melhor britânico da prova, que ficou em quarto lugar com o tempo de 3’35’’72.

Samuel Tefera é o atual campeão mundial nos 1.500 metros ao ar livre. Na competição que aconteceu também em Birmingham, em maio de 2018, ele percorreu o trajeto em 3’31’’63. Destaque na última temporada, Tefera também alcançou um 5º lugar nos 1.500 metros no Campeonato Mundial sub-20.


Tefera bateu recorde mundial na categoria 1.500m indoor do atletismo em Birmingham
Getty Images

Tefera bateu recorde mundial na categoria 1.500m indoor do atletismo em Birmingham

Leia também:  Comissário da NBA apresenta ‘camisa do futuro’ antes do All-Star Game 2019

Leia mais:  Pode até parecer contraditório, mas crossfit é, sim, um esporte para todos

Na atual temporada do atletismo, o jovem Tefera disputou outras duas provas e venceu ambas. A primeira no dia 06 de fevereiro, na Polônia, com o tempo de 3’35’’57 e a outra na semana passada, dia 10 de fevereiro, na França, com o tempo de 3’36’’72.

Após o recorde mundial do etíope, o Müller Indoor Grand Prix, termina hoje e teve provas de salto com vara feminino, salto a distância, corrida com barreiras e outras modalidades divididas entre homens, mulheres e categorias de base (sub-13, sub-15 e sub-17).

Leia também: Prefeitura do Rio interdita Ninho do Urubu; veja quais são as irregularidades

O próximo Mundial Indoor de atletismo  está marcado para acontecer na Polônia entre os dias 24 a 30 de março e Samuel Tefera deve se apresentar novamente para confirmar a boa fase de sua carreira.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Maior torneio de tênis da América do Sul, Rio Open 2019 começa neste sábado

Publicado

por


Rio Open 2019 começa neste sábado (16) e vai até domingo (22)
Reprodução/ Instagram

Rio Open 2019 começa neste sábado (16) e vai até domingo (22)

Neste sábado, no Jockey Clube Brasileiro, na Gávea, começa o Rio Open 2019. O torneio de tênis realizado entre os dias 16 e 22 de fevereiro é o maior da América do Sul e o primeiro ATP World Tour 500 já realizado no Brasil.

Leia também:  Comissário da NBA apresenta ‘camisa do futuro’ antes do All-Star Game 2019

Em todas as edições os organizadores da Rio Open 2019 trazem nomes conhecidos do tênis mundial. Durante os próximos dias, os torcedores poderão assistir a Dominic Thiem, Fabio Fognini, Marco Cecchinato, Diego Schwartzman e muitos outros.

Entre hoje e amanhã acontecerão as classificatórias, a partir das 16h (horário de Brasília), com os brasileiros Rogério Dutra, Mateus Alves, Thomaz Bellucci, Natan Rodrigues e Rafael Matos.

A partir de segunda-feira acontecem as rodadas de ATP Simples masculino e a decisão será no próximo domingo, as 17h00. A final da disputa de duplas acontecerá no sábado (23).

O Rio Open 2019 não terá disputa entre mulheres, mas dois dos maiores nomes do tênis feminino do Brasil entrarão em quadra neste domingo (17).

Leia também: ‘Majestoso pra quem?’, colunista fala sobre jogo entre Corinthians e São Paulo

Teliana Pereira formará dupla com Bruno Soares e Marcelo Melo, juntamente com Bia Haddad Maia, farão uma apresentação na quadra 01 durante as rodadas de qualificação.

Leia mais:  Com oito brasileiros na disputa, Libertadores 2019 começa nesta terça-feira

A alagoana Teliana tem 30 anos de idade e é a tenista feminina número 02 do Brasil. Ela iniciou a carreira em 2005 e dez anos depois chegou ao seu melhor posicionamento no ranking da WTA, um 43º lugar.

Já Bia, de 22 anos, é a melhor brasileira do  tênis feminino na atualidade. A paulista iniciou a carreira aos cinco anos e desde então vem sendo destaque no esporte. Ela é a 58ª no ranking da WTA, a melhor posição que já alcançou.

Além da exibição de duplas mistas, os doi grandes nomes do tênis masculino do Brasil, Marcelo e Bruno, formarão dupla para a disputa do Rio Open. Antigos parceiros, eles participam de torneios internacionais formando duplas com Lukasz Kubot e Jamie Murray, respectivamente.

Leia também:  Federação Internacional de Boliche busca vaga nos Jogos Olímpicos de 2024

Para maiores informações sobre a programação do Rio Open 2019, clique aqui .

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana