conecte-se conosco


Política MT

Deputado visita região oeste do estado e prestigia projeto da Marinha do Brasil

Publicado

Foto: BRUNO BARRETO

O deputado estadual João Batista (Pros), cumpriu agenda no último final de semana na região oeste do estado. O parlamentar passou pelos municípios de Cáceres, Curvelândia, Lambari D‘Oeste e Rio Branco. Dentre as pautas discutadas, ele destacou o evento realizado pela Marinha do Brasil no Porto de Cáceres, que leva assistência médica e odontológica para a população ribeirinha de Mato Grosso.

O navio de Assistência Hospitalar Tenente Maximiano integra o projeto “Ribeirinho Cidadão”, promovido pelo Poder Judiciário de Mato Grosso e parceiros. No período de cheias, o projeto, que já está em sua 12ª edição, leva atendimento médico, judicial e de cidadania, além de educação ambiental a comunidades ribeirinhas que estão no Pantanal e não têm como acessar esses serviços, tendo em vista a precariedade das estradas, que ficam quase que submersas durante alguns meses.

Para João Batista essa iniciativa, seja das Forças Armadas ou dos Poderes, é de extrema importância para a comunidade local, fazendo com que alguns serviços públicos cheguem às areas mais distantes e de acesso precário. “Acredito que a Assembleia Legislativa precisa realizar projetos semelhantes como este da Marinha, prestando serviços não somente nos centros urbanos, mas em outras comunidades que estão isoladas”, comentou o deputado.

Ainda durante agenda no interior, o parlamentar se reuniu com os prefeitos, vereadores e diversas lideranças políticas dos municípios de Cáceres, Rio Branco e Curvelândia, com o objetivo de ouvir e buscar soluções para as demandas apresentadas pelos munícipes.

Leia mais:  Comissão de Educação recebe proposta da Seduc sobre eleições nas escolas

“Quero agradecer a todos os nossos companheiros de militância, que nos receberam muito bem durante esses dias de visitas na região oeste do estado. Temos trabalhado diuturnamente no legislativo, no intuito de trazer melhor qualidade de vida à população mato-grossense”, concluiu o deputado.


Mais informações estão disponíveis nas redes sociais do parlamentar.

Fonte: ALMT
Comentários Facebook

Política MT

Mesa Diretora lamenta falecimento de Benedito Botelho, pai do presidente da AL

Publicado

por

Foto: ARQUIVO PESSOAL / ALMT

A Assembleia Legislativa vem a público expressar sentimento de pesar e prestar condolências à família do presidente da Casa de Leis, deputado Eduardo Botelho, pelo falecimento do seu  pai, senhor Benedito Caetano Botelho, na manhã desta sexta-feira (17).

Seo Chinhô, como era conhecido, era natural de Livramento, completou 95 anos em setembro, e tratava de câncer há três anos. Ele deixou nove filhos e viúva, senhora Leopoldina Fontes Maia.


O velório está previsto para acontecer nesta sexta-feira (17), a partir das 16 horas, na funerária Capelas Jardins – em Cuiabá.

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
Leia mais:  Palco do Zulmira é tomado por jovens em diversas manifestações artísticas
Continue lendo

Política MT

Ulysses Moraes encaminha requerimento de informação acerca de R$ 150 mil liquidados

Publicado

por

Foto: Ronaldo Mazza

O deputado estadual Ulysses Moraes (DC) encaminhou um requerimento de informação para que seja enviado ao chefe da Casa Civil do Estado de Mato Grosso acerca da liquidação e do suposto recebimento por parte do governador de maneira, de acordo com o parlamentar, que afronta os cofres públicos.

“Como compete ao parlamentar fiscalizar as ações ligadas ao estado de Mato Grosso, solicitei hoje durante a sessão, através de requerimento, todas as informações pertinentes à prestação de contas desta verba e porque ela não consta no Portal da Transparência, como dita a lei”, esclarece o parlamentar.

No requerimento, o deputado solicita a totalidade de gastos mensal com ajuda de custo e verba de representação junto ao gabinete do governador e qual a finalidade desta verba. Além disso, Ulysses requereu informações da prestação de contas dos valores mês a mês, a legalidade desta verba e qual a razão pela qual esta informação não conta nos Sistemas de controle de gastos do estado.


O montante está sendo classificado como ‘verba secreta’, já que está obstruído de consulta pública. Na data do documento consta o ano de 2019, mesmo ano em que o governador decretou estado de calamidade pública. 

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
Leia mais:  Comissão de Educação recebe proposta da Seduc sobre eleições nas escolas
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana