conecte-se conosco


Mato Grosso

Eduardo Costa não faz show em Primavera do Leste e “fãs” quebram ônibus do cantor

Publicado

Foto: Dia a Dia do Vale

Com show programado para a noite de sexta-feira (11), o cantor Eduardo Costa acabou não se apresentando na cidade de Primavera do Leste (MT). Algumas pessoas mais revoltadas resolveram tacar pedras e outros objetos contra o ônibus do cantor. As imagens foram filmadas por uma pessoa que passava pelo local.

Nos stories de seu perfil Instagram, o cantor já vinha avisando que o atraso do show seria devido à má condução dos trabalhos dos organizadores do evento, principalmente referente ao som do show. “Tem duas horas e meia que estou no camarim aqui em Primavera do Leste, som deu problema, acho que não colocaram um trem que presta aí não”, ainda brincou o cantor.

Conforme o atraso do show foi aumentando, o tom de Eduardo Costa contra os organizadores show aumentou em seu Instagram. “Pra mim uma das piores coisas é atrasar show gente. Vocês não vão acreditar. Odeio atrasar show. Chego duas , três horas antes no camarim, pra isso não acontece, e quando acontece é porque incompetência de alguém sempre. As pessoas que pagam ingresso que vem pra assistir o show não quer saber dessas coisas, é muito triste a gente passar por isso. Eu fico muito chateado, muito contrariado, eu fico desolado”.

Ainda nos stories Eduardo Costa continuou explicando os motivos do atraso e não realização do evento. “Infelizmente nem todo mundo é profissional, nem todo mundo cumpre com seus deveres e com seus afazeres. A gente fica triste com isso. É muito ruim nessa altura do campeonato ainda passar por isso, de verdade”.

Leia mais:  Policial morre após colisão entre moto e caminhonete em Diamantino

“Quero pedir desculpas ao povo de Primavera do Leste pelo atraso, pedir perdão não é culpa minha nem da minha equipe. Estou envergonhado de isso acontecer, é muito ruim isso. Muito ruim mesmo”, finalizou o cantor.


A Polícia Militar esteve no local para conter os fãs mais exaltados que jogavam pedras e outros objetos no ônibus do cantor. Não conseguimos entrar em contato com os organizadores do evento para explicações sobre o cancelamento do evento. (Fonte: Dia a Dia do Vale)

Comentários Facebook

Mato Grosso

Coordenadoria de Cadastro Ambiental Rural tem novo horário de atendimento

Publicado

por

A partir da próxima segunda-feira (25), a Coordenadoria de Cadastro Ambiental Rural (CCar) terá novo horário de funcionamento. Para tirar dúvidas a respeito das análises dos registros no Sistema Mato-Grossense de Cadastro Ambiental Rural, o usuário, seja produtor, responsável técnico ou representante legal, poderá agendar um horário às segundas, quartas ou sextas entre 13h e 17h.

Para realizar o agendamento, o usuário deverá entrar em contato por meio dos canais oficias da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), seja por meio da Ccar: [email protected] e (65) 3613-7288 ou Coordenadoria de Atendimento ao Cidadão: [email protected]  e 0800647 0111. O novo procedimento visa dar celeridade no atendimento à população.

Horário atendimento Simcar

Dias: Segundas, quartas e sextas-feiras

Horários: 13h às 17h

Contatos para agendamento

Coordenadoria de Cadastro Ambiental Rural: [email protected] e (65) 3613-7288


Coordenadoria de atendimento ao Cidadão: [email protected] e 0800647 0111

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Leia mais:  Sefaz emite nota esclarecendo cobrança da Tacin
Continue lendo

Mato Grosso

Museu de Arte Sacra de Mato Grosso abre nova exposição temporária neste sábado (23)

Publicado

por

“Narrativa de Ficção” é o nome da nova exposição temporária do Museu de Arte Sacra de Mato Grosso (MASMT). Em cartaz a partir deste sábado (23.11), a exposição segue até o dia 26 de janeiro, com horário de visitação entre 9h e 17h, sempre de quarta-feira a domingo.

Com obras da artista plástica Marly Silva, a exposição chama a atenção pela linguagem visual abstracionista. Representada em formas de grafismos geométricos, na maioria das vezes, as obras são desenhadas em nanquim, lápis comtè, grafite ou aquarela sobre papel.

“Uma exposição que transmite ideias e sensações por meio dos pontos que são utilizados na técnica do pontilhismo e variedade de composições em linhas. Conforme os traçados e posições, surgem formas, segundo a derivação imaginária da artista, que dão sentido a uma orientação espacial e de reconhecimento da imagem”, explica Viviene Lozi, cooredenadora do MASMT.

Marly Silva constrói uma narrativa ficcional própria e genuína de sua criação, apresenta uma estilização muito pessoal em suas composições, evidencia ora a linha clara ora a linha escura, vigorosa e viva, criando situações de contraponto entre fundo-forma, claro e escuro, luz e sombra.

“Nas obras criadas recentemente, destacamos um trabalho disciplinado e com muita sensibilidade nas formas que brincam com a noção de profundidade em desenhos abstratos e outros figurativos”, descreve Viviene.

Marly Silva, aos 64 anos, é uma artista inovadora e demonstra que não há limitações para o desenvolvimento de sua arte jovial que se renova constantemente.

Leia mais:  Governador e primeira-dama recebem festeiros da Bandeira do Divino

“O interessante da sua arte, como representação abstracionista, vem da forma bidimensional ou tridimensional que possui uma flexibilidade de aplicação para outros suportes como camisetas e canecas que podem ser adquiridos durante a exposição. Todas as obras estão à venda e têm preço acessível para todos os gostos e bolsos”, conclui.

MASMT

O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso, o MASMT, foi fundado em 10 de março de 1980. Situa-se no prédio do Seminário Nossa Senhora da Conceição, uma edificação de estilo eclético de 1858 que fica ao lado da Igreja Nossa Senhora do Bom Despacho, uma construção neogótica de 1918.

O passeio ao Museu de Arte Sacra de Mato Grosso já se torna interessante por sua importância arquitetônica, já que é considerado um dos mais importantes monumentos de estilo eclético que exibe combinações de elementos que podem vir da arquitetura clássica, medieval, renascentista, barroca e neoclássica.

Ali foram reunidas diversas peças do período setecentista, remanescentes da antiga Catedral do Bom Jesus de Cuiabá, da Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, Nossa Senhora dos Passos, acervo pessoal do bispo Dom Francisco de Aquino Corrêa e peças adquiridas por doações particulares. Destaque para os famosos retábulos da antiga Catedral demolida em 1968 e a nova ala de instrumentos musicais da Igreja do Bom Jesus de Cuiabá do período colonial.

Leia mais:  Diagnóstico e tratamento precoce do câncer de próstata garantem 95% de cura

Serviço

Assunto: “Narrativa de Ficção”: Museu de Arte Sacra de Mato Grosso abre nova exposição temporária neste sábado (23)

Quando: De 23 de novembro a 26 de janeiro (sempre de quarta-feira a domingo)

Onde: Museu de Arte Sacra de Mato Grosso

Horários: Das 9h as 17h

Informações e agendamentos: 65 3028-6285

Valor do ingresso: R$ 10,00 inteira e R$ 5,00 meia


O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso fica na Praça do Seminário, na Rua Clóvis Hugney, 239, bairro Dom Aquino. Aberto à visitação de quarta-feira a domingo, das 9h às 17h. Informações: (65) 3646-9101.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana