conecte-se conosco


Política Nacional

Exonerado após uso indevido de avião da FAB é nomeado por Salles

Publicado


source
José Vicente Santini e Bolsonaro
Alan Santos / Presidência da República

José Vicente Santini usou avião da FAB para ir da Suíça para Índia, onde comitiva do presidente Bolsonaro estava

O ex-assessor da Casa Civil, José Vicente Santini , foi nomeado como assessor especial pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Santini havia sido demitido em janeiro deste ano por  Jair Bolsonaro (sem partido) após usar um jato da Força Aérea Brasileira (FAB) em uma viagem da Suíça para a Índia.

Bolsonaro considerou que o gesto de Santini foi “completamente imoral”. A nova nomeação, agora assinada por Salles , foi publicada no Diário Oficial da União nesta quarta-feira (16).

José Vicente Santini era assessor da Casa Civil e a sua volta ao governo foi autorizada pelo Planalto após três processos contra ele serem encerrados por não apontarem irregularidades.

O uso do avião da FAB foi justificado por Santini como uma alternativa para cumprir em tempo hábil compromissos. Duas assessoras acompanharam Santini no voo da FAB, enquanto ministros como Paulo Guedes, da Economia e Tereza Cristina, da Agricultura viajaram em voos comerciais. 

Comentários Facebook

Política Nacional

Escritório de líder do governo Bolsonaro na Câmara é alvo de operação

Publicado

por


source
barros
Elza Fiuza/Agência Brasil

Líder do governo na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros, foi alvo de operação do MPPR


O escritório político do deputado federal  Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo Bolsonaro na Câmara , foi alvo de mandado de busca e apreensão cumprido Ministério Público do Paraná e pela Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (16), em Maringá.


A TV Globo obteve informações que apontam que a operação foi realizada para investigar desvios em compra de equipamentos . O deputado ainda não se manifestou sobre o caso.

O Ministério Público de São Paulo também participa da investigação e realizou uma ação na capital cujo alvo é um possível participante das fraudes. A reportagem da Globo afirma que o homem investigado pelo MP paulista conhece Ricardo Barros, mas nega participação em esquemas fraudulentos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

Reitor preso por desvios no Rio diz que doou para campanha de Flávio Bolsonaro

Publicado

por


source
Flávio Bolsonaro
Beto Barata/Agência Senado

Senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) teria recebido doação de reitor preso no Rio

O reitor da Universidade Iguaçu (Unig), José Carlos de Melo, disse que doou para a campanha de  Flávio Bolsonaro ao Senado em 2018.

Melo foi preso na operação que afastou o governador Wilson Witzel do Palácio Guanabara, devido a um suposto esquema de desvio de verba pública. As informações são da coluna de Guilherme Amado, da Época.

Afastado da gestão da Unig, Melo disse que o dinheiro foi doado para quitar dívidas da campanha de Flávio Bolsonaro .

O pedido teria sido realizado por Leonardo Rodrigues, segundo suplente de Flávio e atual secretário de Ciência e Tecnologia no Rio de Janeiro.

No entanto, na prestação de contas de Flávio Bolsonaro não consta doações feitas pela Unig nem em nome de José Carlos de Melo. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana