conecte-se conosco


Mato Grosso

Evento celebra 70 Anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Publicado

No próximo dia 10 de dezembro serão celebrados os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e em alusão ao tema, a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos, em parceria com a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), realizou nesta quarta-feira (05.12), em Cuiabá, um seminário para discutir os avanços e gargalos enfrentados na implementação da pauta no estado.

O secretário adjunto de Direitos Humanos da Sejudh, Zilbo Bertoli Júnior, destacou a educação como um dos desafios para o fortalecimento do que preconiza a Declaração. Ele explica que muitas pessoas têm seus direitos violados e não sabem disso. “A educação é importante para levar os direitos às pessoas. Quando a pessoa é bem informada, ela sabe onde recorrer, mas existem lugares onde a informação tem dificuldade para chegar e nós estamos buscando nesses últimos anos interiorizar as informações por meio dos conselhos e políticas públicas para que essas pessoas saibam de seus direitos”.

Para o pró-reitor da Unemat, Anderson Marques do Amaral, é necessário uma educação voltada para a cultura de paz, onde as pessoas reconheçam a existência dos diferentes e os respeitem. “A Declaração Universal é um documento base para todos os países, onde se apresentam direitos que devem ser garantidos para todos os seres humanos, pois ninguém deve tirar a humanidade do outro”, acredita.

Centros de Referência

Leia mais:  De pau a pique a concreto, Catedral do Senhor de Bom Jesus é símbolo de transformação

Além das políticas públicas e conselhos voltados às garantias da pessoa idosa, mulheres, igualdade racial e direitos humanos, Mato Grosso conta com dois Centros de Referência em Direitos Humanos (CRDH): um em Cuiabá e outra na região de fronteira, em Cáceres. Eles possibilitaram o acesso da população de baixa renda a serviços essenciais como, por exemplo, assistência jurídica e documentação civil básica. Os Centros também estimulam o debate sobre cidadania influenciando positivamente na conquista dos direitos individuais e coletivos.

O CRDH de Cáceres realizou de janeiro a dezembro deste ano 243 atendimentos que se desdobraram em mais de 800 procedimentos. A coordenadora do local, Polianna de Souza Correa, explica que o Centro atua em três frentes: atendimento de denúncia relacionada a violação de direito; formação em direitos humanos e articulação com a rede de proteção e de diretos.

O coordenador do Centro de DH em Cuiabá, Everton Cristian Oliveira, explica que a maioria dos atendimentos é relacionada a crimes de homofobia. No CRDH de Cuiabá, 1.440 pessoas foram beneficiadas nesse período pelos atendimentos e serviços itinerantes ofertados em formação.
Sobre o seminário

O 2º Seminário de Educação em Direitos Humanos foi coordenado pelos Centros de Referência de Cuiabá e Cáceres, com apoio da Unemat e Tribunal de Justiça. Além dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, foram abordados durante o evento os 30 anos da Constituição Brasileira; o papel dos Centros de Referência; diálogos em rede e direitos e cidadania: políticas públicas, qualidade de vida e respeito a diversidade.

Leia mais:  Motorista transforma dificuldade em negócio e ato de empreender viraliza na internet

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Suspeitos são detidos com pé de maconha, armas de fogo e drogas

Publicado

A Polícia Militar prendeu nesta segunda–feira (20), dois homens e apreendeu um menor de idade em residência que funcionava como ponto de tráfico de drogas, em Mirassol D´Oeste.

Foto: PMMT

A guarnição em rondas pela Avenida 15 de Novembro se deparou com dois jovens saindo da residência numa motocicleta em atitude suspeita. Foi realizado a busca pessoal nos suspeitos G.O.F. (17) e J.F.N.S.S (19), e a equipe localizou três porções de substância análoga à pasta base de cocaína. A guarnição constatou ainda, que na área externa a residência, havia uma motocicleta Suzuki com a placa dobrada e ao realizar a checagem do veículo, averiguaram que o chassi estava adulterado, dando a entender que se trata de produto de roubo ou furto.

A avó do suspeito acompanhou as buscas feitas no quarto do menor, onde foram encontradas duas armas de fogo, sendo um revólver calibre 32 com numeração raspada e um revólver calibre 22  e duas munições do mesmo calibre. Ainda no local, os policiais localizaram dois relógios, dois crucifixos, dois Smartphones, um celular, oito baterias de celular, duas carteiras com documentos e R$ 260 em espécie e no quintal da residência, os policiais militares encontraram um grande pé de maconha com aproximadamente 2,5 metros de altura.

Os envolvidos e os materiais apreendidos foram encaminhados à delegacia e deverão ser autuados por posse de arma e tráfico de drogas.

Leia mais:  Erosão engole caminhonete em estrada vicinal em Campo Novo

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Homem é preso suspeito de furtar camionete de ex-chefe

Publicado

Um homem de 24 anos, foi preso em Diamantino nesta segunda-feira (20) suspeito de furtar a caminhonete do ex-chefe, em Primavera do Leste.

Foto: PM/MT

Os militares foram informados sobre uma oficina onde estaria a camionete furtada. No local a equipe encontrou o veículo com o suspeito, D.P. dentro do veículo. Ele confirmou furto realizado durante a madrugada, em Primavera do Leste e que iria negociar o carro em Dourados, Mato Grosso do Sul.

Os policiais fizeram buscas no interior do veículo e encontraram uma carteira com vários cartões de crédito, documentos pessoais da vítima, várias folhas de cheque preenchidas no valor total de R$ 31.220, talões de cheque em branco, dinheiro, além de uma bicicleta de procedência duvidosa. O suspeito disse ainda que já havia vendido por R$ 450 uma caixa de ferramentas que estava no carro.

O suspeito foi encaminhado à delegacia da cidade e deverá ser indiciado por furto.

Comentários Facebook
Leia mais:  Erosão engole caminhonete em estrada vicinal em Campo Novo
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana