conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

BemRural

ETANOL/CEPEA: Quantidade de hidratado vendida em nov/21 é a menor para o mês desde 2003

Publicado


Cepea, 7/12/2021 – O volume de etanol hidratado negociado por usinas do estado de São Paulo em novembro foi o menor para o período desde 2003, segundo dados do Cepea. Isso é resultado da sequência de poucos negócios ao longo do mês e que envolveram quase sempre pequenas quantidades. De acordo com colaboradores do Cepea, as menores vendas de etanol hidratado na ponta varejista estão atreladas à baixa competitividade do preço do biocombustível em relação à gasolina. Na parcial da atual safra 2021/22 (de abril a novembro/21), o Indicador CEPEA/ESALQ mensal do hidratado registra média de R$ 3,1582/litro, bem acima dos R$ 2,2170/litro em igual período de 2020 – alta real de 42,5%. No caso do anidro, a média do Indicador CEPEA/ESALQ está em R$ 3,5588/litro na parcial desta safra, 46,3% superior à do mesmo período da temporada anterior, em termos reais (os valores foram deflacionados pelo IGP-M de nov/21). Especificamente na média das semanas cheias de novembro, o Indicador CEPEA/ESALQ do hidratado fechou a R$ 3,7233/litro, avanço de 5,27% na comparação com a média das semanas de outubro. No mesmo comparativo, o Indicador CEPEA/ESALQ do anidro, considerando-se somente o mercado spot, teve média de R$ 4,3570/litro em novembro, elevação de 7,69% sobre a do mês anterior. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook

BemRural

ALGODÃO/CEPEA: Indicador registra 6º recorde nominal consecutivo

Publicado

por


Cepea, 19/1/2022 – Os preços do algodão em pluma subiram com força nos últimos dias, renovando o recorde nominal da série histórica do Cepea há seis dias consecutivos e ultrapassando os R$ 6,9/libra-peso. Segundo pesquisadores do Cepea, o avanço das cotações tem sido influenciado pela elevação dos valores internacionais, pela baixa disponibilidade de pluma no spot e pela posição firme de vendedores. Além disso, o mês de janeiro é sazonalmente de preços acima da média anual, devido à maior presença compradora para renovar estoques depois do recesso de fim de ano. Atualmente, indústrias estão preocupadas com o repasse dos preços da matéria-prima, ao passo que as vendas estão enfraquecidas. Nos últimos dias, compradores e vendedores se mantiveram em disputa acirrada quanto ao preço da pluma. No entanto, na maioria dos casos, os compradores com necessidade imediata tiveram que ceder aos pedidos dos vendedores. Entre 11 e 18 de janeiro, o Indicador CEPEA/ESALQ do algodão em pluma avançou 3,65%, fechando a R$ 6,9373/lp nessa terça-feira, 18 – máxima nominal da série histórica do Cepea. Na parcial de janeiro, a alta é de 8,25%. A média do Indicador na parcial deste mês, de R$ 6,6495/lp, também é recorde nominal da série do Cepea. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Continue lendo

BemRural

ARROZ/CEPEA: Demanda cresce e sustenta preço do casca

Publicado

por


Cepea, 19/1/2022 – Os compradores de arroz em casca estiveram mais ativos no mercado nos últimos dias, inclusive elevando os valores ofertados pelo cereal, devido à necessidade de repor estoques. Agentes de tradings também estiveram interessados em novas negociações para exportação. Já do lado vendedor, segundo colaboradores do Cepea, produtores se mantiveram cautelosos e seguiram limitando o número de lotes para venda, aguardando melhor alinhamento do mercado. Nesse cenário, o preço do casca – que no dia 10 de janeiro registrou o menor patamar nominal desde 23 de junho de 2020 – passou a subir, fechando a R$ 62,54/saca de 50 kg nessa terça-feira, 18, 0,7% acima do observado na terça anterior (11). Vale ressaltar, porém, que os preços do casca vêm se mantendo na casa dos R$ 62/sc desde 30 de novembro de 2021. Segundo colaboradores do Cepea, a pouca oscilação em um período relativamente longo pode ser indicativo de que os valores chegaram ao patamar mínimo aceitável por vendedores. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana