conecte-se conosco


Tangará da Serra

Filha procura por pai que há 18 anos saiu de Alagoas e pode estar em Tangará

Publicado

Jardilene Quitéria Silva dos Santos, 29 anos,  é da cidade de Maceió (Alagoas)  e está à procura de seu pai, Fernando dos Santos, que segundo informações recebidas, estaria em Tangará da Serra. Jardilene contou ao Bem Notícias que há 18 anos está sem nenhum contato do pai, que é natural de Maribondo (Alagoas) e hoje tem aproximadamente 50 anos de idade.  “Pelos registros oficiais a informação que tenho é que ele foi trabalhar em Mato Grosso desde 2002, e de lá para cá não tenho mais nenhuma notícia dele”, afirma a filha.

Ela explica que o pai se separou de sua mãe entre os anos 1998 e 1999, quando Jardilene tinha ainda 9 anos de idade. E após a separação continuou frequentando sua casa para visitar ela e o irmão. Em 2002, aos 12 anos de idade Jardilene viu pela última vez o pai e até então não teve mais contato com ele.

Recentemente Jardilene procurou a família de seu Fernando que mora na cidade de Maribondo, mas ninguém sabia do paradeiro dele. “Os pais dele inclusive já faleceram (…) em Maribondo cheguei a divulgar em uma rádio mas ninguém se manifestou”, afirma.

Mas a busca pelo paradeiro do pai segue firme. Na semana passada ela foi até a Caixa Econômica em sua cidade resolver um problema e como tem o número do PIS  de seu pai pediu para que fosse verificado se havia alguma movimentação. “ (…) queria saber se ele estava vivo.  A Caixa me deu um relatório informando a movimentação do FGTS na conta dele que teria ocorrido em 2002 (primeira movimentação) e a última em fevereiro desse ano” afirma.

Jardilene foi informando ainda pela Caixa que a primeira empresa que ele trabalhou em Tangará da Serra, foi a Calcário Tangará, no ano de 2004. E a última, seria na Fazenda Harmonia, até fevereiro desse ano. “Liguei na Calcário e me  disseram que conforme a ficha,  ele morava na Rua 18 no bairro Vila Esmeralda, mas não havia telefone no cadastro”, diz.

A foto divulgada é antiga, no entanto, Jardilene diz que é possível reconhecer pelas características. “Quem tiver alguma informação, por favor me ajude, entre em contato. Quero muito saber como está meu pai”, pede. Telefone para contato (82) 8739-1373 (Jardilene)

Comentários Facebook

Tangará da Serra

Motorista com sinais de embriaguez colide em carreta na MT-358 em Tangará

Publicado

Um motorista com sinais de embriaguez, colidiu o carro que conduzia, em uma carreta na tarde desta quarta-feira (29) na MT-358 sentido a Tangará da Serra.

Segundo testemunha, o homem perdeu o controle da direção invadiu a pista contrária e colidiu na lateral da carreta. Ele era o único ocupante do veículo e sofreu ferimentos leves. O motorista da carreta não se feriu. Com a batida o carro ficou parcialmente danificado.

Se comprovado que o condutor ingeriu bebida alcoólica além do teor permitido, ele poderá ser autuado pelo crime de trânsito, que prevê pena de seis meses a três anos de prisão, multa e suspensão ou proibição de se obter a a habilitação para dirigir.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

1º Ano Oncologia Unimed: Na luta contra o câncer, ‘Sino da Alegria’ é símbolo da superação

Publicado

No núcleo de Oncologia e Centro de Infusão da Unimed Vale do Sepotuba, quando o paciente termina seu tratamento, a equipe leva-o até o Sino da Alegria. Uma forma carinhosa de dizer ao paciente que ele venceu.

Para o gestor Sr. Raul Tarcisio, o momento final do tratamento precisa ser celebrado. “Quando o paciente inicia o tratamento uma das primeiras curiosidades é sobre o tempo que isso levará, e então eles começam contar os dias para o término, e quando esse dia chega, eles se emocionam muito. Não poderia passar em branco” Afirma Raul.

Tratamento humanizado foi a proposta da Unimed Vale do Sepotuba desde o início da implantação dos serviços em Tangará da Serra. Estar próximo da família e ser cuidado por uma equipe técnica comprometida com o bem estar do cliente, faz toda a diferença na vida do paciente. Além do câncer, outras patologias autoimunes são tratadas pelo núcleo, que em seu primeiro ano já atendeu mais de 200 pacientes em Tangará da Serra, evitando o desgaste de longas viagens para tratamentos.

Cuidar bem é estar juntos em todos os momentos da vida. Essa é frase usada para celebrar o 1º ano do Núcleo de Oncologia e Centro de Infusão.

 

 

Fonte:Assessoria de Imprensa/Marketing

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana