conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Entretenimento

Ex-sister do ‘Grande Fratello’ se revolta com mutirão contra Gil no ‘BBB 21’

Publicado


source
Dayane Mello continua no 'Big Brother' da Itália
Reprodução

Dayane Mello continua no ‘Big Brother’ da Itália


Parece que a rivalidade entre Brasil e Itália no futebol chegou ao ‘Big Brother’. Nesta terça-feira (23), a brasileira Fabiana Britto, que participou da edição 2018 do ‘Grande Fratello’, versão italiana do programa, não gostou nada de saber sobre uma  possível interferência dos italianos na votação do quarto paredão do ‘BBB 21″.

Segundo a influenciadora, o público gringo do reality está focado em manter Karol Conká para que Gil, um dos favoritos ao prêmio, seja eliminado. Os mutirões pela saída do economista pernambucano seriam um tipo de ‘vingança’ contra a votação tupiniquim pela permanência de Dayane Mello na atração internacional. A sister, ou melhor, a fratella brasileira é muito criticada dentro e fora do programa.

Segundo Fabiana, irritados com a continuação de Dayane no jogo, os italianos chegaram a apelar para que os votos internacionais fossem vetados do programa. “Estão pedindo anulação do resultado e o cancelamento dos votos internacionais, mas não tem como. Uma loucura o que está tendo aqui. Tomara que ela ganhe mesmo o reality, porque será mais uma porta aberta para os brasileiros”, diz a ex-sister.

Fabiana ainda se mostrou revoltada com o fato de os italianos estarem tentando interferir no andamento do ‘BBB 21’ por birra. “Eu, como brasileira, quero que a Dayane fique, lógico. Ela está sendo super criticada pelos italianos aqui e eles estão fazendo um mutirão para Karol Conká ficar. Pegaram essa raiva, que eu acho que não tem nada a ver. A gente é brasileiro e quer que a Dayane fique, que ela ganhe, então é normal. Eles não têm porque torcer para a Conká ficar. É um absurdo”.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook

Entretenimento

Produtora da Globo e da Record morre de Covid-19

Publicado

por


source
Danny Scatena
Reprodução

Danny Scatena

Um das produtoras de plateias mais conhecida da Globo e da Record, Danny Scatena, de 36 anos, foi mais uma vítima da Covid-19. Ela começou a sentir os primeiros sintomas da doença na quarta-feira (3) e três dias depois, procurou atendimento Unidade de Pronto Atendimento do Parque das Laranjeiras em Sorocaba com fortes dores de cabeça, coriza e diarreia. Danny chegou a fazer teste de Covid-19 e recebeu medicação antes de ser liberada. Neste domingo (7), ela piorou, foi internada às pressas e depois de sete paradas cardíacas, morreu na madrugada desta segunda-feira.

Edilene Scatena Rodrigues, mãe de Danny, que se identificava como gênero neutro, contou em entrevista ao G1, que resultado do exame de coronavírus não saiu, mas que os médicos colocaram no atestado de óbito, insuficiência cardíaca, pressão alta e diabetes, e que tudo levava a crer se a Covid-19 mesmo. Não sei onde ele pegou. Neste ano, fazia um mês que ele estava voltando ao trabalho. Essa doença matou meu filho em quatro dias.”

Ana Paula Minerato foi uma das famosas que fizeram questão de prestar uma homenagem à produtora. “Que Deus te receba bem meu amigo. Estou em estado de choque com essa notícia, essa praga da Covid-19 devastando nossas vidas. Para sempre no meu coração, amigo. Te amei e vou te amar muito. Descansa em paz”, escreveu a musa.

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Entretenimento

“Ser artista é difícil, mas para o negro é ainda mais”, diz Zezé Motta

Publicado

por


source
Zezé Motta
Divulgação

Zezé Motta

A atriz Zezé Motta falou sobre as dificuldades de seguir uma carreira artística, especialmente para pessoas negras. “Ser artista é difícil para todo mundo, mas para o negro é ainda mais”, afirmou em uma entrevista a Alberto Pereira Jr.

A conversa completa vai ao ar na terça-feira (9), às 22h30 na RedeTV. Na entrevista, a atriz falou sobre a crise trazida pela pandemia da covid-1e afirmou que pode ajudar na percepção de problemas da nossa sociedade, como racismo, homofobia e desigualdade social. “Estamos vivendo um momento tão delicado no mundo que acho que vai mexer com a postura de muita gente porque, de repente, estamos todos no mesmo barco”, declarou Zezé. 

A artista também falou sobre a principal personagem de sua carreira, Xica da Silva, e progetou como ela agiria no cenário atual.

“Xica era tão ousada que acho que ela entraria para a política de alguma maneira para mudar tudo. Ela faria parte do movimento negro contra discriminação racial, teria um discurso contra desigualdade e acho que, sim, ousaria entrar para a política, coisa que não quero pra mim”, disse.

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana