conecte-se conosco


Mato Grosso

Duas gerações de servidores falam sobre expectativas e desafios da paternidade

Publicado


.

Os sentimentos de Adoniram Judson Almeida de Magalhães, 30 anos, oscilaram entre a alegria e a surpresa quando descobriu que seria pai pela primeira vez. Ao mesmo tempo, o senso de responsabilidade tomou conta dele. “É incrível saber que tem uma parte de nós crescendo, com quem iremos brincar, mas também tem a responsabilidade de alimentar, ensinar o que é certo e errado”, comenta o servidor público.

A gestação de Jéssica, esposa de Adoniram e mãe do Joaquim, foi bem diferente da expectativa em meio à pandemia da Covid-19. Não teve chá revelação nem chá de fraldas, mas a opção pela segurança do filho, que nasceu no finalzinho de julho. “Eu quero ser um amigão, ser alguém com quem ele possa sempre contar, levar inspirações e dar muito amor. Estar nas horas boas e ruins para que ele seja, futuramente, uma pessoa realizada”, espera o pai de primeira viagem.

Apesar de ser o seu primeiro dia dos pais, Adoniram vê a importância deste dia também como reflexão. “Fica aqui meus parabéns e felicidades a todos os pais, que possamos sempre buscar sabedoria para podermos desempenhar da melhor forma possível esse ofício tão bonito. E também para os filhos, valorizem sempre o seu pai”, finaliza.

Já o servidor Wellington de Andrade, 66 anos, lembra muito bem do ano de 1979, quando soube que chegaria seu primeiro filho, Christopher. Ele nasceu em outubro daquele ano e a irmã, Raphaella, no mesmo mês, mas quatro anos depois. “Eu e minha esposa nos casamos no início de 1979 e foi uma alegria muito grande. Uma realização muito diferente de todas que eu já havia experimentado”.

Para Wellington, os dois filhos representam um orgulho quase indescritível. “O Christopher é um cara muito família. Eu sempre ensinei a ele a respeitar as mulheres e hoje eu vejo isso nele. Já a Raphaella é muito guerreira e dedicada “, conta.

Para o pai mais experiente, todos os dias se aprende com os filhos. “Eles têm mais aptidão com as coisas às vezes, aprendem a mexer em tecnologias. Mesmo com esta idade, eu vejo a importância de manter relação, dar conselho e cuidar. Eu gosto de abraçar, agora infelizmente o abraço vai ser a distância, mas mesmo assim vou estar cuidando. Para mim, a família é sempre em primeiro lugar, então seja um bom pai, pois são os valores que se perpetuaram através de sua família”, diz Wellington. (Com supervisão da jornalista Thielli Bairros)

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Seduc realiza webinar para lançamento de progama de apoio socioemocional

Publicado

por


.

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) oferecerá formação continuada de um programa de apoio socioemocional na plataforma “Vivescer” para profissionais da educação. O lançamento do curso será nesta segunda-feira (10.08), às 9 horas, por meio de uma webinar. A transmissão será pelo YouTube do Cefapro de Cuiabá

A expectativa é de que essa formação possa contribuir significativamente para a atuação dos profissionais, no seu processo de retomada das atividades pedagógicas de volta às aulas não presenciais, assegurando suporte socioemocional.

A formação é resultado de uma parceria entre a Seduc e o Instituto Península, por meio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).

A plataforma “Vivescer” é 100% gratuita, desenvolvida por professores de diferentes estados do Brasil em um processo de criação colaborativa pilotado pelo Instituto Península.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Cidadão já pode retirar senha pela internet para atendimento do Centro de Triagem

Publicado

por


.

O Centro de Triagem Covid-19 começa neste domingo (09.08) a distribuir senhas pelo site triagem.mt.gov.br para os atendimentos na Arena Pantanal. As senhas emitidas hoje serão para os atendimentos de segunda-feira (10.08).

Na segunda-feira, serão emitidas as senhas para atendimentos na terça-feira (11.08) e assim por diante, pois as senhas digitais estarão disponíveis e passam a ser emitidas pelo site sempre no dia anterior ao atendimento.

No total, continuam a ser distribuídas 700 senhas, sendo as 300 virtuais (emitidas no dia anterior) e 400 de forma presencial, das 6h às 6h45, na Arena Pantanal.

A iniciativa tem o objetivo de reduzir o número de pessoas nas filas presenciais, sem deixar de contemplar os cidadãos que não tenham acesso à internet.

“É uma mudança positiva, que aprimora o atendimento já excelente do Centro de Triagem. Essa nova possibilidade de agendamento virtual traz mais comodidade e segurança aos cidadãos que têm acesso à internet. Contudo, o Governo também disponibilizará um quantitativo de senhas presenciais, justamente para contemplar os cidadãos que não têm acesso às plataformas digitais”, explicou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

É importante reforçar que as senhas digitais, assim como as presenciais, só são válidas para o dia em que foram emitidas. 

Entenda o passo a passo para a distribuição das senhas digitais

Passo 1 – Acesse o endereço triagem.mt.gov.br e clique no campo para “Agendamento Centro de Triagem Covid-19”.

Passo 2 – Preencha o formulário de agendamento com as informações pessoais do paciente a ser atendido.

Passo 3 – Preenchido o formulário, clique em agendar atendimento.

Passo 4 – Informe o código recebido via SMS (pelo número de celular cadastrado no formulário) para a confirmação do agendamento. 

Passo 5 – Após a confirmação, o protocolo de atendimento com a data e horário do agendamento será enviado por SMS. 

Passo 6 – Pronto! Com a senha gerada, é importante que o paciente compareça ao Centro de Triagem no horário agendado. A senha só é válida para o dia em que ela foi emitida.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana