conecte-se conosco


Economia

Dólar do cartão será do dia da compra a partir de março, define BC

Publicado

source

Agência Brasil

dólar e cartão de crédito arrow-options
Reprodução

Novas regras vão tornar compras feitas em dólar com o cartão de crédito mais transparentes

O Banco Central (BC) definiu as regras para a divulgação das taxas de conversão de gastos em moeda estrangeira em cartão de crédito de uso internacional.

A circular publicada neste domingo (23)  detalha norma definida no fim do ano passado que determinou que os gastos feitos em moeda estrangeira nos cartões de crédito internacionais terão seu valor fixado em reais pela taxa de conversão vigente no dia de cada gasto realizado.

Marcado pelo turismo, carnaval deve movimentar R$ 8 bilhões

O novo cálculo passa a valer a partir a partir de 1º de março de 2020. Com essa medida, o cliente ficará sabendo já no dia seguinte quanto vai desembolsar em reais , eliminando a necessidade de eventual ajuste na fatura subsequente.

A circular também determina que a taxa de conversão do dólar deve ficar disponível nos canais remotos de atendimento ao cliente, inclusive por meios eletrônicos, com acesso direto ao público no menu relativo a cartões de uso internacional.

A divulgação das taxas de conversão deve ser realizada independentemente de identificação ou autenticação do usuário, diz a circular.

Bancos terão programação especial entre segunda e quarta por conta do carnaval

Além disso, a taxa de conversão deve ter quatro casas decimais e deve ser divulgada tanto em formato de dados abertos (acesso livre para modificação e compartilhamento), quanto em formato final para utilização direta pelo público .

Histórico

Quanto ao histórico, a circular determina que a informação deve abranger as taxas de conversão praticadas, no mínimo, a partir de 1º de março de 2020, até 30 de agosto de 2020. A partir de 1º de setembro de 2020, o histórico deve abranger as taxas de conversão praticadas, no mínimo, nos últimos 180 dias .

O BC também determina que o histórico deve conter a opção para a consulta da última taxa de conversão disponível.

Fonte: IG Economia
Comentários Facebook

Economia

Governo de São Paulo isenta comunidades da conta de água até junho

Publicado

por

source
paraisópolis arrow-options
Reprodução/Twitter

Paraisópolis

Por causa da quarentena pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), o governo do estado de São Paulo determinou que famílias que moram em comunidades não precisarão pagar as contas de água dos meses de abril, maio e junho.

Leia também: Senado quer suspender direito de desistir de compra por delivery

A decisão foi publicada no Diário Oficial da União nesta sexta-feira (03) e explicita “isento o pagamento de fatura ou  contas de água e esgoto vincendas de abril, maio e junho de 2020 relativas a usuários enquadrados na categoria residencial social e residencial favela”.

Também está suspensa a cobrança da conta de água da Sabesp para as famílias que pagam a tarifa social. A medida foi anunciada na quinta-feira (02) e é válida a partir de 1º de abril e por 90 dias para todo o estado.

Casos do novo coronavírus em São Paulo

De acordo com o informe diário do Ministério da Saúde, o estado de São Paulo contabiliza 4.048 casos confirmados de Covid-19 e 209 mortes. Ainda não há registro oficial de mortes ou infectados nas áreas de comunidades.

Leia também: 92% das mães nas favelas não terão comida após um mês sem renda

Em todo o Brasil o número de infectados é de 9.056 e 359 mortes, percentual de 4% de letalidade.

Fonte: IG Economia
Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Gestor público de Jesuítas, Robson Bastos assume Incra do Paraná

Publicado

por

source
Robson Luís Bastos assumiu a superintendência do Incra do Paraná arrow-options
Reprodução Facebook

Robson Luís Bastos assumiu a superintendência do Incra do Paraná

Uma portaria assinada pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, e publicada no Diário Oficial da União (DOU) no último dia 26,  nomeou o gestor público Robson Luís Bastos para o cargo de Superintendente Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no Estado do Paraná.

Veja também:  Gilmar Mendes suspende decisão do Congresso que amplia BPC

Ex-secretário municipal de Administração de Jesuítas , município na região Oeste do estado, Bastos tem formação em Gestão Pública e MBA em Governança Municipal, Compliance e Gestão de Riscos, com Ênfase em Gestão Pública (Faculdades Pólis Civitas).

Segundo declarações à imprensa local, Bastos afirmou que pretende “promover a regularização fundiária no Estado e a prioridade será aperfeiçoar a gestão para viabilizar, com a segurança jurídica necessária, a titulação dos agricultores e assentados do Programa Nacional de Reforma Agrária”.

Covid-19: Senado quer suspender direito de desistir de compra por delivery

O superintendente também apontou que o Incra terá no Paraná uma atuação municipalista e buscará parcerias para realizar o  georreferenciamento  de lotes da reforma agrária.

Fonte: IG Economia
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana