conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Política MT

Elizeu defende melhoria salarial para toda a classe da segurança pública

Publicado


O deputado estadual Elizeu Nascimento (PL) apresentou na sessão ordinária desta quarta-feira (30), um substitutivo integral ao projeto de lei nº 336/2022 que fixa subsídio dos cargos da carreira dos profissionais do Sistema Penitenciário, da carreira dos profissionais do Sistema Socioeducativo, e da Carreira dos Profissionais do Sistema Nacional de Trânsito, e dá outras providências.

Elizeu defende que todas as classes que integram a segurança pública tenham um ganho salarial. O substitutivo apresentado pelo deputado Elizeu, estabelece que o novo subsídio dos servidores passa a ter validade no dia 1º de abril deste ano.

“Esperamos que a valorização venha acontecer de forma isonômica, para a Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Penal e agentes do socioeducativo. Discordo da tabela da Polícia Penal como ela está, e acho que deveria avançar um pouco mais e acho que a PM e bombeiros também merecem um salário melhor. Defendo a isonomia salarial que os servidores da segurança recebam de forma igualitária, que tenham uma tabela igualitária dentro de suas classes hierárquicas com o tempo de contribuição e trabalho”, declarou o deputado.

O parlamentar lembrou que todas essas categorias hoje exigem o nível superior de ensino para a inclusão, e que não se pode ter esse diferencial e divisão das categorias em questão de aumento salarial, pois, isso segundo Elizeu, desagrada as demais classes que também estão sem a recomposição salarial.

“Esperamos que os deputados realmente defendam uma valorização e não aí como está, pois, do jeito que chegou a mensagem do governo, as categorias não estão avançando da forma que merecem. Cada categoria executa o seu trabalho na sua especificidade. Vamos fazer o substitutivo integral ao projeto original do governo”, explicou.

No documento, fica claro que um soldado nível 3, vai receber um salário de 50% do valor do subtenente, o que representa o valor de R$ 9.348,50. Atualmente este mesmo militar recebe R$ 7.090,59.

Os agentes do sistema penitenciário nível 1 categoria D que recebem R$ 8.145,63 com a aprovação de substitutivo de Elizeu, o servidor passará a ter rendimento de R$ 8.565,97. O substitutivo agora passará por uma apreciação da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) e deve ser votado no plenário na sessão que acontece nesta quinta-feira (31), às 10h.

Comentários Facebook

Política

Para quem ignora vacina, Governador avisa. “Uma hora pode dar m…”

Publicado

O governador Mauro Mendes (União Brasil) criticou parte da população que não completou o esquema vacinal contra a Covid-19. Para ele, a insistência negacionista pode “dar merda” para as pessoas, levando-as à internação e até mesmo à morte.

Segundo levantamento feito pela Secretária de Estado de Saúde e divulgado na terça-feira (28), dos 101 pacientes que estão internados pela Covid-19, em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) de Mato Grosso, 91% não completaram o esquema de vacinação.

“Essas pessoas fizeram a opção de correr risco. Se você corre o risco, uma hora dá merda. E deu merda para essas pessoas, e pode dar a todas aquelas que continuarem insistindo nessa bobagem de não querer tomar vacina”, disse o governador à imprensa.

CÍNTIA BORGES E VITÓRIA GOMES
Mídia News

Continue lendo

Cidades

Com ferro em brasa: Jovem marca nas costas nº 22 do partido de Bolsonaro

Publicado

Um jovem morador de Mirassol D’Oeste (204 km de Tangará da Serra) marcou com ferro em brasa o número 22 nas costas para “homenagear” o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

A atitude do jovem dividiu opiniões nas redes sociais e gerou várias críticas e piadas. Internautas de posicionamento político contra a gestão do atual presidente não economizaram em usar a palavra “gado” e outros sinônimos para reagir na foto do jovem.

Uma delas soltou “o gado já tá marcado”; outro usou “esse não some no meio da boiada”. Na lista de compartilhamentos da imagem há pessoas que moram no mesmo assentamento do jovem, o Roseli Nunes. A maioria delas vão contra a atitude do morador.

Segundo a imprensa local, o adolescente se marcou após um desafio entre amigos. Ele estaria em um leilão, ajudando na marcação dos gados, quando foi desafiado.

Mídia News

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana