conecte-se conosco


Mato Grosso

Evento discute o fortalecimento das práticas de Educação Permanente em Saúde

Publicado

Representantes dos 16 Escritórios Regionais de Saúde participaram nos dias 05 e 06 de dezembro do Seminário de Socialização e Validação dos Produtos das Oficinas do Programa para o Fortalecimento das Práticas de Educação Permanente em Saúde no Sistema Único de Saúde.

 O evento reuniu, na Escola de Saúde Pública de Mato Grosso, representantes da baixada cuiabana, Rondonópolis, Juína, Juara, Alta Floresta, Colíder, Peixoto de Azevedo, Sinop, Água Boa, Barra do Garças, Porto Alegre do Norte, São Felix do Araguaia, Cáceres, Pontes e Lacerda, Diamantino e Tangará da Serra. O objetivo do seminário foi estimular, acompanhar e fortalecer a qualificação profissional dos trabalhadores para a transformação de suas práticas em direção ao atendimento dos princípios fundamentais do Sistema Único de Saúde (SUS).


No evento, segundo a diretora da Escola de Saúde Pública da SES/MT, Carmen Silvia Campos Machado, os participantes puderam trocar experiências durante as oficinas macrorregionais das quais participaram neste ano, ocorridas entre agosto e outubro, nas quais se teve a avaliação e consolidação de indicadores, o que permite novas vivências e trocas de saberes entre os profissionais.

Em algumas regiões, a educação permanente foi retomada recentemente, como por exemplo, no Escritório Regional de Cáceres. Para isso, o município organizou uma oficina macrorregional que reuniu os 17 municípios para um levantamento da necessidade de educação permanente para o estado de Mato Grosso, mais especificamente para aquela região, ocasião em que foram coletadas sugestões para o estado. Como resultado, os produtos tanto dessa oficina quanto das outras organizadas em todo o Estado foram trabalhadas neste seminário, consolidando esse material, que vai dar subsidio para a construção do Plano Estadual de Educação Permanente em Saúde.

Comentários Facebook
Leia mais:  Programa da ONU busca novos projetos sustentáveis para investimentos em MT
publicidade

Mato Grosso

Ciopaer de Sorriso realiza 145 atendimentos em 12 meses

Publicado

por

A unidade do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) do município de Sorriso (a 400km de Cuiabá) completou um ano de atuação na região Norte do Estado. O hangar descentralizado de policiamento aéreo foi instalado no dia 21 fevereiro de 2018. 

Neste período, o Ciopaer atuou em 145 atendimentos de salvamento, ações integradas, combate a incêndios e atividades preventivas e repressivas das forças de segurança: Polícia Militar (PM), Polícia Judiciária Civil (PJC), Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Sistema Prisional, Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e de órgãos federais, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Federal (PF).


Além da cidade de Sorriso, as atividades do Ciopaer contemplam os municípios de Santa Carmem, Itaúba, Colíder, Marcelândia, União do Sul, Sinop, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, São José do Rio Claro, Tapurah, Santa Rita do Trivelato, Porto dos Gaúchos, Juara, Brasnorte, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Tabaporã, Nova Maringá, Nova Ubiratã, Vera e Feliz Natal. Em 12 meses foram mais de 175 horas de voo.

“Desde a inauguração já realizamos diversas ações em conjunto com as forças de Segurança Pública, não só em Sorriso como também nas cidades do entorno. Nossa atividade no interior do Estado garante o enfrentamento eficaz na repressão da criminalidade. Com a instalação da nossa unidade, foi possível economizar recursos públicos, pois o helicóptero não precisa sair de Cuiabá para fazer atendimento no interior. Temos alcançado resultados positivos e nossa meta é avançar ainda mais”, destacou o gerente do Ciopaer de Sorriso, tenente-coronel Flávio Ramalho.

A frota do hangar é composta por um helicóptero modelo esquilo, um avião Air Tractor, próprio para combate a incêndios florestais e um caminhão tanque. Ao todo, 19 servidores, entre piloto, copiloto, tripulantes e equipes plantonistas fazem parte do efetivo.

Leia mais:  Primeiro dia de campanha da SES alcança mais de 170 doadores

O comandante do Ciopaer de Cuiabá, tenente-coronel PM Juliano Chiroli, ressaltou que o projeto de descentralização da atividade aérea de segurança pública proporcionou uma resposta rápida as ações preventivas e repressivas.

“Com a ampliação do Ciopaer foi possível um tempo resposta mais rápido para o interior do Estado. Anteriormente, o atendimento das ocorrências tinha que partir de Cuiabá, o que demorava mais. Com a criação da unidade de Sorriso conseguimos melhor eficiência e alcançar resultados com a atuação integrada junto às forças de segurança estadual e federal”, enfatizou.

O hangar está em uma área de 900 m², cedido pela Prefeitura de Sorriso, dentro do aeroporto do município, localizado às margens da BR-163, no entroncamento com a BR-242, que liga as regiões Leste e Oeste do estado.

Ciopaer

As atividades do Ciopaer foram regulamentadas pelo Governo do Estado por meio do Decreto nº 8304, de 17 de novembro de 2006. O objetivo é centralizar, em um único órgão, o controle, a operação e a manutenção das aeronaves de asas fixas e rotativas de atividade policial de Mato Grosso.

Desde 2015, o Ciopaer tem auxiliado as forças de segurança pública nas ações integradas em todo o estado. Além disso, o grupamento especializado também realiza patrulhamentos preventivos com foco na redução dos índices criminais.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Mais de 400 policiais militares participam de seminário sobre saúde e atividade física

Publicado

por

Mais de 400 policiais militares, praças e oficiais da capital e do interior, participaram do 1º Seminário de Prevenção em Saúde e Atividade Física do Profissional de Segurança Pública.

Promovido pela Academia Costa Verde, a universidade de graduação e pós-graduação de oficiais da Polícia Militar, o evento foi realizado em Cuiabá, nesta quarta-feira (20.02), no Teatro Zulmira Canavarros, e teve como objetivo proporcionar uma visão ampla sobre a importância da prevenção e promoção da saúde do profissional de segurança pública.


O seminário ofereceu palestras e debates com os professores especialistas Carlos Fett, major Almir Ferraz, Alan Kardec, Carlos Eilert em torno de temas como estilo de vida e prática regular de atividade física.

O comandante da Academia Costa Verde, tenente-coronel James Ferreira, começou falando sobre o sedentarismo, que segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OSM), mata 300 mil pessoas por ano no Brasil.

“Combater esse mal é uma necessidade, especialmente entre os profissionais da Segurança Pública, os quais sofrem cobrança diferenciada no que se refere ao preparo físico e psicológico”, destacou.

O comandante-adjunto da PM, coronel Wesney de Castro Sodré, abriu o seminário destacando que Mato Grosso registra um momento de queda nos índices de criminalidade e esses resultados estão sendo possíveis porque, entre outras medidas adotadas, há uma visão sobre a importância da valorização e investimentos na capacitação do policial militar.

Leia mais:  Primeiro dia de campanha da SES alcança mais de 170 doadores

“Todas as boas iniciativas, como essa do seminário, serão bem-vindas e terão o apoio do Comando Geral da Polícia Militar, pois trata da qualificação, qualidade de vida e condições de trabalho”, completou Sodré.

    

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana