conecte-se conosco


Economia

Está desempregado? Saiba otimizar seu tempo e preparar a volta por cima

Publicado

Ser útil ou desenvolver alguma atividade de que gostamos é importante para perceber que temos um lugar no mundo. Unir essas duas motivações é valioso. Este texto não tem o objetivo de lhe ensinar a buscar uma recolocação, fugir do desemprego
, mas gostaria de propor uma reflexão sobre o seu tempo livre.

Eu também já estive desempregado
, com contas chegando e sentindo-me um “lixo”. A impressão é de que, nessas horas, todo mundo que você ajudou ou quebrou aquele galho simplesmente some. Os processos seletivos parecem que nunca são de verdade e só você que nunca recebe um feedback nessas entrevistas. Se você está desempregado, eu sei bem como você se sente.


Ser útil ou desenvolver alguma atividade de que gostamos é importante para perceber que temos um lugar no mundo
shutterstock
Ser útil ou desenvolver alguma atividade de que gostamos é importante para perceber que temos um lugar no mundo

Como mudar o mercado não está sob o nosso controle, vamos pensar em algumas atitudes para ocupar a cabeça e dar sentido ao seu cotidiano. O fato é que, enquanto você trabalhava, sua vida tinha uma rotina. Assim, sugiro que você monte uma nova rotina enquanto essa fase está passando. Não podemos esquecer que esta situação é passageira.

Como saber?

Vamos pensar em sua vida dividida em áreas: física, emocional, espiritual e intelectual. Agora vamos refletir sobre cada uma delas:

Do ponto de vista físico, ficar em casa todos os dias assistindo televisão jogado no sofá e comendo sem parar, não vai ajudar o seu corpo e sua mente a ficarem mais ativos.

Leia mais:  Embraer e Boeing anunciam acordo para fusão e esperam aprovação do governo

Como você já sabe, o exercício físico é necessário para manter-nos ativos. Existem inúmeros exercícios que você pode fazer gratuitamente e o mais fácil deles é caminhar. Crie a rotina de acordar todos os dias no mesmo horário e caminhar ou correr ao menos uma hora por dia, pois seu corpo precisa continuar em movimento. Se tiver um parque ou calçadão perto da sua casa, aproveite.

Existem também algumas aulas de atividades físicas que são oferecidas pelas prefeituras, associações e que podem acontecer no seu bairro. Por que não montar um grupo para caminhada ou corrida em sua vizinhança?


Indisposição joga contra você.  Exercício físico é necessário para manter-nos ativos
iStock
Indisposição joga contra você. Exercício físico é necessário para manter-nos ativos

Sabe aquela dieta que você sempre deu uma bela desculpa pela falta de tempo? Pois é, aproveite esse momento para colocar sua alimentação em dia. Se ainda lhe sobrou o plano de saúde, utilize-o como uma oportunidade para fazer um check up ou realizar aquela cirurgia que você adiava. Tem um parente ou amigo em um lugar que tenha praia, campo ou fazenda? Quem sabe não é uma boa entrar um pouco em contato com a natureza, colocar seus pés na terra e tomar aquele banho de chuva que há anos você só tem visto em filmes?

Sob o aspecto emocional, em primeiro lugar, é importante tirar da sua cabeça a crença de que você é incompetente ou não é bom o suficiente. Somente ao aceitar você mesmo e reconhecer todo seu potencial, você irá demonstrar segurança numa entrevista futura.

Leia mais:  Sem dinheiro para as contas, 47% dos aposentados trabalham para aumentar renda

Uma técnica que gosto de realizar, ao menos uma vez ao ano, é limpar tudo que não serve mais na minha casa. Separe um momento para retirar das profundezas do seu guarda-roupa tudo aquilo que não presta, que não lhe faz mais sentido. Doe para quem precisa e abra espaço para o novo.

Venda aqueles objetos que não façam mais parte do seu lar. Remexa suas fotos, cartas e objetos que não pertençam mais a esse momento de sua vida. Mude os móveis de lugar.

Visite aqueles amigos que há muito tempo você não tem nem ideia de como estão. Caso o plano de saúde ainda esteja em vigor, quem sabe fazer uma terapia ou acupuntura para aliviar o estresse.

Não tem plano? Muitas faculdades têm clínicas/escolas gratuitas. Existem cursos de massagem ou estética em instituições sérias que precisam de pacientes voluntários para treinamento, sempre acompanhados de um supervisor. É só experimentar.

Bem, no próximo texto vamos falar de filtros em redes sociais e de espiritualidade. Siga conosco em Sua Carreira no Divã
.

Leia mais: 

Veja como um processo de coaching pode ajudar sua carreira

Comentários Facebook
publicidade

Economia

Frigorífico de Tangará deverá ser habilitado para exportar carne para a China

Publicado

A planta frigorífica da Marfrig de Tangará da Serra está na lista de 30 frigoríficos propensos à exportação de carne bovina para a China. A informação é da ministra da Agricultura, Tereza Cristina. No início da semana, ela disse que fechou uma lista de frigoríficos (de bovinos, aves e asininos) a ser entregue para os chineses avaliarem.

Os executivos da Marfrig se disseram bastante confiantes com as autorizações da China para que mais unidades da companhia possam exportar. De acordo com eles, é possível que Pequim autorize mais frigoríficos brasileiros a exportar já na próxima semana.

De acordo com o jornal Valor Econômico, a demanda excepcional da China por carnes alterou o planejamento de vendas da Marfrig Global Foods. Miguel Gularte, executivo responsável pelas operações da empresa na América do Sul, para se apropriar dos aumentos quase diários dos preços pagos pelos importadores chineses – o país asiático sofre com a escassez devido ao surto de peste suína africana -, a Marfrig aumentou os estoques e reduziu o volume de vendas já comprometido em alguns dias.

Com isso, a companhia consegue aproveitar os preços mais altos carnes, fechando os contratos gradualmente e à medida que os preços da carne sobem, justificou Gularte. Além disso, a apreciação do dólar perante o real também favorece as margens de lucro na Marfrig nas exportações, acrescentou o CEO da Marfrig, Eduardo Miron, que também acompanhou a visita.

Leia mais:  Guedes e Maia reúnem-se hoje à tarde no Ministério da Economia

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Sicredi promove várias ações na Semana Nacional de Educação Financeira

Publicado

A 6ª edição da Semana Nacional de Educação Financeira (Semana ENEF) está sendo realizada entre os dias 20 e 26 de maio em todo o país e o Sicredi reforça sua participação no evento que tem o objetivo de estimular o debate sobre o tema na sociedade. Este ano, o conceito do Sicredi é “#fiquenoverde – Faz diferença deixar sua vida financeira mais saudável”, cujas ações vão focar especialmente crianças e adolescentes e mostrar quanto o conhecimento a respeito da administração de gastos pode trazer de benefícios se o tema fizer parte do nosso dia a dia desde a infância.

Cada pessoa tem um jeito de cuidar do seu dinheiro. Identificar o seu perfil é o primeiro passo para conquistar uma vida financeira mais saudável, reforça a Cooperativa Sicredi.

Em Tangará da Serra foram realizadas palestras em parceria com o Programa Moral do Rotary Tangará Cidade Alta na EE Emanuel Pinheiro e nas Comunidades Terapêuticas Resgate e Liberdade e Viver de Novo. Foi realizada ainda, no dia 20, palestra com alunos da Universidade de Mato Grosso. No ambiente virtual, as dicas para uma vida financeira mais saudável estarão concentradas em um espaço permanente, dedicado exclusivamente ao tema, que ficará hospedado no site do Sicredi (www.sicredi.com.br/educacaofinanceira. 

Em Tangará da Serra foram realizadas palestras em parceria com o Programa Moral do Rotary Tangará Cidade Alta na EE Emanuel Pinheiro e nas Comunidades Terapêuticas Resgate e Liberdade e Viver de Novo.

A página inclui conteúdos voltados aos jovens, como histórias interativas que contam a origem do dinheiro, materiais para oficinas com grupos de crianças, livros, e-books e vídeos, além de um teste para descobrir seu perfil financeiro e compartilhar o resultado nas redes sociais.

O conceito da instituição neste ano será “#Fiquenoverde – Faz diferença deixar sua vida financeira mais saudável”

Uma das grandes novidades deste ano é a parceria do Sicredi com a Mauricio de Sousa Produções (MSP), que traz os personagens da Turma da Mônica para falarem de educação financeira de forma leve e divertida. A série com três gibis deu origem a três vídeos animados da Turma da Mônica que estão disponíveis nas redes sociais do Sicredi.

Leia mais:  Governo propõe salário mínimo sem reajuste real para 2020

 

 

Fonte:Assessoria de Comunicação

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana