conecte-se conosco


BemRural

Estão disponíveis as agromensais de novembro/18

Publicado

Açúcar: O Indicador do Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ (estado de São Paulo) acumulou alta de 4,01% em novembro, fechando a R$ 68,53/saca de 50 kg no dia 30. Leia mais.

 

Algodão: Após oscilar em boa parte de novembro, o preço da pluma fechou o mês praticamente estável, em meio às disparidades entre os valores ofertados e pedidos e também da qualidade. Leia mais.

 

Arroz: O Indicador ESALQ/SENAR-RS, 58% de grãos inteiros, teve média de R$ 41,76/sc de 50 kg em novembro, queda de 6,7% em relação à de outubro. Leia mais.

 

Boi: Os preços do boi gordo levantados pelo Cepea registraram ampla diferença entre os patamares mínimos e máximos no correr de novembro. Essa dispersão esteve atrelada às necessidades de aquisição de agentes. Leia mais.

 

Café: Em novembro, apesar de oscilações mais expressivas em alguns dias, as cotações do café arábica encerraram o mês praticamente estáveis no mercado doméstico, reflexo da baixa liquidez. 
Quanto ao robusta, a menor liquidez interna manteve as cotações domésticas praticamente estáveis em novembro. Leia mais.

 

Etanol: Os preços dos etanóis no mercado paulista caíram no mês. Leia mais.

 

Frango: As cotações das carnes de frango resfriada e congelada apresentaram alta no correr de novembro na maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea, com valorizações mais expressivas observadas no atacado da Grande São Paulo. Leia mais.

Leia mais:  TOMATE/CEPEA: Preços caem com força na Ceagesp e na Ceasa

 

Milho: As cotações internas de milho voltaram a avançar no acumulado de novembro. A valorização esteve atrelada à retomada das compras no mercado interno – demandantes buscavam antecipar as aquisições e repor os estoques para o final do ano. Leia mais.

 

Ovinos: O típico aumento na demanda por carne de cordeiro na época das festas de final de ano gerou expectativas positivas para os agentes do setor, especialmente para dezembro. Em novembro, por enquanto, as negociações ainda não foram intensas e os preços da carne caíram na maior parte das regiões acompanhadas pelo Cepea. Leia mais.

 

Trigo: Em novembro, os preços do trigo no mercado nacional oscilaram, e a liquidez esteve baixa. Leia mais.

 

Soja: Produtores estiveram focados na finalização do semeio e nos tratos culturais das lavouras de soja da temporada 2018/19, deixando a comercialização de lado. Leia mais.

Comentários Facebook
publicidade

BemRural

Caixa disponibiliza R$ 1 bilhão para médio produtor rural

Publicado

A Caixa Econômica Federal já está disponibilizando a linha crédito rural do PRONAMP, para o ano safra 2018/2019, no valor de R$ 1 bilhão. A quantia é destinada ao médio produtor rural e o financiamento tem limite de até R$ 1,5 milhão por ano safra, taxa de juros de 6% a.a e prazo de até 12 meses.

Por meio da linha de crédito, é possível financiar custos com aquisição de animais para recria e engorda, insumos agropecuários, sementes, fertilizantes, medicamentos veterinários e rações, entre outras despesas do ciclo de produção. As condições são válidas até o encerramento do ano safra vigente, que ocorre no mês de junho de 2019, em todas as mais de 1.700 agências da Caixa habilitadas a atuar com o crédito rural.

Para o vice-presidente de Produtos e Varejo da Caixa, Júlio César Volpp Sierra, a agilidade na tomada dos recursos pelo produtor facilita sua produção agropecuária e a realização do plantio no momento correto. “O momento é oportuno para que os produtores rurais possam tomar financiamento com taxas do PRONAMP, de forma a otimizar seu fluxo financeiro para aquisição dos insumos de suas atividades”, destaca.

Enquadram-se como médio produtor os clientes que possuem renda bruta anual de até R$ 2 milhões, considerando a soma de todo o valor bruto de produção, a receita recebida de entidade integradora e demais rendas provenientes de atividades desenvolvidas, incluindo rendas não agropecuárias.

Leia mais:  Tereza Cristina se reúne com produtores de arroz e diz que tentará resolver seus graves problemas

 

Fonte:Atividades Rurais

Comentários Facebook
Continue lendo

BemRural

PM recupera duas caminhonetes roubadas, prende dois e apreende defensivos agrícolas

Publicado

Em  Sorriso, policiais da Força Tática e do 12º Batalhão de Polícia Militar prenderam dois suspeitos, recuperaram duas caminhonetes roubadas e apreenderam grande quantidade de agrotóxicos e defensivos em uma propriedade rural no Distrito de São Luiz Gonzaga, localizada na MT-404, a 75 quilômetros da sede do município.

Foto:PMMT

Na fazenda ocorreu a prisão de J.D.R (25 anos) e a apreensão de dezenas de caixas de agrotóxico que teriam sido contrabandeadas do Paraguai, além das duas caminhonetes, uma modelo Fiat Toro e uma Chevrolet S10, uma com queixa de roubo e outra com o chassi adulterado. Lá também havia duas armas de fogo, um revólver calibre 22 e uma espingarda 28.

Essa fazenda teria sido arrendada por E.S.G.(47), suspeito de ser o dono dos produtos apreendidos. Na casa dele, na cidade de Sorriso, os policiais prenderam a suspeita k.C.G.(20 anos), que seria sua filha, e apreenderam diversas caixas de defensivos agrícolas. No caso da fazenda, os produtos apreendidos estavam em um galpão ao lado da moradia, local construído supostamente com a finalidade específica de armazenar defensivos e agrotóxicos.

A ação aconteceu na sexta-feira (17), a PM utilizou Drone para monitoramento da área onde ocorreriam as abordagens, exigiu trabalho de mais de 10 horas e empregou 9 policiais militares sob tenente-coronel Jorge Luiz de Almeida, comandante do 12º Batalhão.

E.S.G. (47), suposto arrendatário da fazenda e dono dos produtos apreendidos, ainda não foi preso.

Leia mais:  Tailândia volta a comprar couro brasileiro

 

 

 

Fonte: Secom

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana