conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Mato Grosso

FCO disponibiliza R$ 320 milhões em crédito para setores empresarial e rural de Mato Grosso

Publicado


O Fundo Constitucional de Financiamento do Centro Oeste (FCO) vai disponibilizar R$ 320,7 milhões em linhas crédito para empresários e produtores rurais de Mato Grosso. O aporte financeiro deve gerar 2.155 empregos diretos e indiretos nos setores rural e empresarial de Mato Grosso.

Os financiamentos foram aprovados nesta terça-feira (05.04), durante a 13ª reunião extraordinária do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Codem), constituído pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Sedec-MT) e parceiros.

O Colegiado deferiu 55 cartas-consulta em ambas as modalidades. No FCO Empresarial foram autorizados 16 projetos, nos quais serão aplicados em R$ 191,6 milhões em recursos, o que vai gerar 1.851 empregos diretos e indiretos, no Estado. Entre os contemplados pelo programa estão sete pequenas empresas, sete pequenas-médias empresas, uma empresa média e uma grande empresa.

O FCO Rural teve 39 projetos aprovados que totalizaram R$ 129,1 milhões em crédito, valor que será responsável pela criação de 304 empregos diretos e indiretos. A modalidade teve 13 projetos habilitados para pequenos produtores, 15 para pequenos-médios produtores, 10 médios produtores e 1 para médio-grande produtor.

Entre as aprovações com recursos do Fundo do Centro-Oeste está o projeto da empresa Icofort Agroindustrial S/A que está instalando em Nova Mutum uma fábrica para extração, refino envase de óleo de algodão, produção de manteiga a partir do caroço do algodão e de ingredientes para nutrição animal. A indústria irá gerar 803 empregos diretos e indiretos.

“A instalação de uma indústria desse porte em Mato Grosso comprova a verdadeira mudança no perfil econômico do Estado, já que permite a industrialização de nossas matérias-primas e a geração de emprego da região”, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico e presidente do Codem, César Miranda.

Ele enfatiza ainda que as contratações do FCO chegaram a mais de 99% do nosso Estado, fator que tem assegurado desenvolvimento a todas as regiões mato-grossenses.

Investimento

Somente neste primeiro trimestre de 2022, o Codem já liberou R$ 506,7 milhões em créditos do FCO para produtores rurais e empresários de Mato Grosso.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Cidades

Com ferro em brasa: Jovem marca nas costas nº 22 do partido de Bolsonaro

Publicado

Um jovem morador de Mirassol D’Oeste (204 km de Tangará da Serra) marcou com ferro em brasa o número 22 nas costas para “homenagear” o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

A atitude do jovem dividiu opiniões nas redes sociais e gerou várias críticas e piadas. Internautas de posicionamento político contra a gestão do atual presidente não economizaram em usar a palavra “gado” e outros sinônimos para reagir na foto do jovem.

Uma delas soltou “o gado já tá marcado”; outro usou “esse não some no meio da boiada”. Na lista de compartilhamentos da imagem há pessoas que moram no mesmo assentamento do jovem, o Roseli Nunes. A maioria delas vão contra a atitude do morador.

Segundo a imprensa local, o adolescente se marcou após um desafio entre amigos. Ele estaria em um leilão, ajudando na marcação dos gados, quando foi desafiado.

Mídia News

Continue lendo

Cidades

Mato Grosso tem a 4ª gasolina mais barata do país

Publicado

Mato Grosso tem o 4° preço mais barato do litro da gasolina no país, com R$ 6,99. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgados nesta terça-feira, 21.

O estado ficou em 16° lugar no ranking comparativo de maiores valores registrados do preço do combustível.

O valor em Mato Grosso está abaixo do preço médio do litro da gasolina no país, que ficou em R$ 7,232 na última semana. Os dados são referentes aos dias 12 a 18 de junho.

O preço médio mais alto foi verificado na Bahia (R$ 8,037). O maior valor cobrado foi encontrado foi no Rio de Janeiro (R$ 8,990). Já o menor foi registrado em um posto de São Paulo (R$ 6,170).

Em Mato Grosso, o preço mínimo registrado foi R$ 6,30 o litro. Como foi feita entre os dias 12 e 18 de junho, a pesquisa da ANP ainda não reflete totalmente o último reajuste anunciado pela Petrobras nas suas refinarias.

G1/MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana