conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Tangará da Serra

Emocionada, mãe de Rodrigo Claro desabafa. “É demais para uma mãe pedir justiça?”

Publicado

Jane Claro, mãe de aluno morto em treinamento

Jane Claro, mãe do aluno soldado do Corpo de Bombeiros Rodrigo Claro, morto aos 21 anos durante uma aula prática do curso ministrado pela tenente Izadora Ledur de Souza Dechamps em 2016, concedeu uma entrevista exclusiva para o programa Tangará 40º, apresentado por Márcia Kappes na TV Cidade Verde.

Emocionada, Jane falou sobre o adiamento do julgamento da tenente, acusada pelo Ministério Público Estadual (MPE) de utilizar durante o curso, meios abusivos de natureza física e mental. “Amanhã, dia 15, completam 4 anos 2 meses do falecimento do nosso filho Rodrigo Claro. São anos de muita dor, angústia e lágrimas, dê uma espera imensa para ver a justiça acontecer”, disse ela.

A mãe de Rodrigo afirmou querer ter a certeza que a luta que tem travado até aqui não seja em vão. “Não queremos mais ver outros jovens perder a vida e seus sonhos pelas mãos de pessoas tão cruéis e não ver nada acontecer. Pessoas que continuam tendo permissão para matar, para destruir sonhos”, afirmou durante a entrevista.

Jane Claro pontuou que foi com muita tristeza que soube do adiamento do julgamento de Ledur, marcado para o dia 27 de janeiro. “Espero em Deus que em breve tudo isso possa se resolver para que a gente possa ter um pouco de paz. Eu acho que não é demais para uma mãe que perdeu um filho tão jovem pedir somente a justiça”, enfatizou.

 

JUSTIÇA

Durante a entrevista, Jane Claro, pediu justiça. “Lutamos para que outros jovens tenham suas vidas preservadas e que possam ter o direito de realizar os seus sonhos. Era somente isso que o nosso Rodrigo queria. Espero em breve pela solução desse caso, espero ver a justiça do homem acontecendo, porque a de Deus eu tenho certeza que virá”, disse.

 

Veja abaixo os vídeos da entrevista de Jane Claro à TV Cidade Verde

Comentários Facebook

Tangará da Serra

Bandidos assaltam a luz do dia e são flagrados por câmeras de segurança em Tangará

Publicado

O crime foi registrado na região central da cidade

Audácia e nenhuma preocupação com sistemas de monitoramento instalados em diversos estabelecimentos comerciais em Tangará da Serra, criminosos praticaram um assalto em plena luz do dia e em horário de movimento intenso. Armados, os bandidos não hesitaram em anunciar o crime diante de inúmeras testemunhas.

O crime foi registrado na região central da cidade, em plena Avenida Brasil e flagrado por sistemas de monitoramento (Veja o vídeo abaixo). Pelas imagens é possível observar a vítima caminhando em direção a um carro, estacionado em frente a um estabelecimento comercial.

A vítima em um primeiro momento abre a porta do carona. Conversa com outro homem e segue para a porta do motorista, provavelmente se preparando para entrar no veículo e deixar o local. É exatamente nesse momento que dois indivíduos em uma motocicleta param ao lado da vítima.

O carona desce da motocicleta com uma arma na mão e anuncia o assalto, pega algo das mãos da vítima, volta para a motocicleta e sai rapidamente com o comparsa, como é possível verificar pelo vídeo disponibilizado do sistema de segurança de uma das empresas da região.

Veja o vídeo

Continue lendo

Tangará da Serra

Prefeito edita novo decreto alterando funcionamento do comércio em Tangará

Publicado

O prefeito de Tangará da Serra, Vander Masson (PSDB) editou novo decreto na noite desta sexta-feira, 05, promovendo alterações no horário de funcionamento do comércio local em virtude da pandemia do novo Coronavírus. Com as mudanças estabelecidas pelo chefe do Executivo, o novo documento flexibiliza os horários em relação ao decreto 105/2021, editado anteriormente.

Dessa forma, de acordo com o decreto 113/2021, de segunda-feira à domingo fica autorizado o funcionamento do comércio local das 5h às 22h. A restrição de circulação de pessoas através do toque de recolher passa a valer das 23h às 5h.

“Permite que bares, restaurantes e lanchonetes possam trabalhar nesse horário, com capacidade de 100 pessoas ou 30% de sua capacidade, prevalecendo o que for de menor quantidade. Os eventos também poderão funcionar com essa mesma capacidade de 30%, assim como nas igrejas”, informou Masson.

“Vale ressaltar que esse decreto pode ser suspenso pela justiça a qualquer momento, diante do decreto apresentado pelo governo do Estado. Tomamos a decisão de editar esse novo decreto atendendo a reivindicação da população e da classe empresarial”, completou o prefeito.

O decreto pontua ainda que o funcionamento do serviço de delivery poderá funcionar até à meia noite, inclusive aos domingos. Já farmácias e congêneres poderão oferecer o mesmo serviço sem limitação de horário. As demais medidas sanitárias continuam sendo obrigatórias em todos os estabelecimentos.

Veja vídeos com a fala do prefeito

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana