conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Polícia

Filho que mantinha idosa de 93 anos sob condições insalubres é autuado em flagrante por maus tratos e cárcere privado

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um idoso de 60 anos foi autuado em flagrante pela Polícia Civil, na quarta-feira (01.12), pelos crimes de maus tratos e cárcere privado contra a mãe dele, de 93 anos. O suspeito foi encaminhado ao Plantão 24h de Atendimento a Vítima de Violência Doméstica e Sexual, em Cuiabá, após a mãe ser encontrada em estado bastante debilitado de saúde e sem cuidados.

Vizinhos da idosa denunciaram e a Polícia Militar chegou à residência, no bairro Morada do Ouro, onde foi necessário arrombar a porta para retirar a vítima, que estava em condições insalubres e bastante debilitada.

A idosa foi encontrada em um sofá, sem qualquer cuidado higiênico e sem receber alimentos. O Samu foi acionado para fazer o atendimento e encaminhou a vítima a uma unidade de saúde. Conforme relatório informado ao Plantão de Vítimas de Violência, a idosa apresenta um quadro de desnutrição e desidratação, além de apresentar ferimentos pelo corpo.

O local estava em condições insalubres e na geladeira só havia água e uma marmita com restos de comida azeda.

Quando a idosa estava sendo removida pela ambulância do Samu, o suspeito chegou à residência agressivo e gritando com a mãe, quando então detido e encaminhado ao Plantão 24h da Polícia Civil. Ele foi autuado em flagrante por maus tratos e cárcere privado.

Os crimes serão investigados pela Delegacia Especializada de Delitos Contra a Pessoa Idosa.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Polícia

Foragido por homicídio ocorrido há cinco anos em Cuiabá é preso em MS

Publicado

por


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Um foragido por um homicídio ocorrido há quase seis anos, em Cuiabá, foi preso nesta quinta-feira (27.01), em Mato Grosso do Sul, após trabalho investigativo da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa da Capital para localizá-lo.

A.LA., de 65 anos, foi localizado em Campo Grande, após apuração da equipe do Núcleo de Inteligência da Delegacia de Homicídios de Cuiabá, que entrou em contato com a Polícia Civil do estado vizinho, que então realizou a prisão do foragido.

Em 2018, a DHPP deflagrou uma operação para prendê-lo e desde então, o autor do crime fugiu para Mato Grosso do Sul. Ao ser preso nesta quinta-feira, ele apresentou, inicialmente, um nome falso.

O crime ocorreu em agosto de 2016, no bairro Nova Esperança 2, na região do Distrito Industrial de Cuiabá. A vítima, Júlio César Barbosa Marinho, era usuária de drogas e supostamente havia furtado a oficina mecânica do autor do crime que, então, ameaçou o rapaz de morte e depois cometeu o crime. A vítima era filho de um vizinho do autor do crime.

Outra prisão

Na quarta-feira (26), a atuação do Núcleo de Inteligência da DHPP da Capital possibilitou a localização de um foragido da Justiça de Santa Catarina. L.M. estava com mandado de prisão decretado pela Comarca de Concórdia por tráfico de drogas.

A Polícia Civil catarinense solicitou apoio da DHPP e após contato com a Delegacia de Juína, foi possível localizar o foragido na cidade e realizar o cumprimento do mandado. Ele era procurado há anos pela polícia de Santa Catarina e se escondeu no noroeste de Mato Grosso.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Polícia

Após troca de informações entre Polícias, autor de latrocínio ocorrido em 2003 em Confresa é preso em SP

Publicado

por


Assessoria/Polícia Civil-MT

O autor de um crime de latrocínio ocorrido há aproximadamente 19 anos no município de Confresa (1.160 km de Cuiabá) teve o mandado de prisão cumprido, nesta quinta-feira (27.01), em uma ação conjunta das Polícias Civis de Mato Grosso, Pará e São Paulo. O suspeito, de 45 anos, que estava com o mandado de prisão expedido pela 3ª Vara Criminal de Porto Alegre do Norte, foi localizado no município de Barueri, Estado de São Paulo.

O crime ocorreu no ano de 2003 na cidade de Confresa quando o suspeito acionou a vítima, que trabalhava como mototaxista, para levá-lo até a zona rural do município. Durante o trajeto, o suspeito anunciou o assalto e efetuou vários golpes de faca contra a vítima, que não resistiu aos ferimentos.

Logo após os fatos, a Polícia Civil iniciou as investigações conseguindo chegar a identificação do suspeito, sendo o procedimento remetido ao Poder Judiciário. O investigado foi processado e condenado, tendo o mandado de prisão expedido pela Justiça. Porém, desde então o suspeito era considerado foragido.

As investigações em buscas do foragido retomaram há alguns dias, após familiares da vítima procurarem a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Confresa, falando sobre o mandado de prisão em aberto de longa data e a esperança em ver o autor do crime preso.

Iniciada as investigações, coordenadas pelo delegado da Derf Confresa, Bruno Gomes Borges, os policiais da unidade conseguiram informações de que o foragido poderia estar no Pará, iniciando a troca de informações com a Polícia Civil do estado. Nas checagens realizadas no Pará, foi descoberto que o suspeito já havia deixado o estado e que provavelmente estava morando no estado de São Paulo.

Novamente houve o compartilhamento de informações, dessa vez entre as Polícias Civil de Mato Grosso, Pará e São Paulo, sendo possível identificar o paradeiro do foragido na cidade de Barueri (SP). Com a informação, os policiais civis de São Paulo deram cumprimento ao mandado de prisão contra o procurado, nesta quinta-feira (27), quase 19 anos após o crime.

“Mediante troca de informações entre as unidades, e após os levantamentos  policiais foi possível capturar o autor desse crime bárbaro contra um homem que era arrimo de família, e sustentava a família, como mototaxista e perdeu sua vida durante o trabalho”, disse o delegado. 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana