conecte-se conosco


Tangará da Serra

Denúncia: veículo estacionado na calçada compromete a segurança de pedestres e motoristas no Centro em Tangará

Publicado

Um leitor do Bem Notícias flagrou na noite do último domingo (19), uma caminhonete estacionada na calçada em Tangará da Serra.

A foto foi registrada na Avenida Brasil, no Centro, conforme relatou à redação, a caminhonete estaria estacionada em toda a extensão da calçada impendido que pedestres transitassem com segurança pelo local, e comprometendo à visão de motoristas no trânsito. Uma via urbana é composta pela pista de rolamento, destinada ao trânsito de veículos automotores, e pela calçada, onde só pode circular quem está a pé. Da mesma forma que uma pessoa não pode parar no meio da rua, um veículo não pode obstruir a passagem de pessoas em calçadas. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB), não permite parar em cima da calçada nem quando o objetivo for apenas, o embarque ou desembarque de um passageiro.

A infração prevista no artigo 181, inciso VIII, do CTB é considerada grave e tem penalidade de multa no valor de R$ 195,23 e conta com medida administrativa de remoção do veículo. Condutores flagrados cometendo a irregularidade ainda perdem cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Comentários Facebook

Educação

Detentos reformam escola estadual no Distrito de Progresso

Publicado

Vinte recuperandos do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Tangará da Serra promoveram a reforma de cinco salas de aula e do corredor da Escola Estadual Patriarca da Independência, no distrito de Progresso.

A reforma contemplou a instalação elétrica, avarias no telhado, forro e no piso. Foram pouco mais de 60 dias de trabalho diário para que a obra fosse concluída antes do início das aulas, no dia 10 de fevereiro.

O assessor pedagógico da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), Saulo Scariot, destacou que além de promover a remição de pena (um dia a menos a cada três dias trabalhados), o serviço dos recuperandos também trouxe economia aos cofres públicos e agilidade. A Seduc forneceu o material e a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) a mão de obra dos recuperandos. A ideia desta parceria partiu dos servidores e da diretora da escola, Silvana Verciano.

“A escola recebeu pouco mais de R$ 30 mil para materiais de construção. Se fosse licitar, a obra não ficaria menos de R$ 180 mil e levaria meses para contratação e a execução. Com pouco dinheiro, fizemos muito e queremos expandir a parceria para mais escolas e isso partiu de uma boa ideia de nossos servidores”, disse Scariot.

A juíza corregedora da Comarca de Tangará da Serra, Edna Coutinho, parabenizou os reeducandos e agradeceu a direção do Centro de Detenção por contribuírem com a obra. “Queremos expandir esta iniciativa para outras escolas do município, entidades, pois além de remir a pena, a sociedade é beneficiada”.

A Escola Estadual Patriarca da Independência tem 400 alunos dos Ensinos Fundamental e Médio e possui 12 salas de aula, cinco delas recém-reformadas.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Dois menores são apreendidos e um maior é preso por suspeita de receptação no Jardim Alto Alegre

Publicado

Dois menores foram apreendidos e um maior foi preso na noite desta sexta-feira (21) por volta das 19h00 por suspeita de receptação no Bairro Jardim Alto Alegre em Tangará da Serra.

Segundo a Polícia Militar, foi recebida denúncia de que em uma casa abandonada havia três indivíduos em atitude suspeita. Durante buscas, a equipe avistou na rua o trio que confessou estar ocupando o imóvel. Em vistoria à residência foram encontrados celulares, equipamentos eletrônicos, perfume, um filtro de água e R$20 em dinheiro. Os indícios apontam que o material apreendido tenha sido furtado de uma casa no dia 15 de fevereiro, no Bairro Vila Portuguesa. A Polícia Civil irá apurar a procedência dos objetos recuperados.

Ao serem questionados sobre a origem dos produtos se negaram a falar, e diante da suspeita de receptação acabaram conduzidos à delegacia. Os menores, um deles de apenas 13 anos, deverão responder a procedimento por ato infracional análogo ao crime de receptação. O maior de 24 anos pode ser autuado por receptação e também, corrupção de menor.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana