conecte-se conosco


Mulher

Especialista afirma o verão é a época mais propensa para a traição; veja motivos

Publicado

O verão é aquela época do ano em que as pessoas costumam sair mais para se divertir, flertar e, segundo a especialista em relacionamentos Louanne Ward, trair. Isso mesmo, Louanne afirma que os meses mais quentes são os mais propensos para a traição.

Leia também: Pesquisa aponta que a diversão é a principal motivação para as pessoas trairem


Alguns fatores fazem com que o verão seja a época do ano mais propícia para que as pessoas cometam a traição
shutterstock

Alguns fatores fazem com que o verão seja a época do ano mais propícia para que as pessoas cometam a traição

Em entrevista ao Daily Mail,  Louanne conta que os meses de calor são os mais movimentados no seu trabalho, tanto com pessoas em busca de amor quanto outras relatando casos de traição . A especialista em relacionamento fala que, no geral, são diversos os motivos que podem levar alguém a trair, mas, quando falamos do verão, alguns fatores específicos podem favorecer o adultério. 

Entre esses fatores, está o fato de que a serotonina aumenta e, consequentemente, a confiança e o sentimento de liberdade. Além disso, as pessoas usam menos roupa e há uma tensão sexual rolando no ar.

Leia também: o que é considerado infidelidade para os casais? Estudo responde

Traição é mais comum no verão


Alguns fatores associados ao verão podem fazer a libido aumentar e, consequentemente, aumentar o desejo de traição
shutterstock

Alguns fatores associados ao verão podem fazer a libido aumentar e, consequentemente, aumentar o desejo de traição

Louanne listou e detalhou os principais motivos que fazem o verão ser uma época mais propensa para trair. Veja quais são eles:

  • Aumento de seratonina

De acordo com Louanne, o verão costuma aumentar a libido das pessoas e o principal motivo pelo qual isso acontece é que provavelmente se passa mais tempo exposto ao sol durante o verão. Ela explica que a luz solar tem uma ligação direta com a serotonina, um neurotransmissor associado ao prazer. “A medida que a serotonina é liberada, você se sentirá mais feliz e, quanto mais feliz você se sentir, maior a sua libido”, explica a especialista em relacionamentos .

  • Mais calor, menos roupas

Quanto mais as temperaturas aumentam, menos roupas as pessoas costumam usar e, consequentemente, mais pele fica exposta. De acordo com a especialista em relacionamentos, a pele exposta significa deixar a imaginação viajar e o desejo aumentar. Afinal, tanto homens quanto mulheres são estimulados visualmente. Nesse sentido, é possível observar um cenário favorável para a traição.

  • Liberação de feromônios
Leia mais:  4 jeitos de monitorar sua menstruação e saber mais sobre o ciclo menstrual

Além de estar com a pele mais exposta, as pessoas transpiram mais durante o verão. Quando se transpira, o corpo libera feromônios que, segundo Louanne, podem desencadear os desejos mais primitivos nas pessoas, levando à infidelidade . Segundo a especialista em relacionamentos, há uma série de estudos que mostram que os feromônios, um tipo de “sinal” transmitido pelo cheiro, liberados no suor masculino podem despertar o desejo nas mulheres. Ou seja, a transpiração dos homens exala um cheiro que faz com que as mulheres se sintam atraídas por eles.

  • Diminuição da melatonina

Durante o verão há uma maior exposição à luz solar, o que pode afetar a produção de melatonina, hormônio associado ao sono. “Essa não é uma informação boa para as suas noites de sono, mas é uma boa notícia para a sua libido”, fala Louanne. Segundo ela, a melatonina pode alterar os hormônios sexuais (testosterona, estrogênio e progesterona), dessa forma, a libido pode aumentar e a, consequentemente, a vontade de “pular a cerca”. “Quanto menos melatonina, maior a probabilidade de você querer fazer sexo com mais frequência”, diz.

  • Mais exercício físico

Com mais luz natural durante o verão, os dias parecem ficar mais longos e as pessoas com mais energia. Por isso, é comum que durante essa época do ano as pessoas gostem de se movimentar e praticar mais atividades físicas. Surpreendentemente, isso também tem influência na libido. “Quando você se exercita, há a liberação de dopamina, que é o hormônio que faz você se sentir bem. E quanto melhor você se sente, mais confiante se sente”, fala. Isso faz com que as pessoas se sintam mais confiantes para trair.

  • Sentimento de liberdade
Leia mais:  Vanda Jacintho recebe amigos hoje para seu private sale de Natal

O verão costuma ser associado a uma época de momentos e memórias felizes. Para Louanne, as pessoas tendem a se sentir mais “soltas” durante os meses de temperatura elevada. A especialista em relacionamentos acredita que esse é um sentimento ligado às memórias em que as pessoas se sentiram mais livres e menos sobrecarregadas de responsabilidades. Isso pode fazer com que as pessoas sintam como se fosse possível viver aventuras sexuais sem compromisso. “Quanto mais feliz você está, mais amigável você é. Você sorri mais e isso pode te tornar mais atraente para o outro”, fala.

Leia também: Mulheres brasileiras buscam traem mais do que homens; veja perfil dos infiéis

Por que as pessoas traem?


A diversão é o principal motivo para a traição e no verão isso fica ainda mais intenso, já que as pessoas se sentem mais soltas
shutterstock

A diversão é o principal motivo para a traição e no verão isso fica ainda mais intenso, já que as pessoas se sentem mais soltas

Trair e buscar prazer fora do namoro ou do casamento é algo mais comum do que se imagina. Mas, o que leva as pessoas a fazerem isso? De acordo com uma pesquisa feita no início de 2019 pelo site de relacionamentos extraconjugais “shley Madison,  a principal motivação para a traição é a diversão. Para 27% dos usuários, trair é algo divertido e por isso eles continuam com as relações extraconjugais. As pessoas também costumam trair porque estão “viciadas” em fazer isso (13%), porque essa é a melhor fase que estão vivendo (13%) ou porque a traição mantém o casamento mais forte (8%). 

Para a diretora de comunicação da Ashley Madison, Isabella Mise, as pessoas buscam relacionamentos fora do namoro ou do casamento, pois a monogamia não é algo inato a elas. “As pessoas crescem, mudam e buscam continuamente novas e diferentes experiências, e a monogamia frequentemente age como uma restrição contra nossos desejos naturais”, fala em entrevista prévia ao Delas .

Além disso, o fato de não estarem mais satisfeitas com o seu relacionamento atual pode ser um fator que leva as pessoas a trair. Muitas delas estão em relações desgastadas, mas ainda amam os parceiros. Por isso, não querem terminar, mas querem buscar novas formas de prazer. Nesse sentido, a traição mostra-se como uma saída. E, de acordo com Louanne, o verão intensifica tudo isso, podendo aumentar os números de adultério por aí.

Comentários Facebook
publicidade

Mulher

by Koji completa 7 anos e moderniza o espaço

Publicado

por

A consagrada frase “em time que está ganhando não se mexe” não se aplica ao by Koji,
localizado dentro do estádio do Morumbi, na Zona Sul da capital paulista. No ano em
que marca o seu sétimo aniversário, o restaurante não só mudou, mas modernizou o seu
interior e trouxe ainda mais conforto ao público, que, desde a abertura em 2011, lota
diariamente a Casa.

Leia também: Restaurantes criam menus para comemorar o aniversário de São Paulo


Almoço executivo by Koji
Ciro Kooki

Almoço executivo by Koji


O restaurante by Koji fez mudanças pontuais, como o tradicional e disputado balcão, local ideal para assistir ao sushiman preparar os melhores pratos da clássica culinária japonesa – em um clima mais intimista,descontraído e descolado -, deixou de ser de madeira e passou a ser de granito, trazendo um ar de sofisticação. As almofadas de todas as cadeiras também foram trocadas, assim como o papel de parede. O lavatório foi outro espaço que recebeu uma atenção especial e foi inteiramente reformado. Também foi criado um local de espera, proporcionando aos clientes um espaço aconchegante enquanto as pessoas aguardam uma mesa.

Outra novidade é que a Casa agora possui uma nova adega de vinhos, com diversos rótulos
que harmonizam com os pratos existentes no by Koji. Eles se juntam aos diversos tipos de
saquês já servidos pela casa.

Leia mais:  7 formas diferentes de usar o lubrificante

O que segue intacto, por outro lado, é o atendimento e a qualidade já consagrada do
restaurante, que é comandado pelo chef Koji Yokomizo, respeitado e conhecido pela
sua habilidade em escolher os melhores peixes, e fatiá-los de forma sábia, extraindo os
melhores cortes e tornando o prazer de degustar os pratos em uma experiência única. A
casa taz em seu cardápio uma refeição completa, começando pelas exclusivas opções de
sashimis e sushis, passando pelos Ipin monos (aperitivos servidos em Izakayas, a versão
japonesa de um bar) e encerrando com os pratos quentes para o deleite dos clientes.

Outra atração é o atum bluefin, considerado uma das carnes mais nobres do mundo e
conhecido por sua cor avermelhada e o alto teor de gordura – que lhe garantem um sabor
e uma textura inigualável. O restaurante, aliás, serve a parte mais nobre do atum,
conhecida como torô, que é a barriga do bluefin, onde fica concentrado o maior teor de
gordura e que é servido em forma de sushis e sashimis, além de pratos que utilizam o
lombo, parte mais avermelhada.

E, em dias de jogos e shows, além das mesas para refeição, a casa dispõe de 60 cadeiras
cativas para aqueles que não querem perder nenhum lance do seu time de coração ou a
apresentação das melhores bandas do mundo.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Noiva causa polêmica ao proibir convidada de usar peruca em casamento

Publicado

por

Como centro das atenções, a noiva tem o direito de fazer algumas exigências e decidir sobre os mínimos detalhes da cerimônia e da festa, certo? Há controvérsias. Uma convidada causou polêmica nas redes ao expor uma situação um pouco inusitada: ela foi proibida de usar peruca e escolher o próprio vestido para o casamento da cunhada.


Segundo convidada, a noiva exigiu escolher o vestido dela e não permitiu que ela usasse uma peruca no dia do casamento
shutterstock

Segundo convidada, a noiva exigiu escolher o vestido dela e não permitiu que ela usasse uma peruca no dia do casamento


Segundo relato compartilhado de forma anônima no fórum “Momsnet”, a mulher conta que foi convidada para ir ao casamento da cunhada, mas que precisava “seguir algumas regras” impostas pela noiva para conseguir comparecer ao grande dia. 

“Estou exagerando ao pensar que a irmã do meu marido é uma ‘bridezilla’? Ela vai se casar em abril e me pediu duas coisas:

1. Não usar uma peruca — meu cabelo é muito fino e tenho alguns pontos calvos que me deixam desconfortável, então acabo usando uma peruca (feita com cabelos humanos) em público e eventos mais elegantes. Estou falando de uma peruca decente, não um moicano verde de alguma loja de fantasias. 

2. Usar um vestido que ela escolher (não sou a madrinha de casamento e nem parte do casamento de alguma forma, apenas vou como convidada). Ela não gosta do meu senso de moda. Eu não me visto de uma forma barata e depravada, mas também não faço o tipo conservadora.”

Leia mais:  7 formas diferentes de usar o lubrificante

Internautas se revoltam com exigências da noiva


Os internautas ficaram revoltados com exigências da noiva à convidada e aconselharam a mulher a não ir ao casamento
shutterstock

Os internautas ficaram revoltados com exigências da noiva à convidada e aconselharam a mulher a não ir ao casamento


A postagem da convidada recebeu quase 200 respostas no fórum — a maioria reclamando sobre as exigências da cunhada, que foram consideradas “exageradas”. “Ela não tem o direito de ditar como você deve ou não se vestir. Que mulher horrível”, escreveu um internauta. 

“Como ela pode te falar para não usar sua peruca se isso te deixa desconfortável?”, disse outro. “Não, você não está exagerando em chamá-la de ‘bridezilla’, ela que é exagerada com esses ‘pedidos’”, afirmou um terceiro.

Alguns usuários do “Momsnet” foram ainda mais longe e, além de reclamarem da atitude da mulher, também aconselharam a convidada a não comparecer ao casamento. “Se fosse comigo, com certeza nem cogitaria ir ao casamento depois disso e deixaria bem claro o motivo. As atitudes dessa ‘bridezilla’ são simplesmente cruéis”, afirmou uma mulher. 

Já outros falaram para ela burlar as “regras” impostas pela noiva e ousar no visual. “Vá usando a peruca de moicado e com um biquíni branco”, brincou um internauta. “Você também pode acatar com as exigiências dela, mas usar um turbante com uma cor muito vibrante e que se destaque bastante com o vestido que ela escolher. Ela vai amar isso”, escreveu outro.

Leia mais:  Economizando na obra: 3 substituições de materiais para a sua reforma

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana