conecte-se conosco


Tangará da Serra

Dia D encerra campanha Setembro Amarelo

Publicado

O Centro de Atenção Psicosocial (CAPS) de Tangará da Serra realiza nesta terça-feira, o ‘Dia D’ da Campanha Mundial de Prevenção e Conscientização do Suicídio, ‘Setembro Amarelo’.

O evento que acontece no Centro Cultural tem a participação de profissionais da saúde entre eles psicólogos e enfermeiros, clubes de serviço e ainda representantes do Centro de Valorização da Vida (CVV), que na ocasião promoveu uma ‘sala de escuta’.

A coordenadora do CAPS, Uiara Leice, disse que na programação de encerramento, foram realizadas rodas de conversa, palestras e filmes, que abordaram o assunto. Na período  da manhã cerca de 400 estudantes participaram do evento. “Uma  ação bastante importante de conscientização em um assunto que a gente tem que falar, porque falar realmente é o melhor remédio”, acrescenta.


A programação da campanha ‘Setembro Amarelo’, iniciou na semana passada com ações desenvolvidas pelos profissionais do CAPS, com mobilização nas redes sociais, distribuição de laços amarelos e discussão do tema com profissionais de saúde da Atenção Básica.

 

Comentários Facebook
Leia mais:  Separe o traje típico que hoje é dia de festança junina do IFMT
publicidade

Polícia

Tangaraense é preso com mais de uma tonelada de maconha em Mato Grosso do Sul

Publicado

 

Luan Rodrigues Honorato de Araújo, morador de Tangará da Serra foi preso na noite deste domingo, 15, na BR 463, entre Ponta Porã e Dourados (MS) com mais de uma tonelada de maconha.

A droga era transportada em um veículo Santa Fé com registro de furto/roubo, acobertado com placas frias de Campo Grande. O condutor do veículo, que estava acompanhado de um adolescente, desobedeceu ordem de parada, mas acabou alcançado, preso e o adolescente apreendido.  O adolescente utilizava uma carteira de habilitação em nome de um irmão que encontra-se preso em Mato Grosso.

Ao abordar o veículo a equipe da PRF constatou grande quantidade de maconha que pesada chegou a 1.121 quilos em 941 tabletes. A dupla contou ter viajado de ônibus de Cuiabá a Pedro Juan Caballero exclusivamente para buscar o veículo com a droga, pelo que receberia R$ 1.200 quando da entrega em Cuiabá.


Luan alegou ter sido “obrigado” a fazer a viagem, por estar devendo R$ 10 mil para a facção Comando Vermelho, dívida que afirma ser de drogas. Luan, que possui curso superior, foi encaminhado com a droga e veículo para a Polícia Civil de Ponta Porã e o adolescente para o Conselho Tutelar. O veículo era roubado em Fortaleza, Ceará. (Com informações MS em Foco)

Comentários Facebook
Leia mais:  Vereadores autorizam título definitivo para empresas do Núcleo Industriário
Continue lendo

Tangará da Serra

Moradores reclamam de intensa poeira provocada por obras de galerias na Estrada 11

Publicado

O internauta Alisson Brunetto gravou um vídeo e compartilhou em sua página na rede social, mostrando sua indignação em relação a situação da entrada que da acesso aos bairros Buritis e Bela Vista em Tangará da Serra.  O vídeo foi gravado na manhã desta segunda-feira e compartilhando em vários grupos nas redes sociais.

“ Comi poeira por uns 10 minutos pra poder apresentar pra cidade o total descaso da empresa contratada pela Prefeitura para com a população do bairro”, narrou no início da gravação.

“(…) a lente da câmera foi limpada duas vezes. A tela  já não funcionava direito o touch, meus pés ficaram marrons, minha moto está irreconhecível e isso acontece com todos que precisam passar pela entrada do bairro pra poder ir ao trabalho. Além da sujeira, a segurança está totalmente comprometida. Presenciei situações de risco por falta de visibilidade por conta do pó, atolamentos, e buracos camuflados por quase um palmo de pó”, lamentou.

Moradores do bairro Buritis também reclamaram da situação. “Desrespeito total com nós moradores… baita de uma sacanagem isso… serviço sem planejamento povo ruim de serviço… alguém precisa fazer alguma coisa”, disparou uma internauta.

“Há pouco mais de um mês liberaram a pista que somente foi asfaltada de um lado. Agora quebraram a entrada dessa mesma pista. E está quase impossível entrar no nosso bairro, sem falar nos impostos pagos por todos nós indo para o bueiro”,  disse indignada outra moradora.

Leia mais:  Suposta tentativa de roubo mobiliza bombeiros e a polícia militar

 

As obras de pavimentação do local  conhecido como Estrada da 11, que liga a MT-480 e o Anel Viário ao bairro Bela Vista, no acesso para Linha 12 e Deciolândia, iniciaram em julho do ano passado. Elas ficaram paralisadas por meses devido a atrasos de repasses do Governo Federal e foram retomadas em julho desse ano, quando foi feito o pagamento de R$ 1.048.231,83, valor destinado para quitar as parcelas que estavam em atraso.


O trabalho de pavimentação  já foi concluído no local e, desde então, a empresa aguardava o pagamento para reiniciar com a sinalização vertical e horizontal da via, para que  assim a passagem pudesse ser  liberada. No entanto, agora o trecho  está novamente interditado para execução das obras de  implantação do sistema de drenagem de águas pluviais, o que motivou a reclamação e indignação dos moradores daquela região.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana