conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Tangará da Serra

Educação: Escolas indígenas sediadas no Município estão sendo reformadas

Publicado

O Prefeito Municipal Vander Masson, visitou em companhia do Secretário Municipal de Educação Vagner Constantino as obras de reforma, ampliação e em alguns casos, construção que estão sendo feitas nas Escolas Municipais Indígenas.

Na manhã da última sexta-feira 13 de maio, a vistoria foi feita na região do Chapadão do Rio Verde.

O sistema municipal de ensino atende a comunidade indígena com quatro escolas sedes: Zozoiterô, Formoso, Cabeceira do Sacre e Cabeceira do Osso. Estas unidades têm extensões anexas e recebem cerca de 260 alunos (pré-escola aos anos finais do ensino fundamental).

Conforme a Coordenadora Pedagógica da Educação Escolar Indígena, Nilse Zonizokemairô essas escolas atendem exclusivamente indígenas ou filhos de não índios que vivem nas aldeias, são multisseriadas e tem no seu quadro de profissionais cerca de 99% de professores nativos. Grande parte deles tem a formação adequada para exercer a profissão e os que têm o magistério estão estudando, para alcançar a graduação.

Neste sentido, vale registrar que quatro professores da etnia Paresi-Haliti estão fazendo a pós-graduação em nível de mestrado na FAINDI – Faculdade Indígena Intercultural da UNEMAT, em Barra do Bugres.

Assessoria de imprensa

Comentários Facebook

Tangará da Serra

Tangará registra aumento de 1.600% de contaminados pela Covid-19 em 60 dias

Publicado

A Secretária Municipal de Saúde de Tangará da Serra, Gicelly Zanatta, revelou durante coletiva concedida à imprensa local que a maior parte dos moradores que procuram os atendimentos na rede pública de saúde não está com o esquema vacinal contra a Covid-19 completo.

Segundo a Secretária, Tangará contabiliza um aumento de 1.600% no registro de novos casos de moradores contaminados pelo vírus, a maioria não completou o esquema vacinal. “Atrasados para tomar a segunda dose, atrasados para terceira ou quarta doses, temos alguns casos inclusive de pessoas que não tomaram dose alguma”, revela.

Gicelly informou ainda que um levantamento feito pela Secretaria Estadual de Saúde (SES/MT) mostra que em Mato Grosso, 67,7% dos pacientes internados em leitos de UTI não possuem nenhum esquema vacinal completo.

“Se temos uma vacinação preconizada pelo Ministério da Saúde para que sigamos um cronograma nacional é importante que o façamos já que não temos uma vacina que erradica a doença e sim que aumenta a imunidade, trazendo formas mais brandas de contaminação”, salienta.

Levantamento revela que contaminados somam 59% mulheres e 41% homens que não completaram esquema vacinal

A Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra revelou com exclusividade à reportagem do site, que entre os moradores contaminados pela Covid-19, 59% das mulheres e 41% dos homens não completaram o esquema vacinal.

14% dos contaminados não tomaram sequer 1ª dose. 48% não receberam 2ª aplicação

Outro dado apresentado pela Saúde de Tangará revela que a média de idade dos contaminados é de 41 anos e que a maior parte não tomou nem mesmo a 2ª dose da vacina. “Temos um aumento significativo de casos e acreditamos que ainda há muita subnotificação, pois muitas pessoas com sintomas estão optando por seguir o isolamento sem realizar o teste”, afirma Gicelly.

1° dose: 14%
2° dose: 48%
3° dose: 30%
4°dose: 1%
Nenhuma dose: 5%
Não está na faixa etária: 2%

“Prevenção à Covid-19 está relacionada aos bons hábitos higiene pessoal”, frisa Secretária

“Orientamos o uso de máscaras, principalmente em ambientes fechados. Pedimos que as pessoas retomem os hábitos agregados durante o pico da pandemia, tais como boa higienização das mãos, evitar colocar as mãos nos olhos, evitar aglomerações. Importante preservarmos os cuidados de higienização”, pontua Gicelly.

Tangará está sem leitos de UTI, mas Secretária garante que em caso de necessidade, Município transporta paciente em UTI móvel

Atualmente Tangará da Serra não possui leito de UTI para tratamento da Covid-19, porém, a Secretária Gicelly Zanatta garantiu durante a coletiva que em caso de necessidade, o Município promove o transporte com equipe de UTI móvel até o local onde o paciente receberá tratamento de forma adequada.

“Caso o paciente precise de UTI, é feita a regulação como em todos os outros casos. Então o paciente é regulado via Regulação Estadual, promovemos o transporte com equipe de UTI móvel até o local onde ele receberá o seu tratamento de forma adequada, mas temos percebido que a nossa gravidade é bem reduzida”, frisou.

Continue lendo

Barra do Bugres

Pai e filhos são presos na Barra por matar homem com tiro e golpes de facão em Alagoas

Publicado

O Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Tangará da Serra, coordenado pelo Delegado Adil Pinheiro de Paula, com apoio da Delegacia de Barra do Bugres e atendendo a uma solicitação do Núcleo de Inteligência da SSP de Alagoas, cumpriu nesta manhã de quinta-feira, 30, três mandados de prisão pelo crime de homícidio.

Os três indivíduos presos são pai e filhos. O crime aconteceu no Assentamento São Luiz, Povoado de Ouricuri, zona rural da cidade de Atalaia no Estado de Alagoas.

Segundo o Delegado Adil Pinheiro, os suspeitos em dezembro de 2012 assassinaram a vítima Jakson Batista da Silva com disparo de arma de fogo e golpes de facão. Os criminosos estavam escondidos em Barra do Bugres.

De acordo com a PJC, os presos passaram por exame de corpo delito e foram encaminhados para a Cadeia Pública de Barra do Bugres, onde ficam a disposição da justiça.

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana